22 de abril de 2015

Resenha: A Arte de Ler

Título Original: How to Read a Book
Autor: Mortimer J. Adler
Páginas: 291
Tradução: Inês Fortes de Oliveira
Editora: Agir

Oferece este livro um corpo de regras práticas cuja aplicação nos permite extrair da leitura o máximo proveito intelectual. O ponto de partida dos autores, Profs. Mortimer J. Adler e Charles Van Doren, é a constatação de que a arte de ler tem sido descurada e, por isso mesmo, é mal utilizada pela maioria das pessoas. Acreditam eles que isso decorre não apenas de negligência mas sobretudo do desconhecimento dos princípios básicos que devem nortear quem lê, em especial aquele que o faz com o objetivo de ampliar sua compreensão da vida e do mundo. Convencidos de que a ignorância dos métodos e técnicas de leitura é uma grave deficiência observada até mesmo entre estudantes de curso superior e candidatos a diploma de pós-graduação, empreenderam os dois professores norte-americanos a tarefa meritória de sistematizar neste volume as regras fundamentais da arte de ler.

Mortimer J. Adler foi um dos mais importantes filósofos educadores do século XX. Para ele, um dos pilares para a formação do indivíduo era a leitura, a qual passou a tratar de forma totalmente organizada, incentivando-a arduamente. O resultado deste estudo deu origem a um dos seus livros mais conhecidos: "A Arte de Ler".

O livro, publicado no Brasil pela Editora Agir em 1974, possui 291 páginas e faz um apanhado geral sobre como aprender a ler. Para Adler, a leitura é um instrumento básico na vida de qualquer ser humano e deve ser tratada com certo cuidado. O entendimento de algum texto só é possível se a leitura for encarada com dedicação. Portanto, o sucesso só será alcançado de acordo com aquilo que o leitor conseguir tirar do texto. 

A obra é divida em três partes: "A Atividade de Ler", "As Regras" e "O Resto da Vida do Leitor". Na primeira parte, o autor prega sobre as etapas que são necessárias para se entender perfeitamente todo e qualquer texto, seja ele escrito ou não. Adler fala também das várias espécies de leitura e dos graus de habilidade do indivíduo quando o assunto é ler. Por exemplo, a destreza de um aluno do sistema básico de educação não será a mesma de um estudante de doutorado, obviamente. Assim, podemos concluir que a graduação da leitura anda de mãos dadas com o período educacional da pessoa. 

Aqueles que utilizam para aprender nos livros e para se distrair com eles, possuem os tesouros do conhecimento. (p. 07)

A parte dois fala sobre o conjunto de regras que devem ser seguidas para se tornar um bom leitor. É normal as pessoas confundirem o ato de ler com a habilidade de decodificar símbolos gráficos e fonéticos. O autor diz que a leitura pode ser dividida em três leituras ou estágios: o analítico, onde o leitor faz um apanhado geral do texto; o interpretativo, que deve fornecer uma leitura detalhada, parte por parte; e o crítico, que consiste em julgar o autor e decidir se concorda ou não com o ele. 

A parte final, segundo o autor, é a mais importante de todas, pois se trata da solidificação do homem, já que aprender a ler pode se relacionar com a vida do leitor como um todo. Suas atitutes, tanto sociais quanto políticas, não são aleatórias. Portanto, ler é uma arma extremamente útil para quem sabe usá-la. 

"A Arte de Ler", apesar de não ser de fácil acesso, é um livro essencial na vida de qualquer leitor. Além de todas as dicas, o autor também aborda alguns tópicos que falam das maneiras de se ler livros de vários gêneros e o que os assuntos tratados neles podem fazer para o nosso crescimento pessoal e intelectual. As instruções de Adler são tão minuciosas que a obra é quase como uma enciclopédia, que deve ser lida e consultada várias vezes, sempre que precisar.

Classificação final: 

4 comentários:

  1. Oi Ana!
    Primeira vez te visitando, gostei muito.
    Esse livro não parece ser simples, mas soa muito instigante. =)
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscilla!

      Que bom que gostou.
      Não é simples mesmo! Tem uma linguagem bem complicadinha, principalmente para quem tá começando agora, mas até que é legal.

      Beijo!

      Excluir
  2. Hello,

    We are a not-for-profit educational organization founded by Mortimer Adler and we have recently made an exciting discovery—three years after writing the wonderfully expanded third edition of How to Read a Book, Mortimer Adler and Charles Van Doren made a series of thirteen 14-minute videos—lively discussing the art of reading. The videos were produced by Encyclopaedia Britannica. For reasons unknown, sometime after their original publication, these videos were lost.

    Three hours with Mortimer Adler and Charles Van Doren, lively discussing the art of reading on one DVD. A must for all readers, libraries and classroom teaching the art of reading.

    I cannot exaggerate how instructive these programs are—we are so sure that you will agree, if you are not completely satisfied, we will refund your donation.

    Please go here to see a clip and learn more:

    http://www.thegreatideas.org/HowToReadABook.htm

    ISBN: 978-1-61535-311-8

    Thank you,

    Max Weismann, Co-founder with Dr. Adler

    ResponderExcluir
  3. Só uma sugestão: Vc não precisa escrever seu artigo com palavras difíceis, talvez faça isso para parecer mais intelectual, mas só deixa o texto mais inacessível, ainda mais porque tem erros de português e sua leitura não é fluida. Leve isso que digo como uma sugestão, não uma crítica somente. Digo isto porque se fosse eu que estivesse escrevendo gostaria de receber um feedback, podendo assim no futuro escrever melhor. Parabéns pela iniciativa! Eu tenho o livro e pretendo ler ainda.

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa | Todos os direitos reservados ©