26 de maio de 2017

Resenha: A Melodia Feroz

Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.

Título Original: This Savage Song
Autora: Victoria Schwab
Páginas: 384
Tradução: Guilherme Miranda
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora 

O primeiro contato que tive com a Victoria Schwab foi com o livro A Guardiã de Histórias, cuja premissa é extremamente original, porém muito mal aproveitada. O meu maior receio em ler A Melodia Feroz foi justamente me decepcionar, já que este enredo é muito mais convidativo do que o do livro citado anteriormente. Finalmente Schwab conseguiu me prender e me surpreender de maneira tão positiva que não vejo a hora de ler o próximo volume. 

24 de maio de 2017

Resenha: A Prisão do Rei

No terceiro volume da série que já vendeu mais de 250 mil exemplares no Brasil, tudo vai queimar. Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira. Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.

Título Original: King's Cage
Autora: Victoria Aveyard
Páginas: 552
Tradução: Alessandra Esteche  & Guilherme Miranda e Zé Oliboni
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora 

Os dois primeiros livros da série A Rainha Vermelha me conquistaram por sua dinamicidade, já que toda a trama era intensa e vibrante, daquelas que mantêm qualquer leitor vidrado. Por esperar um terceiro volume tão eletrizante quanto, A Prisão do Rei na verdade começou como um balde de água fria na minha empolgação com a série e, apesar de ter tido um final digno, como esperado, o início do livro foi realmente desanimador.

22 de maio de 2017

Novidades das Editoras Para Maio

Quem aí está louco para dar uma espiadinha no que as editoras parceiras aqui do blog prepararam pra gente esse mês? Pensando nisso, separei alguns dos lançamentos que mais me chamaram atenção para mostrar para vocês. E aí, o que irão colocar na wishlist?

19 de maio de 2017

Resenha: Resistência

Auschwitz, 1944. As gêmeas Pearl e Stasha têm 12 anos quando desembarcam no campo de concentração nazista na Polônia. à medida que conhecem o horror e têm suas identidades fraturadas pela dor e sofrimento, tentam confortar uma à outra e criam códigos e jogos para se proteger e recuperar parte da infância deixada para trás. Mas quando Pearl desaparece sem deixar pistas, Stasha se recusa a acreditar que a irmã esteja morta e embarca numa jornada desesperada em busca de justiça, paz e de si mesma. Livro notável pelo The New York Times; Livro do Ano pela Amazon e pela Publishers Weekly; indicação de leitura dos principais veículos de imprensa norte-americanos, Resistência narra, com uma voz poderosa e única, a trajetória de duas irmãs lutando pela sobrevivência em um dos períodos mais devastadores da história contemporânea e mostra que há beleza e esperança até diante do caos.

Título Original: Mischling
Autora: Affinity Konar
Páginas: 320
Tradução: Alyda Sauer
Editora: Fábrica 231
Livro recebido em parceria com a editora 

Sempre me interesso por livros ambientados durante a Segunda Guerra Mundial, apesar de carregarem, quase sempre, uma história muito triste e pesada. Em Resistência, conhecemos a história das gêmeas Pearl e Stasha, de 12 anos de idade, que têm a infância roubada pelo terrível Dr. Mengele. Popularmente chamado de "Anjo da Morte", o médico nazista ficou conhecido por realizar experimentos terríveis com anões, grávidas, albinos, mas, principalmente, irmãos gêmeos.

17 de maio de 2017

Promoção: Box Biblioteca de Hogwarts


Eu não sei vocês, mas sempre que surge alguma coisa nova do universo de Harry Potter, fico louca querendo. Pensando em vocês que também são fãs, o Roendo Livros e o Gettub resolveram sortear, em parceria com vários blogs amigos, o box da Biblioteca de Hogwarts, lançamento bafo e maravilhoso da Editora Rocco.

15 de maio de 2017

Resenha: Charlotte

A vida da pintora Charlotte Salomon, morta em Auschwitz Uma tragédia familiar pouco antes da Segunda Guerra Mundial marca a vida da pequena Charlotte, que já dava indícios da realizada artista que viria a se tornar. Obcecada pela arte e pela vida, a jovem, progressivamente excluída de todas as esferas sociais alemãs com a ascensão do nazismo, teve que abandonar tudo para se refugiar na França. Exilada, ela inicia uma obra pictural autobiográfica de uma modernidade fascinante. David Foenkinos coloca em suas próprias palavras um tributo original, apaixonado e vivo a Charlotte Salomon. Esse romance assombroso e redentor, pautado na vida da trágica figura real que lhe serve de protagonista, é o relato de uma busca. Da busca de um escritor obcecado por uma artista.

Título Original: Charlotte
Autor: David Foenkinos
Páginas: 240
Tradução: Maria Alice A. de Sampaio Doria
Editora: Bertrand Brasil
Livro recebido em parceria com a editora 

Charlotte é um livro biográfico, escrito por David Foenkinos, sobre a pintora alemã Charlotte Salomon, que foi morta em Auschwitz aos vinte e seis anos durante a Segunda Guerra Mundial. O autor se baseou na obra autobiográfica Vida? Ou Teatro?, escrita por Charlotte pouco antes de morrer. Ainda não consigo expressar direito o que eu achei do livro e talvez vocês me entendam um pouquinho ao ler a resenha.

13 de maio de 2017

Resenha: Cujo

Frank Dodd está morto e a cidade de Castle Rock pode ficar em paz novamente. O serial-killer que aterrorizou o local por anos agora é apenas uma lenda urbana, usada para assustar criancinhas. Exceto para Tad Trenton, para quem Dodd é tudo, menos uma lenda. O espírito do assassino o observa da porta entreaberta do closet, todas as noites. Você pode me sentir mais perto… cada vez mais perto. Nos limites da cidade, Cujo – um são Bernardo de noventa quilos, que pertence à família Camber – se distrai perseguindo um coelho para dentro de um buraco, onde é mordido por um morcego raivoso. A transformação de Cujo, como ele incorpora o pior pesado de Tad Trenton e de sua mãe e como destrói a vida de todos a sua volta é o que faz deste um dos livros mais assustadores e emocionantes de Stephen King.

Título Original: Cujo
Autor: Stephen King
Páginas: 376
Tradução: Michel Teixeira
Editora: Suma de Letras 
Livro recebido em parceria com a editora

A maioria das pessoas gosta muito de Cujo pelo fato de ele não ter elementos sobrenaturais — são justamente esses elementos que tornam a leitura dos livros do Stephen King tão difíceis e tenebrosas — e mesmo assim ter aquele teor de medo. O que a maioria das pessoas não sabe é que o King se decepciona muito quando descobre que esse é o livro favorito de muitas pessoas, pois ele simplesmente não lembra de tê-lo escrito. Mesmo sabendo disso, não consigo negar que essa história é muito sensacional. 

11 de maio de 2017

Resenha: O Sol Também é Uma Estrela

Foto: Gettub
Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história. Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois. O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?

Título Original: The Sun is Also a Star
Autora: Nicola Yoon
Páginas: 288
Tradução: Alves Calado
Editora: Arqueiro
Livro recebido em parceria com a editora 

Eu sempre acreditei em destino, mas não da forma como a maioria das pessoas pensam que é, que a gente já nasce com um destino traçado e pronto, acabou. Penso que as nossas escolhas que escrevem o nosso futuro e que cada mera decisão que tomamos pode desencadear um evento que não podemos nem imaginar. Talvez a maioria das pessoas pensem que Daniel e Natasha se encontraram por uma mera coincidência, mas como eu disse antes, sempre acreditei em destino.

9 de maio de 2017

Resenha: A Rosa e a Adaga

Foto: Colecionando Primaveras
A esperada continuação de A Fúria e a Aurora, inspirado no clássico As mil e uma noites Sherazade chegou a acreditar que seu marido, Khalid, o califa de Khorasan, fosse um monstro. Mas por trás de seus segredos, ela descobriu um homem amável, atormentado pela culpa e por uma terrível maldição, que agora pode mantê-los separados para sempre. Refugiada no deserto com sua família e seu antigo amor, Tariq, ela é quase uma prisioneira da lealdade que deve às pessoas que ama. Mas se recusa a ficar inerte e elabora um plano. Enquanto seu pai, Jahandar, continua a mexer com forças mágicas que ele ainda não entende, Sherazade tenta dominar a magia crescente dentro dela. Com a ajuda de um tapete velho e um jovem sábio e tempestuoso, ela concentrará todas as suas forças para quebrar a maldição e voltar a viver com seu verdadeiro amor.

Título Original: The Rose and the Dagger
Autora: Renée Ahdieh
Páginas: 366
Tradução: Fabienne Mercês
Editora: Globo Alt
Livro recebido em parceria com a editora 

A Rosa e a Adaga é a continuação e desfecho da duologia A Fúria e a Aurora, que tem como protagonistas o califa de de Khorasan, Khalid e sua esposa Sherazade. Para quem ainda não conhece a história e tem interesse nela, sugiro não ler a resenha porque ela terá vários spoilers do primeiro livro. O volume um terminou de forma a atiçar a curiosidade dos leitores e deixá-los mais que ansiosos pelo segundo — eu mesma faltei arrancar os cabelos! Para mim, A Rosa e a Adaga foi uma conclusão maravilhosa, mesmo com as várias raivas que passei.

6 de maio de 2017

Resenha: The Heart of Betrayal

Lia e Rafe estão presos no reino barbárico de Venda e têm poucas chances de escapar. Desesperado para salvar a vida da princesa, Kaden revelou ao Vendan Komizar que Lia tem um dom poderoso, fazendo crescer o interesse do Komizar por ela. Enquanto isso, as linhas de amor e ódio vão se definindo. Todos mentiram. Rafe, Kaden e Lia esconderam segredos, mas a bondade ainda habita o coração até dos personagens mais sombrios. E os Vendans, que Lia sempre pensou serem selvagens, desconstroem os preconceitos da princesa, que agora cria uma aliança inesperada com eles. Lutando com sua alta educação, seu dom e sua percepção sobre si mesma, Lia precisa fazer escolhas poderosas que vão afetar profundamente sua família... e seu próprio destino.

Título Original: The Heart of Betrayal
Autora: Mary E. Pearson
Páginas: 402
Tradução: Ana Death Duarte
Editora: DarkSide Books 

The Heart of Betrayal
é o segundo volume da trilogia Crônicas de Amor e Ódio, cuja primeira publicação foi The Kiss of Deception. Poucas continuações me deixaram tão ansiosas quanto essa. Quem leu minha resenha do livro anterior, bem sabe que eu me apaixonei perdidamente pela história e fui totalmente fisgada pela narração da autora (no caso, quis dizer que Mary E. Pearson conseguiu mesmo me fazer de idiota). Esta resenha pode conter spoilers do livro anterior, então, se você tem intenção de começar a ler, pare por aqui!

3 de maio de 2017

Resenha: O Eterno Namorado

Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma. A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen. Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar.  Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.

Título Original: The Last Boyfriend
Autora: Nora Roberts
Páginas: 304
Tradução: Janaína Senna
Editora: Arqueiro
Livro recebido em parceria com a editora

O Eterno Namorado é o segundo livro da trilogia A Pousada, escrita pela autora Nora Roberts e publicada no Brasil pela editora Arqueiro. Possui 304 páginas, divididas em 20 capítulos alternados entre os protagonistas. Não é segredo para ninguém o poder que Nora tem de encantar os leitores com os seus romances, e com esse exemplar não foi diferente.

2 de maio de 2017

Top Comentarista: Maio 2017


Abril passou tão depressa que eu mal percebi que já estamos em maio — está aí o motivo de eu ter atrasado um pouquinho para liberar o top comentarista do mês. Em parceria com a Rocco, o livro da vez é Eu Estou Pensando em Acabar Com Tudo, um thriller psicológico perturbador. Como todos já sabem, o período de inscrições vai do dia 01/05/2017 ao dia 01/06/2017, sempre lembrando que este último dia é apenas para vocês regularizarem os comentários.
 
Layout feito por Vinícios Costa | Todos os direitos reservados ©