21 de março de 2019

Resenha: Menina Boa Menina Má

Os corações das crianças pequenas são órgãos delicados. Um começo cruel neste mundo pode moldá-los de maneiras estranhas Nome novo. Família nova. Eu. Nova. Em folha. A mãe de Annie é uma assassina em série. Um dia, Annie a denuncia para a polícia e ela é presa. Mas longe dos olhos não é longe da cabeça. Os segredos de seu passado não a deixam dormir, mesmo Annie fazendo parte agora de uma nova família e atendendo por um novo nome — Milly. Enquanto um grupo de especialistas prepara Milly para enfrentar a mãe no tribunal, ela precisa confrontar seu passado. E recomeçar. Com certeza, a partir de agora vai poder ser quem quiser... Mas a mãe de Milly é uma assassina em série. E quem sai aos seus não degenera...

Título Original: Good Me Bad Me
Autora: Ali Land
Páginas: 376
Tradução: Claudia Costa Guimarães
Editora: Record
Livro recebido em parceria com a editora
Compre aqui

Digamos que eu não sou uma especialista em thrillers psicológicos, já que é um gênero que não leio com tanta frequência — não que eu não goste, só tenho outras preferências —, mas acredito que ainda assim tenho um pouco de crédito para falar sobre Menina Boa Menina Má, um livro que sinceramente deixa muito a desejar.

17 de março de 2019

Resenha: Longe de Casa

Neste livro, a mais jovem ganhadora do prêmio Nobel da paz conta sua história de migração e dá voz a garotas que estão entre os milhões de refugiados pelo mundo.
Ao longo de sua jornada, a paquistanesa Malala Yousafzai visitou uma série de campos de refugiados, o que a levou a pensar sobre sua própria condição de migrante — primeiro dentro de seu país, ainda quando criança, e depois como ativista internacional, livre para viajar para qualquer canto do mundo, exceto sua terra natal.
Em Longe de casa, que é ao mesmo tempo um livro de memórias e uma narrativa coletiva, Malala explora sua própria trajetória de vida e apresenta as histórias de nove garotas de várias partes do mundo, do Oriente Médio à América Latina, que tiveram que deixar para trás sua comunidade, seus parentes e o único lar que conheciam.
Numa época de crises migratórias, guerras e disputas por fronteiras, Malala nos lembra que os 68,5 milhões de deslocados no mundo são mais do que uma estatística — cada um deles é uma pessoa com suas próprias vivências, sonhos e esperanças.

Título Original: We Are Displaced: My Journey and Stories From Refugee Girls Around the World
Autora: Malala Yousafzai
Páginas: 184
Tradução: Lígia Azevedo
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora
Compre aqui

Alguns livros são escritos com o propósito de tocar o leitor, fazer com que ele reflita, se emocione e, acima de tudo, aprenda. Viver em uma guerra pode até ser uma realidade distante para nós (ou talvez não), mas é a realidade dolorosa e triste de milhares de pessoas espalhadas pelo mundo. Muitos buscam refúgio em outros países, passam por maus bocados para chegar em um local mais seguro. Passam fome, frio, sentem medo, mas acima de tudo, sentem falta de casa. 

15 de março de 2019

Gilmore Girls: Um Ano para Recordar


Como eu disse na TAG Séries, comecei a assistir Gilmore Girls há mais ou menos quatro anos e parei quase no final da segunda temporada, pois na época eu tinha uma rotina apertada e não estava com muita paciência para séries com episódios muito longos. Agora, com uma rotina um pouco menos agitada, consegui não só terminar as cinco temporadas restantes, mas também assisti ao revival, Gilmore Girls: Um Ano para Recordar, que conta com quatro episódios de aproximadamente uma hora e meia cada.

11 de março de 2019

Resenha: A Filha do Pântano

Há anos, a jovem Briony Larkin esconde alguns segredos...
Segredos que comprometeram para sempre a saúde mental de sua irmã gêmea, Rose, e que mataram sua madrasta. Mistérios que a impedem de sair de Swampsea.
Consumida pela culpa, Briony só encontra alívio nas profundezas do pântano, cercada pela presença dos Antigos os espíritos que assombram o lugar.
O problema é que só as bruxas podem vê-los, e na sua aldeia elas são condenadas à morte. Por isso, ela vive com medo de que seu segredo seja descoberto, mesmo que ela acredite merecer as piores punições por todo o mal que já fez às pessoas que ama.
A chegada de Eldric faz sua vida mudar, pois ele representa o que ela sempre desejou ser, tudo aquilo que ela teme sentir.
Prender-se à magia ou libertar-se para o amor? Caberá a Briony fazer a decisão mais importante.

Título Original: Chime
Autora: Franny Billingsley
Páginas: 408
Tradução: Camila Fernandes 
Editora: Novo Conceito
Livro recebido em parceria com a editora

Quando comecei a ler A Filha do Pântano, até mesmo antes, esperava uma história de fantasia com um toque de mistério. A verdade é que a obra de Billingsley é um pouco de tudo, digamos que até filosófica. Apesar do começo um pouco confuso, a adaptação ao estilo de escrita da autora acontece rápida e naturalmente; logo nos apegamos à protagonista e aos fatos que acontecem ao seu redor. Fiquei surpreendentemente feliz com esse livro, porque eu não esperava gostar tando dele. 

9 de março de 2019

O Que Eu Gostaria de Fazer Antes de Morrer?


Há alguns anos, quatro jovens se reuniram para criar uma lista de coisas para fazer antes de morrer. O objetivo era óbvio: riscar o maior número possível de itens na lista e, além disso, incentivar as pessoas a cumprirem os seus próprios objetivos. O que Jonnie Penn, Dave Lingwood, Duncan Penn e Ben Nemtin não imaginavam é que o projeto deles faria tanto sucesso a ponto de virar um seriado de TV, o The Buried Life (2010). 

7 de março de 2019

Resenha: O Feminismo é Para Todo Mundo

O feminismo sob a visão de uma das mais importantes feministas negras da atualidade.
Eleita uma das principais intelectuais norte-americanas, pela revista Atlantic Monthly, e uma das 100 Pessoas Visionárias que Podem Mudar Sua Vida, pela revista Utne Reader, a aclamada feminista negra bell hooks nos apresenta, nesta acessível cartilha, a natureza do feminismo e seu compromisso contra sexismo, exploração sexista e qualquer forma de opressão.
Com peculiar clareza e franqueza, hooks incentiva leitores a descobrir como o feminismo pode tocar e mudar, para melhor, a vida de todo mundo. Homens, mulheres, crianças, pessoas de todos os gêneros, jovens e adultos: todos podem educar e ser educados para o feminismo. Apenas assim poderemos construir uma sociedade com mais amor e justiça.

Título Original: Feminism is For Everybody
Autora: bell hooks
Páginas: 176
Tradução: Ana Luíza Libânio
Editora: Rosa dos Tempos
Livro recebido em parceria com a editora

Antes de ler Quem Tem Medo do Feminismo Negro? eu não sabia exatamente quem era bell hooks. Ela é nada mais, nada menos do que uma das mais importantes feministas negras, e seus textos são famosos em todo o mundo. Para quem está curioso assim como eu estive, a grafia do nome é em minúsculo porque, segundo a autora, o seu maior desejo é que as pessoas focassem no conteúdo das suas obras, não à sua pessoa. O Feminismo é Para Todo Mundo, com sua narrativa simples e acessível, explora todas as vertentes do movimento feminista e serve de incentivo para que todas as pessoas, sem exceção, se juntem à ele. 

4 de março de 2019

Resenha: Mil Beijos de Garoto

Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

Título Original: A Thousand Boy Kisses
Autora: Tillie Cole
Páginas: 400
Tradução: Marina Della Valle
Editora: Outro Planeta
Compre aqui

Se teve uma coisa que fez super bem para as minhas leituras no final de 2018/início de 2019 foi ter baixado o app do Kindle no meu celular. Volta e meia tenho acesso à alguns livros muito interessantes e me surpreendi muito com Mil Beijos de Garoto, que com certeza merece a nota que ele tem no Skoob. Apesar de tudo o que eu falo sobre romances aqui no blog, eu gosto de determinados clichês e de histórias dramáticas, mesmo com algumas ressalvas.

1 de março de 2019

Top Comentarista: Março 2019

O que eu mais gosto sobre cada mês é que sempre tem alguma coisa importante para celebrar. Março, além de ter o Carnaval (ao menos neste ano), é o mês da mulheres, época muito importante para mim — e para todas as pessoas no geral, é claro. Estou super torcendo para o ganhador desse mês usar o vale compras de trinta reais para comprar um livro super empoderador, amém!  O período de inscrições vai de 01/03/2019 à 01/04/2019, lembrando que o último dia é apenas para a regularização de comentários.

28 de fevereiro de 2019

TAG: Séries


Quem me conhece sabe que sou a louca das séries tanto quanto dos livros, talvez até um pouco mais. Atualmente estou assistindo 17 séries e tenho mais 8 na lista de espera, sem contar as séries que já terminei mas vez ou outra assisto novamente. Comédia, ação, ficção científica, drama, acredito que só evito as séries de terror pois realmente não fazem meu estilo. Por isso resolvi responder essa TAG sobre séries.

24 de fevereiro de 2019

Resenha: Todas as Pequenas Luzes

Quando Elliott Youngblood vê Catherine Calhoun pela primeira vez, ele é apenas um garoto com uma câmera nas mãos que nunca viu algo tão triste e tão belo. Os dois se sentem excluídos e logo se tornam amigos. Porém, no momento em que Catherine mais precisa dele, Elliott é forçado a sair da cidade. Alguns anos depois, Elliott finalmente retorna, mas ele e Catherine agora são pessoas diferentes. Ele é um atleta bem-sucedido, e ela passa todo o tempo livre trabalhando na misteriosa pousada de sua mãe. Catherine ainda não perdoou Elliott por abandoná-la num momento difícil, mas ele está determinado a reconquistar a amizade dela ― e a ganhar seu coração. Bem quando Catherine está pronta para confiar outra vez em Elliott, ele se torna o principal suspeito em uma tragédia local.
Apesar da desconfiança de todos na cidade, Catherine se agarra ao seu amor por Elliott. Mas um segredo devastador que ela esconde pode destruir qualquer chance de felicidade que os dois ainda têm.

Título Original: All the Little Lights
Autora: Jamie McGuire
Páginas: 350
Tradução: Ana Guadalupe
Editora: Verus
Livo recebido em parceria com a editora

Conheci a escrita de Jamie McGuire quando eu tinha uns 17 anos e li Belo Desastre. Na época eu me apaixonei pela história, mas sei que hoje eu apontaria várias coisas erradas no relacionamento tóxico de Abby e Travis, mas essa reflexão fica para outro dia. Enfim, fiz essa introdução só para dizer que eu esperava de Todas as Pequenas Luzes um desses romances adolescentes problemáticos, mas McGuire tenta fazer uma coisa um pouco diferente aqui e, em partes, consegue chegar a algum lugar.

21 de fevereiro de 2019

Livros Encalhados Que Ainda Vou Ler Em 2019 — Em Nome de Jesus, Amém


Quem nunca aproveitou uma promoçãozinha na internet para comprar vários livros e depois simplesmente "esquecer" que eles existem? Quem nunca comprou um livro super famoso e ficou com preguiça de lê-lo justamente por isso? Acreditem, isso acontece com todo mundo que é fã de literatura. Tem vezes que olho pro livro, ele olha pra mim, e eu simplesmente finjo que ele não existe. Porém, 2019 chegou para acabar com esse problema: aqui, listo algumas obras que estão comigo há séculos e que pretendo ler ainda esse ano — se o Senhor assim me permitir eu não ser tentada com milhares de lançamentos, rs.

19 de fevereiro de 2019

Resenha: Romance Tóxico

Uma história contemporânea, comovente e incrivelmente honesta sobre como encontrar forças para se libertar de relacionamentos tóxicos.
Grace quer sair de casa. Ela se sente sufocada pelo padrasto agressivo e pela mãe obsessiva, que a faz esfregar o chão até toda a poeira (que só ela enxerga) sumir. Quer ir embora da cidadezinha onde mora, na Califórnia, pequena demais para seus sonhos. Quer fugir da vida que leva e se tornar uma artista em Paris, uma diretora de teatro em Nova York… qualquer futuro que seja distante do medo e da solidão que sente.
Então ela se aproxima de Gavin: charmoso, talentoso e adorado por todos da escola. Quando os dois se apaixonam, Grace tem certeza de que aquele romance é bom demais para ser verdade. Mas as suas amigas enxergam um outro lado do garoto — controlador e perigoso —, que, com o tempo, vai transformar o relacionamento dos dois em uma prisão da qual Grace será incapaz de escapar sozinha.

Título Original: Bad Romance
Autora: Heather Demetrios
Páginas: 416
Tradução: Flávia Souto Maior
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora

Quem me acompanha no Twitter e no Instagram sabe que o tema do meu TCC foi violência psicológica contra a mulher. Para falar sobre o assunto, eu usei a coisa que mais amo no mundo, que é a literatura, então eu li muitos e muitos livros que falavam sobre esse tipo de violência de gênero para enfim decidir o que eu ia usar — se você estiver curioso, escolhi obras da Charlotte Perkins Gilman e Chimamanda Adichie, rs. Romance Tóxico foi uma dessas leituras e, como o próprio título diz, acompanha um relacionamento abusivo. Só gostaria de deixar claro que, apesar da importância da trama, a história criada por Heather Demetrios é lotada de gatilhos (dependência, chantagem, abuso sexual e doméstico e suicídio) que devem ser tratados com muito cuidado. 

17 de fevereiro de 2019

Resenha: Justin

Quando o professor de Educação Física pede para a turma formar uma equipe de meninas e uma de meninos, Justine permanece no meio. Ela sente que não pertence ao gênero que lhe foi atribuído, mas está convencida de que todo mundo sabe disso, exceto seus pais.
Ao longo de sua vida como criança, adolescente e jovem adulta, muitas vezes maltratada e incompreendida, Justine, por fim, compromete-se a viver como quem ele sempre foi, isto é, Justin.

Título Original: Justin
Autora: Gauthier
Páginas: 104
Tradução: Fernando Scheibe
Editora: Nemo
Livro recebido em parceria com a editora
Compre aqui

Eu tinha vontade de ler Justin desde o ano passado, quando a editora Nemo divulgou o lançamento. Identidade de gênero é um tema atual e muito discutido, principalmente quando se diz respeito à aceitação. Justine sabe que é um menino preso no corpo de uma menina desde que se entende por gente, mas nunca foi ouvida, muito menos aceita. Então, acompanhamos aqui a jornada de um jovem em busca de respostas e, de certa forma, acolhimento. 

15 de fevereiro de 2019

Resenha: Contos Clássicos de Terror

O melhor das histórias de medo, uma seleção de tirar o fôlego e perder o sono. Neste livro, Stephen King, Shirley Jackson, Machado de Assis e outros dividem as páginas para mostrar toda a potência das histórias assustadoras.
Transitando entre o gótico, o horror e o terror ― mas sem se afiliar a nenhuma dessas categorias com exclusividade ―, os dezenove contos deste livro reúnem o melhor das histórias de medo. De Machado de Assis e João do Rio a Lygia Fagundes Telles; de Edgar Allan Poe e Robert Louis Stevenson a Stephen King, grandes nomes da literatura mostram ao leitor toda a potência do gênero. Com seleção e introdução de Julio Jeha, esta antologia traz uma história de H. P. Lovecraft inédita no Brasil, além de uma nova tradução do conto “A loteria”, de Shirley Jackson. Em Contos clássicos de terror, o mal absoluto, o sofrimento de ocasião e até a maldade disfarçada de bem revelam personagens complexos e narrativas impressionantes.

Título Original: Contos Clássicos de Terror
Páginas: 408
Seleção e Apresentação: Julio Jeha
Editora: Companhia das Letras
Livro recebido em parceria com a editora

Acredito que sempre que vocês, nossos leitores, se deparam com alguma resenha de terror ou suspense no Roendo Livros, sempre seja eu, Jéssica, a estar por trás dessas linhas. Isso aconteceu nem sei como, já que assim como a Ana eu também tinha medo dessas histórias. Mas eis que estou aqui para falar de mais um livro maravilhoso para aquelas pessoas que, assim como eu, também gostam de uns sustinhos.

12 de fevereiro de 2019

O Lobo de Wall Street versus Os Segredos do Lobo


O Lobo de Wall Street foi um dos maiores marcos do cinema desta década e uma imensa demonstração de talento de Leonardo DiCaprio, que interpreta o icônico vendedor Jordan Belfort. Dotado de inúmeras cenas de sexo, uso de drogas, festas e muita vida mansa, o filme baseado na história do famoso vendedor tem baixa conotação biográfica. 

10 de fevereiro de 2019

Promoção: Volta às Aulas 2019


Nesse clima de início de ano e volta às aulas, o Roendo Livros se reuniu com vários amigos para presentear vocês leitores, que amam livros e itens de papelaria assim como nós. Foram itens escolhidos com muito carinho, então esperamos que vocês gostem e participem bastante.

9 de fevereiro de 2019

Resenha: Apesar de Tudo

Às vezes alguns encontros nos surpreendem e tocam profundamente, e a vida fica tão boa que a gente até desconfia. Tudo ganha uma nova cor. Mas, quando as dificuldades surgem — e elas podem ser tão grandes que até parecem insuperáveis —, podemos pensar em desistir e voltar ao que éramos antes. Mas e se, apesar de tudo… tentarmos?
De um jeito simples e com ilustrações cheias de carisma, o autor e ilustrador colombiano Dipacho mostra que toda boa história de amor vale a pena.

Título Original: A Pesar de Todo
Autor: Dipacho
Páginas: 64
Tradução: Mell Brites
Editora: Companhia das Letrinhas
Livro recebido em parceria com a editora

Livros infantis são sempre a melhor pedida quando a gente tá sem tempo mas não quer deixar a leitura de lado. O que eu mais gosto na realidade é que, apesar de curtos, sempre nos passam uma mensagem muito especial. Apesar de Tudo é exatamente assim: pequeno, simples, mas que dá aquela aquecida no coração.

6 de fevereiro de 2019

Resenha: O Dia em que o Presidente Desapareceu

Um dos livros mais esperados do ano, escrito pelo mestre do thriller, James Patterson, e pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton.
O presidente desapareceu.
O mundo fica em estado de choque.
Mas o motivo do desaparecimento é muito pior do qualquer um pode imaginar. Com detalhes que só um presidente poderia conhecer, e o tipo de suspense que só James Patterson é capaz de criar, surge um dos maiores thrillers dos últimos tempos. 

Título Original: The President is Missing
Autores: James Patterson & Bill Clinton
Páginas: 504
Tradução: Clóvis Marques
Editora: Record
Livro recebido em parceria com a editora

Ano passado tive a oportunidade de ler Matem o Presidente, uma leitura surpreendente que mostrou basicamente as loucuras de um presidente que está no poder atualmente. Pensei que este livro fosse seguir mesma linha de raciocínio, mas não, ele é totalmente diferente e infinitas vezes mais emocionante. A cada passada de página temos uma nova reviravolta e fica notável que são poucas as pessoas em que podemos confiar ao nosso redor.

3 de fevereiro de 2019

Resenha: O Milagre

Novo livro da autora do best-seller Quarto.
Irlanda, 1859. Anna O'Donnell, de onze anos, se recusa a comer e, apesar disso, sobrevive há meses, aparentemente sem graves consequências físicas. Um milagre, dizem os habitantes do vilarejo profundamente enraizado na fé católica. Mas quando Lib Wright, uma jovem e cética enfermeira inglesa, é contratada para vigiar a menina noite e dia, os acontecimentos seguem um rumo diferente.
Anna começa a definhar, diante da passividade de todos e da impotência de Lib. E assim cresce o mistério ao redor dessa família pobre de agricultores, que parece envolta em mentiras, promessas e segredos. O que o mundo está testemunhando é uma fraude sofisticada, ou uma revelação do poder divino?
Escrito com a tensão que fez de Quarto um best-seller mundial, O milagre é uma história sobre duas estranhas que transformam a vida uma da outra, além de um poderoso thriller psicológico e uma narrativa sobre como o amor pode vencer o mal em suas mais diversas formas.

Título Original: The Wonder
Autora: Emma Donoghue
Páginas: 300
Tradução: Vera Ribeiro
Editora: Verus
Livro recebido em parceria com a editora

Quarto foi o primeiro livro que recebi em parceria com a editora Record e tenho várias boas lembranças de tal leitura, muitas delas bastante nostálgicas. Eu tenho certeza que decidi ler O Milagre porque é da mesma autora de uma obra que eu amei tanto, que mexeu tanto comigo, mas infelizmente não me afeiçoei nem um pouquinho à nova história de Emma Donoghue. 

1 de fevereiro de 2019

Top Comentarista: Fevereiro 2019

Fevereiro é aquele mês do ano em que a gente finalmente coloca a vida nos eixos e os planos/metas em ação. Espero que muitos de vocês já estejam cumprindo as resoluções de ano novo, hein!? Que tal colocar como incentivo ganhar um livrinho maravilhoso nesse top comentarista? O concorrente que ganhar terá um vale compras no valor de trinta reais para escolher o livro que quiser! O período de inscrições vai de 01/02/2019 à 01/03/2019, lembrando que o último dia é apenas para a regularização de comentários.

31 de janeiro de 2019

Resenha: Vejo Você no Espaço

Alex tem onze anos e adora o espaço sideral, foguetes, sua família e seu cachorro, Carl Sagan - uma homenagem a seu maior herói, o astrônomo autor de Cosmos e Pálido ponto azul. A missão de vida de Alex é enviar seu iPod dourado para o espaço, do mesmo jeito que Sagan (o cientista, não o cachorro) enviou os Discos de Ouro nas sondas Voyager, em 1977, com sons e imagens da Terra, a fim de mostrar aos extraterrestres como é a vida no nosso planeta. Por isso, Alex constrói um foguete. E por isso ele viaja do Colorado ao Novo México, de Las Vegas a Los Angeles, gravando tudo o que acontece pelo caminho. Ele encontra pessoas incríveis, gentis e interessantes, desencava segredos e descobre que, mesmo para um menino com uma mãe complicada e um irmão ausente, família pode significar algo bem maior do que se imagina.
Um livro tocante e delicioso sobre aprendermos a discernir realidade e aparências, Vejo Você No Espaço é uma lição de que família também se constrói e de que, com honestidade, força e amor, nos tornamos tão grandes quanto o próprio universo.

Título Original: See You in the Cosmos
Autor: Jack Cheng
Páginas: 288
Tradução: Thaís Paiva
Editora: Intrínseca 

Eu simplesmente amo livros narrados por crianças. Tem uma coisa muito tocante na forma como as palavras são dispostas: uma ingenuidade nem um pouco forçada, a leveza da narrativa, mesmo quando há situações muito tristes no enredo. O mundo na cabeça das crianças é relativamente simples e isso realmente me faz pensar se não somos nós, os adultos, que complicamos tanto as coisas. Foram por esses motivos que aproveitei tanto a leitura de Vejo Você no Espaço

29 de janeiro de 2019

Promoção: Sete anos de Lendo & Escrevendo


Neste mês o Lendo & Escrevendo completa 07 anos como blog literário e, para comemorar, se juntou com vários amigos para presentear os leitores com um bocado de livro legal. Obviamente o Roendo Livros não ficaria de fora dessa! Para concorrer às obras, e só conferir o regulamento e preencher os formulários. 

23 de janeiro de 2019

Resenha: Minha História

Um relato íntimo, poderoso e inspirador da ex-primeira-dama dos Estados Unidos.
Com uma vida repleta de realizações significativas, Michelle Obama se consolidou como uma das mulheres mais icônicas e cativantes de nosso tempo. Como primeira-dama dos Estados Unidos — a primeira afro-americana a ocupar essa posição —, ela ajudou a criar a mais acolhedora e inclusiva Casa Branca da história. Ao mesmo tempo, se posicionou como uma poderosa porta-voz das mulheres e meninas nos Estados Unidos e ao redor do mundo, mudando drasticamente a forma como as famílias levam suas vidas em busca de um modelo mais saudável e ativo, e se posicionando ao lado de seu marido durante os anos em que Obama presidiu os Estados Unidos em alguns dos momentos mais angustiantes da história do país. Ao longo do caminho, ela nos ensinou alguns passos de dança, arrasou no Carpool Karaoke e criou duas filhas responsáveis e centradas, apesar do impiedoso olhar da mídia.
Em suas memórias, um trabalho de profunda reflexão e com uma narrativa envolvente, Michelle Obama convida os leitores a conhecer seu mundo, recontando as experiências que a moldaram — da infância na região de South Side, em Chicago, e os seus anos como executiva tentando equilibrar as demandas da maternidade e do trabalho, ao período em que passou no endereço mais famoso do mundo. Com honestidade e uma inteligência aguçada, ela descreve seus triunfos e suas decepções, tanto públicas quanto privadas, e conta toda a sua história, conforme a viveu — em suas próprias palavras e em seus próprios termos. Reconfortante, sábio e revelador, Minha história traz um relato íntimo e singular, de uma mulher com alma e consistência que desafiou constantemente as expectativas — e cuja história nos inspira a fazer o mesmo.

Título Original: Becoming
Autora: Michelle Obama
Páginas: 416
Tradução: Débora Landsberg, Denise Bottmann e Renato Marques
Editora: Objetiva
Livro recebido em parceria com a editora

Já começo essa resenha dizendo que nunca em minha vida achei que teria acesso às memórias de uma mulher tão incrível quanto a Michelle Obama. Ela não é incrível só por ser a primeira mulher negra a ocupar o "cargo" de primeira-dama dos Estados Unidos, mas porque ela é e sempre foi a protagonista da sua própria história. Ela é um ícone mundial, um exemplo para várias mulheres e meninas, uma pessoa maravilhosa e de coração enorme. Conhecer mais sobre Michelle Obama e todos os seus feitos em Minha História com certeza me mudou, de uma forma ou de outra.

21 de janeiro de 2019

Resenha: Um Dia em Dezembro

Laurie não acredita em amor à primeira vista. Afinal de contas, a vida não é a cena de um filme romântico. Mas, então, em uma manhã de dezembro fria e com neve, o ônibus de dois andares em que voltava para casa para em um ponto. Ao olhar para baixo, ela o vê. Por um segundo transcendental, seus olhos se encontram... e então o ônibus começa a andar. Depois de muitos meses com a esperança de cruzar novamente com ele, Laurie acha que nunca mais verá o garoto do ônibus.
No entanto, um ano depois, em uma festa de Natal, sua melhor amiga, Sarah, apresenta o novo namorado, o grande amor de sua vida. Para seu profundo desespero e surpresa, ele é ninguém menos que o garoto do ônibus. Determinada a esquecê-lo, Laurie segue com sua vida. Mas e se o destino tiver outros planos?

Título Original: One Day in December
Autora: Josie Silver
Páginas: 392
Tradução: Carolina Simmer
Editora: Bertrand Brasil
Livro recebido em parceria com a editora
Compre aqui

Eu nunca fui de ler livros temáticos. Quando chega Natal e Ano Novo, vejo muitas pessoas lendo histórias sobre o tema, mas nenhuma nunca me chamou atenção. Resolvi ler Um Dia em Dezembro por puro golpe de sorte, só porque recebi em uma das edições da caixinha Very Important Book, do Grupo Editorial Record. É mais um clichê de Sessão da Tarde, mas não daqueles gostosinhos que a gente gosta de ver sempre que passa. "Mais do mesmo" é a expressão perfeita para essa história, mas acrescentando alguns defeitinhos. 

18 de janeiro de 2019

Resenha: A Duquesa

A saga de uma jovem bem-nascida, que se vê sozinha no mundo e é obrigada a embarcar em uma jornada de sobrevivência e sensualidade em busca da tão sonhada justiça.Angélique Latham cresceu no esplendoroso Castelo Belgrave, na Inglaterra, e foi criada sob a tutela e o carinho do pai, o duque de Westerfield. Aos 18 anos, ela é a menina dos olhos do duque, mas, assim que ele morre, seus meios-irmãos mais velhos lhe viram as costas, abandonando-a completamente. Porém, com sua inteligência aguçada, uma beleza arrebatadora e um baú de dinheiro que seu pai lhe deu em segredo no leito de morte, ela fará de tudo para sobreviver. Sem conseguir arrumar emprego por não ter uma carta de referência, mesmo depois de um tempo trabalhando como babá, Angélique tenta a sorte em Paris. E é lá que o destino coloca em seu caminho uma prostituta, vítima dos maus-tratos de Madame Albin. Ao ajudar a jovem, Angélique vê uma oportunidade: abrir um bordel de luxo para atender aos homens mais abastados da cidade e onde pudesse proteger essas mulheres. Logo, o elegante Le Boudoir, um lugar onde os homens poderosos podem satisfazer seus desejos mais secretos com as companhias mais sofisticadas, se torna a sensação de Paris. Mas, vivendo na iminência de um escândalo, Angélique conseguirá algum dia recuperar seu lugar no mundo?Da Inglaterra do século XIX, passando por Paris e Nova York, Danielle Steel retrata uma época de luta das mulheres em uma sociedade predominantemente masculina ao contar a história inspiradora de uma cativante dama de espírito revolucionário.

Título Original: The Duchess
Autora: Danielle Steel
Páginas: 335
Tradução: Andréia Barboza
Editora: Record
Livro recebido em parceria com a editora

Sou uma grande fã de livros de época. Quando recebi A Duquesa fiquei muito ansiosa para ler. Sinto informar que, infelizmente, não foi uma leitura, já que não passei da página 100 do livro. O livro narra a vida de Angélique Latham, uma jovem órfã de mãe desde bebê e que teve que sofrer a morte do pai, um home bastante gentil e amoroso, bem nova. 

16 de janeiro de 2019

Resenha: Moxie

Vivian Carter está cansada. Cansada da direção da escola, que nunca acha que os jogadores do time de futebol estão errados. Cansada das regras de vestuário machistas, do assédio nos corredores e dos comentários babacas dos caras durante a aula. Mas, acima de tudo, Viv está cansada de sempre seguir as regras.
A mãe de Viv era dura na queda, integrante das Riot Grrrls nos anos 90. Inspirada por essas histórias, Viv pega uma página do passado da mãe e cria um fanzine feminista que distribui anonimamente para as colegas da escola. É só um jeito de desabafar, mas as garotas reagem.
Logo Viv está fazendo amizade com meninas com quem nunca imaginou se relacionar. E então ela percebe que o que começou não é nada menos que uma revolução feminista no colégio.

Título Original: Moxie
Autora: Jennifer Mathieu
Páginas: 288
Tradução: Ana Guadalupe
Editora: Verus
Livro recebido em parceria com a editora

Quando eu era adolescente, não existia tanta informação sobre o feminismo por aí — ou, se existia, poucas meninas tinham acesso. Eu fico muito, muito feliz quando leio livros sobre o assunto que têm como público alvo os adolescentes. É o caso de Moxie, uma história sobre resistência feminina em um ambiente escolar machista e misógino. O mais legal de tudo é que a trama de Jennifer Mathieu é exatamente o que acontece em diversos lugares, e a forma simples como ela usa os termos só deixa o acesso ao tema mais fácil. 

14 de janeiro de 2019

As Decepções Literárias de 2018


Existe uma realidade na vida de leitores assíduos: vai chegar um momento que a gente vai ler um livro e pensar "misericórdia, Senhor, que bomba", e tá tudo bem, é super normal! É claro que o que é ruim para mim, não necessariamente é ruim para o outro, mas é extremamente importante respeitarmos todas as opiniões. Tendo isso em mente, apresento a vocês a minha pequena lista de piores leituras de 2018 — com todo o respeito.

11 de janeiro de 2019

Resenha: Um Acordo Pecaminoso

Lady Pandora Ravenel é muito diferente das debutantes de sua idade. Enquanto a maioria delas não perde uma festa da temporada londrina e sonha encontrar um marido, Pandora prefere ficar em casa idealizando jogos de tabuleiro e planejando se tornar uma mulher independente.
Mas certa noite, num baile deslumbrante, ela é flagrada numa situação muito comprometedora com um malicioso e lindo estranho.
Gabriel, o lorde St. Vincent, passou anos conseguindo evitar o casamento, até ser conquistado por uma garota rebelde que não quer nada com ele. Só que ele acha Pandora irresistível e fará o que for preciso para possuí-la.
Para alcançar seus objetivos, os dois fazem um acordo curioso, e entram em uma batalha de vontades divertida e sensual, como só Lisa Kleypas é capaz de criar. 

Título Original: Devil in Spring
Autora: Lisa Kleypas
Páginas: 304
Tradução: Ana Rodrigues
Editora: Arqueiro
Livro recebido em parceria com a editora

Terceiro livro da série Os Ravenels escrita pela autora Lisa Kleypas, Um Acordo Pecaminoso foi o volume mais divertido até agora. Sou apaixonada por livros de época e esta série me prendeu de um jeito que fico desesperada a cada lançamento. Eu estava muito ansiosa para ler a história dessa protagonista, a mais revolucionária das irmãs Ravenel. 

9 de janeiro de 2019

Resenha: Pôr do Sol no Central Park

Após o grande sucesso do livro Amor em Manhattan, Sarah Morgan retorna às livrarias brasileiras com este novo romance da série “Para Nova York, Com Amor”, que vai aquecer seu coração.
Frankie Cole e suas duas melhores amigas inauguraram um novo negócio em Manhattan que está sendo um sucesso. Frankie é designer e ama trabalhar com paisagismo de jardins suspensos nos telhados dos arranha-céus da cidade. Entre amizades verdadeiras e um trabalho gratificante, ela tem tudo para ser feliz. Frankie nunca deu muita atenção às relações românticas, sempre preferindo focar em si e no trabalho. Ela e Matt, irmão de sua melhor amiga, se conhecem há anos, mas nunca tiveram nada além de amizade. Até que ele descobre novas coisas sobre a mulher que pensou conhecer tão bem, e decide que não quer passar mais nenhum dia longe dela. Matt sabe que Frankie se mantém segura por trás de sua barreira emocional, mas fará de tudo para superar os bloqueios e conquistá-la.

Título Original: Sunset in Central Park
Autora: Sarah Morgan
Páginas: 268
Tradução: William Zeytoulian
Editora: Harlequin Brasil
Livro recebido em parceria com a editora

Segundo livro da Série Para Nova York, com Amor, Pôr do Sol no Central Park me surpreendeu com um romance inexplicável, cheio de momentos de tensão. O melhor de tudo é que o casal se conhece desde criancinha e passaram anos sem perceber que o amor estava bem debaixo do nariz deles. O que eu mais gosto nesse tipo de livro é que o romance não acontece de uma hora para outra, que é o que acontece na maioria dos casos.

7 de janeiro de 2019

Resenha: Fogo & Sangue

A arrebatadora história dos Targaryen ganha vida neste novo livro de George R.R. Martin, autor de As Crônicas de Gelo e Fogo, série que inspirou a adaptação de sucesso da HBO, Game of Thrones.
Séculos antes dos eventos de A guerra dos tronos, a Casa Targaryen – única família de senhores dos dragões a sobreviver à Destruição de Valíria – tomou residência em Pedra do Dragão. A história de Fogo e Sangue começa com o lendário Aegon, o Conquistador, criador do Trono de Ferro, e segue narrando as gerações de Targaryen que lutaram para manter o assento, até a guerra civil que quase destruiu sua dinastia.
O que realmente aconteceu durante a Dança dos Dragões? Por que era tão perigoso visitar Valíria depois da Destruição? Qual é a origem dos três ovos de dragão que chegaram a Daenerys? Essas são algumas das questões respondidas neste livro essencial, relatadas por um sábio meistre da Cidadela.
Ricamente ilustrado com mais de oitenta imagens em preto e branco assinadas pelo artista Dough Wheatley, Fogo e Sangue dará aos leitores uma nova e completa visão da fascinante história de Westeros – um livro imperdível para os fãs do autor.

Título Original: Fire and Blood
Autor: George R. R. Martin
Páginas: 598
Tradução: Leonardo Alves e Regiane Winarski
Editora: Suma
Livro recebido em parceria com a editora

O primeiro livro de A Guerra dos Tronos foi lançado em 1996 e aos pouquinhos foi ganhando o coração dos leitores. Com o lançamento da série da HBO, é praticamente impossível que em 2018 você não tenha pelo menos ouvido falar do universo que George Martin criou. Grandes nomes como J.K. Rowling e J. R. R. Tolkien também tiveram suas obras literárias adaptadas para as telinhas (ou telonas), principalmente pelo vasto número de famílias e ramificações presentes nos livros. Sendo assim, era de se esperar que Martin seguisse mais ou menos por esse caminho, e é por isso (e pelo sucesso estrondoso da série, não dá para negar) que temos em nossas mãos essa belezinha.

5 de janeiro de 2019

Livros Cinco Estrelas de 2018


Não é segredo para ninguém o quanto eu amo ler/fazer retrospectivas literárias! A minha meta sempre é bater a quantidade de livros lidos no ano anterior, mas em 2018 eu infelizmente não consegui. Bate uma decepção, mas a leitura em si é muito mais importante que qualquer outra coisa, né? Fui muito mais crítica do que imaginei no ano passado, mas ainda assim dei cinco estrelas para alguns livros e é sobre eles que vou conversar com vocês hoje. As obras estão em ordem de leitura, não de preferência.

3 de janeiro de 2019

Resenha: A Nuvem

No segundo volume da série Scythe, a Ceifa está mais corrompida do que nunca, e cabe a Citra e Rowan descobrir como impedir que os ceifadores que não seguem os mandamentos da instituição acabem com o futuro da humanidade.
Em um mundo perfeito em que a humanidade venceu a morte, tudo é regulado pela incorruptível Nimbo Cúmulo, uma evolução da nuvem de dados. Mas a perfeição não se aplica aos ceifadores, os humanos responsáveis por controlar o crescimento populacional. Quem é morto por eles não pode ser revivido, e seus critérios para matar parecem cada vez mais imorais. Até a chegada do ceifador Lúcifer, que promete eliminar todos os que não seguem os mandamentos da Ceifa. E como a Nimbo Cúmulo não pode interferir nas questões dos ceifadores, resta a ela observar.
Enquanto isso, Citra e Rowan também estão preocupados com o destino da Ceifa. Um ano depois de terem sido escolhidos como aprendizes, os dois acreditam que podem melhorar a instituição de maneiras diferentes. Citra pretende inspirar jovens ceifadores ao matar com compaixão e piedade, enquanto Rowan assume uma nova identidade e passa a investigar ceifadores corruptos. Mas talvez as mudanças da Ceifa dependam mais da Nimbo Cúmulo do que deles. Será que a nuvem irá quebrar suas regras e intervir, ou apenas verá seu mundo perfeito desmoronar?

Título Original: Thunderhead
Autor: Neal Shusterman
Páginas: 496
Tradução: Guilherme Miranda
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora

Antes de começar a ler A Nuvem eu jurava, jurava mesmo, que Scythe era uma duologia. Não sei por que essa ideia passou pela minha cabeça, mas quanto mais eu me aproximava do fim do livro, mais percebia que não seria possível concluir a história nesse volume. Neal Shusterman tinha muita coisa para contar, muita trama para desenrolar e, com tudo o que estava acontecendo, eu fiquei chocada com a forma como essa continuação de O Ceifador terminou.

1 de janeiro de 2019

Top Comentarista: Janeiro 2019

Janeiro é aquele mês em que planejamos várias coisas para o ano que acabou de entrar. O coração fica cheio de esperança para que a nossa vida mude para melhor — mesmo que esse ano em especial a gente esteja um pouco receoso em alguns aspectos. Então, nada melhor que começar o ano com o pé direito e concorrendo a mais um top comentarista aqui do Roendo Livros. O prêmio é um vale compras no valor de trinta reais e o período de inscrições vai de 01/01/2019 à 01/02/2019, lembrando que o último dia é apenas para a regularização de comentários. 
 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©