21 de novembro de 2013

Resenha: As Violetas de Março

Título Original: The Violets of March
Autora: Sarah Jio
Páginas: 304
Tradução: Ronaldo Luis da Silva
Editora: Novo Conceito

Emily Wilson tinha tudo para ser um exemplo de mulher bem-sucedida. Escritora consagrada e com um casamento estável, sua vida parecia imune aos problemas que afetam todo mundo. Até que seu marido, Joel, escolhe outra mulher com quem dividir a vida. Apesar do coração partido – e de se sentir rejeitada e abandonada –, Emily não se deixa abater completamente: arruma as malas e parte em direção a uma nova história que o destino vai se encarregar de finalizar. As Violetas de Março é uma história sobre o amor e a falta dele. É sobre almas gêmeas e sobre a força do destino. É um romance capaz de nos fazer desabrochar para a esperança, ainda que isso pareça impossível. Assim como as violetas em março.

Eu ganhei esse livro de presente da Jessie, do Lendo & Comentando, há um tempinho, mas só agora decidi que precisava ler um romance de verdade. E tenho que dizer: não me enganei na minha escolha. 

Emily é uma jovem escritora bem-sucedida que tem uma vida toda pela frente. Após seu marido, Joel, a deixar por outra mulher, ela resolve passar o mês com sua tia Bee em uma ilha que visitava quando era criança. 

Em sua primeira noite na ilha, ao abrir a gaveta da cômoda no quarto onde estava hospedada, encontra um misterioso diário antigo, que possuía uma belíssima capa vermelha de veludo. Tentada, Emily lê as primeiras páginas e descobre que, na verdade, o diário é um livro, escrito em 1943. Esse livro é narrado em primeira pessoa por Esther, que tenta transmitir sua emocionante estória para quem abrisse o diário. Mais tarde, Emily descobre que diário possui grandes segredos que envolvem as pessoas da ilha e, inacreditavelmente, se ligam ao seu passado. 

Até agora eu não sei dizer o que eu mais gosto nesse livro: a maneira como a estória é desenvolvida ou a semelhança com a minha própria estória. Não conseguia parar de pensar em mim (e em outra pessoa) um instante sequer durante a leitura. Deve ser por isso que ela me marcou tanto...

A vida é muito curta para se preocupar com as consequências quando se ama alguém como eu amo.

O livro é meio que uma história de amor dentro de uma história de amor, o que me agradou bastante. As partes que eu mais gosto são quando Emily está lendo o diário, porque me identifiquei bastante com a Esther e com o seu sofrimento. 

Você quer saber o tempo todo que vai acontecer, quer esclarecer o mistério a todo custo. Minha vontade era entrar no livro e me tornar parceira de investigação de Emily, já que não estava mais me aguentando de ansiedade. Gosto muito também da forma como Emily narra, faz parecer que ela também está escrevendo um diário. E o mais interessante é que ambos se passam no mês de março. 

Além da estória de Esther, que é o foco central do livro, há também a própria Emily, que está tentando esquecer Joel. É nesse momento que entram Greg, sua antiga paixão adolescente, e Jack, um homem super sedutor que não me agradou muito de início.

Destaque também para diagramação: todas as páginas têm detalhe de flores no rodapé, que é a coisa mais linda do mundo e não só isso, combina perfeitamente com o enredo do livro. “As Violetas de Março”, além de ter um final emocionante e surpreendente, é um livro cheio de romance e suspense, que faz você acreditar que o amor pode suportar todas as barreiras.

Classificação final: 

6 comentários:

  1. Oie Ana =)

    Li muitas resenhas positivas desse livro, mas ainda não tive tempo de tirar minhas próprias conclusões rs...

    Espero me encantar tanto com a história como você *-*

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane! Espero que você goste sim, é um livro bem levinho... Beijos!

      Excluir
  2. Eu ainda não li esse livro, mas ele parece ser muito bonito. Adorei o fato de ter um romance dentro de um romance. Tomara que quando eu leia eu goste do livro tanto quanto você :)

    Bjs,
    Samira
    http://spoiledonbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Samira! Me encantei mesmo com o livro... Acho que eu estava precisando de um livro água com açúcar, viu?
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá! As meninas do blog Entre Capas e Livros te indicaram para o selo: Liebster Award! Parabéns!
    O link da postagem caso queira dar uma olhada: http://bit.ly/1bIZtFk !

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ellen! Amei a indicação e farei assim que tiver um tempinho! Obrigada! Beijos.

      Excluir

 
Layout feito por Vinícios Costa | Todos os direitos reservados ©