25 de setembro de 2016

Resenha: Sopa de Salsicha

Contando com uma legião de fãs na internet, Sopa de Salsicha é a crônica do dia a dia de Eduardo Medeiros, um talentoso quadrinista metido em encrencas clássicas: aperto financeiro, mudanças de lar e um difícil projeto pela frente. O projeto é este romance gráfico, um trabalho de fôlego em que Medeiros narra, com ajuda da indefectível Baixinha e de outros quadrinistas, suas aventuras diárias e seus embates com o processo criativo, a vida nova em Florianópolis e as visitas de um Michael Bolton que talvez esteja tentando conquistar a sua mãe. Um dos mais talentosos nomes do novo quadrinho brasileiro numa história surpreendente sobre amadurecimento, mudanças importantes e chuveiros apertados.

Título Original: Sopa de Salsicha
Autor: Eduardo Medeiros
Páginas: 172
Editora: Quadrinhos na Cia. 
Livro recebido em parceria com a editora

Eu gosto demais de graphic novels, apesar de não ser um gênero que eu traga muito para vocês aqui no Roendo Livros. Me apaixonei por Sopa de Salsicha logo que vi a capa, quanto amor! Como vocês já devem saber, eu não sou muito de ler sinopses, então não fazia ideia do que o Eduardo ia me contar... Gente, não é que eu me apaixonei pela história também?


Sopa de Salsicha é um quadrinho biográfico onde Eduardo Medeiros narra o seu maior desafio, que é justamente a criação desse seu primeiro romance gráfico. É claro que ele faz isso de uma forma super divertida, contando para nós todas as suas dificuldades, os bloqueios criativos, a ajuda que teve dos colegas... Ah, também nos apresenta uma pessoinha muito especial, a Aline, sua esposa, mais conhecida como Baixinha. 

Pausa no texto para dizer que eu penduro roupa desse jeitinho mesmo, haha. 
Eu simplesmente não consigo expressar em palavras o tanto que eu gostei desse quadrinho. Gente, é incrível, super bem humorado... A Aline é tão incrível que nem parece ser de verdade, sério. Falo isso no bom sentido, é impossível uma pessoa tão amável e fofa ser real. Eu gosto muito de histórias que contam o dia-a-dia das pessoas, os problemas, a monotonia —  afinal, nem sempre a vida da gente é um livro cheio de reviravoltas, né? — e a vida dos dois é exatamente isso o que eu disse, real, verdadeira. 


A gente nunca pensa no processo de criar alguma coisa, já que a gente sempre tem as coisas prontinhas na mão. Eu já sabia que escrever um livro — ou desenhar, no caso do Eduardo, rs — não é uma tarefa fácil, mas só depois do Sopa de Salsicha eu vi que é realmente mais difícil do eu imaginava. Eu não sei como falar desse livro de uma forma que instigue vocês, mas por favor, leiam. Não se tornou um dos meus favoritos a toa, hihi. 

Assim como toda história de verdade, tem muitas tomadas de decisões, escolhas, amadurecimento — que na minha opinião, além da Baixinha, é o foco principal do livro — e também muitas mudanças.

Classificação final: 

7 comentários:

  1. Oi Ana!!

    Fiquei muito feliz com o que escrevestes sobre o livro, e sobre a minha pessoa/ personagem. :)
    Agradeço tua delicadeza e gentileza, e te parabenizo pelo lindo texto! <3
    Beijos, Baixinha (Aline)

    ResponderExcluir
  2. Menina, eu ainda não conhecia mas já pela sua resenha fiquei super interessada em realizar a leitura. Eu não costumo ler quadrinhos mas achei as ilustrações belíssimas e o conteúdo parece ser muito bom, além de super divertido. Às vezes eu preciso de uma leitura assim, pra me tirar de uma baita ressaca literária, adorei a dica.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Apesar de gostar de quadrinhos, quase não leio nada do gênero, mas me interessei bastante por Sopa de Salsicha.
    Principalmente por ser biográfico, bem humorado e ter uma Aline na história. Fiquei bastante curiosa para conhecer minha xará.
    Dica anotada!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  4. Oiee Ana ^^
    Primeiro: adorei o nome da graphic...haha' eu nunca li nenhuma, mas é um tipo de história que eu tenho muita curiosidade de conhecer, principalmente porque eu adoro histórias divertidas ♥ saber que você gostou tanto da obra me deixou animada, e mais ainda ao saber que é a história do autor, nada tão bom quanto uma história real, né?
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Não costumo ler muitos quadrinhos, mas achei lindo o trabalho desenvolvido nesse livro e fiquei bastante curiosa para conferir como o autor conseguiu demonstrar o amadurecimento e a tomada de decisões dessa forma criativa e cativante.
    Desconhecia a obra, mas quero muito saber mais sobre ela.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Aninha!
    Adorei o traço do ilustrador, e saber que é um quadrinho biográfico sobre a dificuldade dessa profissão, me interessou ainda mais. Acho que vou procurar pra comprar pro meu amor, que também é ilustrador.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Olá, Ana Clara! Que diferente! Nunca li um livro do gênero e este me parece divertido, além de parecer ser daquelas leituras em que a gente aplica as situações às nossas áreas, mesmo tão diferentes, e acaba se identificando.
    Gostei da resenha!

    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©