18 de junho de 2014

Resenha: O Segredo de Ella e Micha

Título Original: The Secret of Ella and Micha
Autora: Jessica Sorensen
Páginas: 264
Tradutor: Marsely Dantas
Editora: Geração Editorial

Este livro que você vai ler agora arrancou suspiros de uma legião de leitores americanos, entusiasmados com a escrita provocante de Jéssica Sorensen. O segredo de Ella e Micha trata do romance entre dois jovens, mas não é só isso. Os protagonistas vão tecendo, em primeira pessoa, uma trama complexa e ao mesmo tempo simples, que envolve temas delicados como dramas familiares, traumas psicológicos, medo do futuro e da morte, com naturalidade e sinceridade. Eis o que torna o livro tão comovente: sua realidade. Em qualquer lugar do mundo, cada jovem têm um pouco destes dois heróis paradoxalmente frágeis com seus traumas, mas fortes para enfrentar a dura realidade da existência e superar seus conflitos mais difíceis. Respire fundo, prepare-se para acompanhar uma história de amor com pitadas generosas de sensualidade e adrenalina.

"O Segredo de Ella e Micha" é o primeiro livro da série Segredo e, como o próprio título indica, conta a história dos jovens Ella e Micha. Para quem já conhece o gênero "new adult", sabe que é indispensável nesse tipo de narração um mocinho ou mocinha tentando fugir de um passado sombrio ou de algum conflito marcante. Tudo isso, é claro, mesclado a um romance de tirar o fôlego. 

O início do livro já apresenta uma fato angustiante que mostra que a vida dos protagonistas não é nada fácil. Ella e Micha são amigos de infância, que cresceram em uma vizinhança pobre e desestruturada. Não bastasse isso, ambos vivem dramas familiares fortíssimos: após a morte trágica de sua mãe, Ella tem que lidar com um pai alcoólatra e um irmão mais velho com o qual não se dá muito bem; Micha foi abandonado pelo pai quando ainda era criança e nunca mais obteve nenhuma notícia do mesmo. 

Após uma situação que ocorre ainda no início do livro, Ella resolve escapar do seu passado dolorido e se muda para Las Vegas, onde começa a frequentar a universidade de Nevada. Durante essa mudança, a mocinha conheça Lila, que apesar de ser super rica e patricinha, totalmente o oposto da antiga Ella, acaba virando sua amiga.  O problema é que, apesar de deixar para traz tudo o que a fez - e ainda faz - sofrer, ela também teve que abrir mão de Micha, seu melhor amigo e única paixão. 

Oito meses após o seu desaparecimento, ela decide voltar para casa durante as férias de verão, trazendo consigo uma Ella totalmente desvinculada de tudo e todos. Porém, essa fachada desmorona assim que ela dá de cara com Micha, e ela logo descobre que ele nunca deixou de procurá-la ou pensar nela um dia sequer. 

Ella sempre foi curiosa com as coisas. Muitas vezes que fomos perseguidos por metermos o nariz onde não éramos chamados e apanhei várias vezes tê-la defendido. Mas eu faria de novo sem pestanejar; somos eu e ela contro o mundo. Sempre foi assim.

Micha é um típico bad boy: além de ser músico, é sedutor, totalmente cativante e devota a sua vida inteira a Ella. E continua sendo assim, mesmo após o sumiço supostamente "sem razão" da mocinha. Micha a perdoa instantaneamente, apesar de toda a mágoa por ela o ter abandonado. 

Desde o início eu sabia que este seria uma narrativa profunda. Não é simplesmente um livro que apresenta uma história universitária, não é só um romance intenso e apaixonante entre dois adolescentes que possuem um passado traumático em comum. Jessica Sorensen consegue descrever sem rodeios a realidade de vários jovens e a necessidade que os mesmos possuem de se encontrar emocionalmente. Foi justamente por isso que eu gostei tanto de "O Segredo de Ella e Micha". 

Apesar do eterno clichê de melhores amigos que se descobrem apaixonados, a autora usa e abusa desse artifício para nos mostrar a importância de Micha da vida da protagonista. A verdade é que é muito fácil aceitar o amor dos dois, mesmo com a resistência de Ella. Sem muito esforço, percebemos que é Micha que corre atrás de Ella, que abre mão dos seus sonhos e se entrega por inteiro. Cá para nós, é ou não o mocinho perfeito?

Todos sabem que superar uma perda não é fácil, mas o ponto é aprender a conviver com ela. Sorensen nos mostra isso de uma forma simples, mas não simplória. Em vista disso, só posso dizer que, apesar de ser um livro que não precisa de complemento, estou super ansiosa para ler o restante da série. 

Classificação final: 

5 comentários:

  1. Ai que divo esse livro, vou passar ele na frente dos outros e começar a descobrir alguns segredos U.u assim que acabar Quem é você Alasca?
    Beijocas flor ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lari!
      Que saudades! Finalmente você tá lendo "Quem é Você Alasca?". Eu amo esse livro, espero que você goste também. E sim, leia "O Segredo de Ella & Micha", ele é tão bom quanto!
      Beijos!

      Excluir
    2. Saudades Aninha ^^
      Só agora, estou com minhas leituras a passos de tartaruga por causa da faculdade, mas até o final de semana começo O Segredo de Ella & Micha.
      Beijocas ^^

      Excluir
  2. Eu confesso que não curto muito new adults, acho as premissas sempre muito clichês. Não tenho vontade de ler esse livro, mas leio bons comentários sobre ele.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês!
      Realmente, a temática dos new adults é sempre a mesma, mas eu gosto bastante de como as histórias se desenvolvem.
      Beijos!

      Excluir

 
Layout feito por Vinícios Costa | Todos os direitos reservados ©