9 de dezembro de 2017

Resenha: Irmãos de Sangue

A misteriosa Pedra Pagã sempre foi um local proibido na floresta Hawkins. Por isso mesmo, é o lugar ideal para três garotos de 10 anos acamparem escondidos e firmarem um pacto de irmandade. O que Caleb, Fox e Gage não imaginavam é que ganhariam poderes sobrenaturais e libertariam uma força demoníaca. Desde então, a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, acontecimentos estranhos ocorrem em Hawkins Hollow. No período de uma semana, famílias são destruídas e amigos se voltam uns contra os outros em meio a um inferno na Terra. Vinte e um anos depois do pacto, a repórter Quinn Black chega à cidade para pesquisar sobre o estranho fenômeno e, com sua aguçada sensibilidade, logo sente o mal que vive ali. À medida que o tempo passa, Caleb e ela veem seus destinos se unirem por um desejo incontrolável enquanto percebem a agitação das trevas crescer com o potencial de destruir a cidade. Em Irmãos de Sangue, Nora Roberts mostra uma nova faceta como escritora, dando início a uma trilogia arrebatadora em que o amor é a força necessária para vencer os sombrios obstáculos de um lugar dominado pelo mal.

Título Original: Blood Brothers
Autora: Nora Roberts
Páginas: 288
Tradução: Maria Clara de Biase
Editora: Arqueiro
Livro recebido em parceria com a editora

Irmãos de Sangue, primeiro volume da trilogia A Sina do Sete, foi escrita pela aclamada autora Nora Roberts e foi publicada no Brasil pela editora Arqueiro. Possui 288 páginas, divididas em vinte capítulos cuja narrativa alterna entre os personagens. As histórias são interligadas, então é necessário ler os três livros na ordem para não causar confusão. 

Não conhecia a escrita da Nora Roberts no mundo da fantasia, então basicamente comecei esta leitura sem saber realmente o que esperar. No início, conhecemos três garotos que por coincidência nasceram no mesmo dia e se tornaram amigos por causa de suas mães, são eles: Caleb, Fox e Cage. Para comemorar o aniversário de 10 anos, eles decidem ir acampar na floresta Hawkins, o que acaba não sendo uma boa ideia no final das contas.

Nesta jornada que se torna sombria e perigosa, os garotos descobrem que soltaram uma maldição que assola a cidade a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, atacando a todos os moradores, fazendo com que estes se tornem pessoas diferentes do que geralmente são, assustando seus amigos e familiares que vivem com eles. Os amigos percebem o que fizeram e desde esta data eles tentam achar uma maneira para aprisionar o que soltaram.

Se passam 21 anos do acontecimento na floresta e tudo continua do mesmo jeito, até que uma repórter que adora coisas sobrenaturais aparece na cidade para estudar e entender o fenômeno que ataca a cidade de Hawkins Hollow. Quinn Black chega para mudar o rumo desta narrativa e mexer com os nervos de Caleb, já que este foi o único que decidiu ficar na cidade por causa de seus pais.

O trio de amigos se encontra novamente após alguns anos separados, cada um com sua vida e seus empregos, mas aquilo que eles soltaram sempre os fazem voltar para a sua cidade natal. Contudo, a maldição está mais forte este ano e os efeitos que ela causa chegaram adiantados para as pessoas da cidade, então eles possuem menos tempo e mais força para lidar. 

A narrativa se desenrola em um ritmo agradável, sem acontecimentos corridos ou sem explicações, ou seja, Nora escreve tudo no seu tempo, com todos os detalhes, mas sem tornar a leitura cansativa. A maldição é explicada claramente, sem pontas soltas, o que me agradou bastante. Novos personagens aparecem durante a história e como eles chegaram lá e quais são as suas intenções também são ditas, e isso me deixou bastante feliz.

As personagens femininas não desagradam, são fortes e destemidas. Óbvio que possuem seus momentos de medo, como todas as pessoas normais, mas não se mostram fracas em nenhum momento. Quinn, Layla e Cybil entram nesta jornada de cabeça para ajudarem e entenderem o acontece com elas, já que o tal efeito da maldição também as afetam, não de uma maneira agradável, claro.

Irmãos de Sangue possui uma narrativa calma, bem descritiva e que se prende aos detalhes, que deixa o leitor alerta para cada nova descoberta. Apesar disso, como já foi dito anteriormente, em nenhum momento dá aquela preguiça de continuar lendo. É capaz de você piscar os olhos e perder mais uma trapaça que a maldição, então tem que ficar com os olhos bem abertos.

20 comentários:

  1. Olá Lari! Nunca li nada de Nora Roberts, mas esse livro realmente me agradou. Gosto de fantasias e essa trama misteriosa que promete muita emoção já entrou pra minha lista de leituras. Adorei o fato de que a autora não deixou nenhuma informação solta, explicando bem os detalhes da maldição. E como Nora se destaca pelos livros de romance sinto que esse também nos traz uma pitada do gênero. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá! Eu não sabia que a Nora Roberts escrevia ficção fantástica. Me pareceu uma história interessante, ainda que com uma premissa meio parecida com outras que eu já li, mas acho que eu leria. Adoro quando a história envolve crianças e gostei de ter um contexto mais sombrio.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu conheço a escrita da Nora através de uma série de romances no estilo chick-lit. E são ótimas histórias.
    Apesar do enredo ser interessante, não é um gênero que me atrai.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Não gosto desse tipo de livro de fantasia que envolve maldição e tal... E nunca li nenhum livro da Nora Roberts.

    ResponderExcluir
  5. Sabe o que mais me agrada nas letras de Nora? Ela consegue escrever qualquer história e sempre surpreender o leitor!
    Ainda não tive a oportunidade de começar esta trilogia, mas ela está na listinha de desejados tem um tempo.
    Lerei assim que tiver oportunidade!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada dessa autora e me deu vontade de pegar esses livros, mas ainda não consegui e nem sei se vou mesmo. Gosto do tom sombrio da trama, isso de maldição e do tempo que passa, de ver esse pessoal adulto e com as vidas deles depois e como a tal maldição ainda pode afetar as coisas na cidade e etc. Os personagens são a grande graça da trama, aqueles que são adicionados depois, os que chegam e tal. Tem um negócio que me chama atenção por isso de ver como a coisa toda vai afetar esse povo novo. O jeito dela explicar as coisas, de não enrolar e ter uma hora pra cada assunto é legal também. Acho que irias gostar.

    ResponderExcluir
  7. Lari!
    Sempre fui fã da Nora, e não apenas pelos romances, que são sempre bem escritos, mas porque ela sempre inclui um tema, aqui algo sobrenatural e no final, dá tudo certo e o leitor acompanha um livro envolvente e emocionante.
    Quero ler essa nova série dela.
    Bom domingo!
    “A melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Desde que li a primeira resenha relacionado a esta trilogia fiquei completamente encantada com a estória, e também pela forma como a Nora desenvolveu toda esta trama de forma tão envolvente, e cativante, de forma muito bem construída, com personagens instigantes, e personagens femininas forte e decidida, que possuiu medo como outra pessoa normal. Além de que a descrições e explicações não são cansativas, e muito bem elaboradas, espero ansiosamente ler esta obra.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Não li ainda nenhuma obra da autora, o que deixa triste, curto mto o gênero e espero mto por uma oportunidade de ler, capa e enredo tá mto bacana...
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Lari,
    Que Norah Roberts é muito conhecida no mundo literário, isso não há dúvida, mas ainda não li nenhuma de suas obras. Do que era para ser uma brincadeira, algo feito na inocência surge algo que vai atormentar uma cidade inteira e essa premissa já me deixou intrigada. Gostei de ver que os protagonistas não se vitimizam, assumem a responsabilidade pelo mal que provocaram e ainda vão atrás de respostas. Já imagino que as personagens femininas presentes neste livro tem seus papéis traçados para os próximos volumes, talvez acrescentando um pouco de romance a está história. Como gosto de histórias mais misteriosas acredito Irmãos de Sangue seja uma boa forma de conhecer a escrita da autora.

    ResponderExcluir
  11. Olá, apesar de entregar nada de novo, a escrita de Nora mais uma vez não decepciona. Essa autora consegue escrever qualquer gênero sem deixar a premissa forçada, como acontece com alguns autores que se arriscam a sair da zona de conforto. O universo sobrenatural aparenta ser bem construído, assim como os personagens. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Li uma trilogia de fantasia da autora e adorei, quero ler essa também, adoro mistério e fiquei curiosa em saber sobre essa maldição e como vão resolver essa situação. Parece que a leitura envolve o leitor deixando ansioso pelos acontecimentos e iiso deve deixar a leitura bem gostosa.

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus, a Nora Roberts escreve de tudo kkk Já vi alguns livros de romance dela e inicialmente pensei que ela se dedicava a isso, como um Nicholas Sparks da vida. Mas, pra minha surpresa, me deparei com os livros da saga Mortal dela (de mistério e investigação num mundo futuro e super tecnológico) e me agradei bastante com sua escrita. Dizem que um autor deve se dedicar a apenas um gênero, mas ela se mostra super eclética e criativa! Quanto a esse livro, me interessei muito: acontecimentos estranhos em uma cidade, isso lembra muito It! Adoro os romances que ela coloca na história também sem deixar de lado a narrativa principal. Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Lari!!
    Gosto muito dos livros da Nora Roberts li esse ano dessa autora O Quarteto de Noivas e a Trilogia A Pousada, achei bem bacana o toque sobrenatural que ela deu nos livros da trilogia A pousada é por causa disso quero muito ler essa nova trilogia dela.
    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Oi Lari.
    Eu sempre tive muita curiosidade em conhecer a escrita da Nora Roberts, porém ainda não tive a chance de ler algum de seus livros.
    Eu gostei bastante dessa premissa, adoro que tem toda uma fantasia envolvida no livro, estou curiosa para saber o que acontece com os personagens e como a narrativas vai se desenvolver, enfim, estou muito ansiosa.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Sou fã de Nora Roberts há anos, amo a forma que ela escreve, sempre objetiva. A resenha ficou òtima e descreveu perfeitamente a história. Quero muito ler esse livro, não sò ele, mas como vàrios que foram lançados e ainda não comprei.

    ResponderExcluir
  17. Oi Lari...
    Ainda não li nada da Nora Roberts, mas tenho visto muitas resenhas e comentários positivos sobre essa série. Com certeza quero ler essa série que parece ser bastante envolvente e cheia de aventuras... Além disso amo a narrativa alternada entre os personagens.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  18. Ainda não li Nora Roberts em outro gênero que não seja romance, porém, tenho certeza que ela está arrasando nessa série, pois, vira e mexe eu esbarro em alguma resenha positiva sobre ela. Achei o enredo bastante interessante, mas, como não sou muito fã de terror (na verdade morro de medo) prefiro passar a dica, mesmo sabendo que com certeza é um livro excepcional.

    ResponderExcluir
  19. Impressionante versatilidade Doutora a se adequar vários géneros literários um diferente do outro isso mais familiarizada com os livros de romance dela nunca em nada dessa série e eu acho que vou deixar para ler ele depois que eu finalizar as minhas metas de leitura para 2018

    ResponderExcluir
  20. Olá Lari ;)
    Também não conhecia a escrita da Nora em livros assim de fantasia, mas após ler a resenha desse livro em um blog fiquei com muita vontade de ler os livros! Achei a premissa bem promissora, e fiquei bem curiosa para saber mais sobre essa maldição dos sete anos que envolve os personagens.
    Gostei da sua resenha, me deixou mais animada ainda para ler essa série da Nora.
    Bjos

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©