27 de janeiro de 2014

Resenha: O Teorema Katherine

Título Original: An Abundance of Katherines
Autor: Jonh Green
Páginas: 304
Tradutora: Renata Pettengill
Editora: Intrínseca

Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.

Imaginem só podermos prever o tempo de duração dos nossos futuros relacionamentos. Imaginaram? Pois é isso mesmo que Colin Singleton, menino prodígio, resolve fazer depois do seu décimo nono pé na bunda. E o mais curioso é que todas as dezenove ex-namoradas de Colin se chamam Katherine. 

24 de janeiro de 2014

Resenha: Will & Will

Título Original: Will Grayson, Will Grayson
Autores: John Green e David Levithan
Páginas: 352
Tradutora: Raquel Zampil
Editora: Galera Record

Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.


Se teve um livro que eu estava muito ansiosa para ler, esse livro foi "Will & Will". Todo mundo queria dar uma espiadinha nesse tão falado romance homossexual de dois autores consagradíssimos. O pior é que a gente sempre fica com medo de ler algo quando colocamos altas expectativas nele, não é mesmo? Mas posso dizer uma coisa com total certeza: essa obra prima não decepciona. 

18 de janeiro de 2014

Resenha: Zumbis x Unicórnios

Título Original: Zombies vs. Unicorns
Autores: Libba Bray, Meg Cabot, Cassandra Clare, Kathleen Duey, Alaya Dawn Johnson, Maureen Johnson, Margo Lanagan, Garth Nix Naomi Novik, Diana Peterfreund, Carrie Ryan e Scott Westerfeld.
Organizadoras: Holly Black e Justine Larbalestier
Páginas: 388
Tradutor: Rodrigo Abreu
Editora: Galera Record

Nesta antologia, editada por Holly Black e Justine Larbalestier, diversos contos apresentam fortes argumentos a favor de Zumbis de um lado e de Unicórnios de outro. Os argumentos, que incluem tanto pontos negativos e positivos de cada lado, são expostos por renomados autores, entre eles Cassandra Clare, Meg Cabot e Scott Westerfeld, que deixam clara a preferência por um time ou outro.

Não sei se vocês sabem, mas sou apaixonada por unicórnios. E opa, sou apaixonada por zumbis também. Quando dei de cara com esse livro na livraria da minha cidade, fiquei louca por ele. Infelizmente, ele estava bem carinho e não pude comprar. Mas uma amiga muito querida acabou me dando de presente de natal no ano passado. 

Zumbis x Unicórnios é um livro composto por doze contos de diferentes autores. Como se trata de uma disputa, temos dois times: o Time Unicórnio, liderado pela Holly Black e o Time Zumbi, liderado pela Justine Larbalestier. A partir dos contos, as duas travam uma disputa bastante acirrada para tentar nos convencer a aderir a seu lado.

15 de janeiro de 2014

Promoção: A Grande Peça


Oi gente! Antes de tudo, gostaria de pedir desculpas pelo meu sumiço. O computador do meu pai estragou, a fonte do meu netbook queimou e digamos que não estou em condições de gastar muito dinheiro com lan-house, hehe. 

Para compensar vocês, conversei com o Tadeu, autor do livro "A Grande Peça" e ele cedeu um dos últimos exemplares da obra pra sortear aqui no blog! Não é demais? E para participar é muito fácil: basta preencher o formulário do Rafflecopter abaixo (não sabe como? Clique aqui).

9 de janeiro de 2014

Resenha: O Príncipe da Névoa

Título Original: El Príncipe de la Niebla
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Páginas: 184
Tradutor: Eliana Aguiar
Editora: Suma de Letras

A nova casa dos Carver é cercada por mistério. Ela ainda respira o espírito de Jacob, filho dos ex-proprietários, que se afogou. As estranhas circunstâncias de sua morte só começam a se esclarecer com o aparecimento de um personagem do mal - o Príncipe da Névoa, capaz de conceder qualquer desejo de uma pessoa, a um alto preço.



Antes de começar a falar sobre o livro gostaria de avisar que só estou fazendo essa resenha porque a Ana não podia postar essa semana, e eu não sei exatamente como isso vai ficar. E também que escolhi esse livro por ter sido o que mais gostei de ler em 2013. Antes de me apedrejarem saibam que eu não sabia que era uma trilogia até pouco tempo atrás por isso não estou colocando ele na análise de séries, afinal, nem mesmo li os outros dois livros.
 
Layout feito por Vinícios Costa | Todos os direitos reservados ©