18 de novembro de 2015

Resenha: Como Eu Era Antes de Você

Título Original: Me Before You
Autora: Jojo Moyes
Páginas: 320
Tradutora: Beatriz Horta
Editora: Intrínseca

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Existem aqueles livros que a gente lê e gosta muito. Isso acontece na maioria das vezes em que lemos alguma coisa que nos diverte e tem uma história boa. Mas existem aqueles livros que nos marcam de uma forma tão grande que é até difícil falar sobre eles. Como Eu Era Antes de Você está na minha seleta lista de livros que eu vou indicar e amar para o resto da vida. 

Louisa Clark tem 26 anos, trabalha como garçonete em um café perto de casa e mora com os pais, a irmã mais velha que tem um filho pequeno e o avô que, após sofrer um AVC, precisa de mais atenção que uma criança. Além disso, namora o mesmo cara, Patrick, há sete anos. Tudo parece ir muito bem, obrigada, quando, sem mais nem menos, a pequena cafeteria em que trabalhava fecha. Desempregada e desolada, a única opção de Lou é recorrer ao centro de empregos local, mas nada parece se encaixar bem o suficiente quando, de repente, surge um emprego: cuidar de um tetraplégico durante seis meses. Apesar de não ter as habilidades específicas, ela resolve se arriscar unicamente pelo salário generoso, já que seu pai também perdera o emprego. 

E é aí que Louisa Clark entra na vida de Will Traynor. Will era um excelente advogado e, apesar da vida super corrida, arranjava tempo para viajar para os lugares mais lindos, praticar esportes radicais e tudo isso com uma namorada maravilhosa. Sua vida era fantástica até o dia em que um acidente de moto o deixa preso à uma cadeira de rodas pelo resto da vida. Dois anos depois e sem conseguir superar o acidente, Will se torna um homem extremamente infeliz e mal-humorado. Os pais estão desesperados e sem saber o que fazer e o homem jura por tudo quanto é mais sagrado que quer acabar com tudo isso. É toda essa loucura que Lou encontra assim que põe os pés na mansão dos Traynor. 

Estou lhe dando isso porque poucas coisas ainda me fazem feliz, e você é uma delas. É isso. Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida [...].

Nada parecia dar certo no início, uma vez que Will afasta qualquer pessoa que tenta se aproximar. Com o passar das semanas, Lou vai se acostumando com o temperamento difícil de Will. Começa a fazer de tudo para ele ter uma vida mais feliz e saudável, mesmo que pareça impossível. Com o tempo, eles vão construindo uma relação de amizade que pouco a pouco se transforma em algo mais forte.

Como Eu Era Antes de Você é um livro profundo. A autora consegue mostrar direitinho não só dificuldade que os cadeirantes sofrem no dia-a-dia, mas também a dificuldade de aceitarem a nova condição. Além disso, podemos perceber o sofrimento da família e o da própria Lou quando ela começa a se envolver emocionalmente com o problema do Will. Não tenho palavras para dizer o quanto amei esse livro. É o tipo de história que emociona e que faz chorar. Não é só pela simplicidade dos gestos da Louisa, que são tocantes... Mas pelo sentimento de se perder e de perder, de tentar alcançar o inalcançável, a corrida contra o tempo, o amor... 

É, sem dúvidas, um dos dramas mais lindos e tristes que li em toda minha vida. É aquele tipo de história que nos faz torcer pelos personagens, para que tudo dê certo mesmo quando tudo indica o contrário. Não que seja muito difícil, mas me fez chorar de verdade, aquele choro doído. E o melhor foi perceber o quanto minha vida (que não é fácil) é boa. 

Classificação final: 

12 comentários:

  1. Olá Ana!
    Não sabia que esse livro tratava desse tema! Pensava que era um romance e só. Parece realmente ser uma história bonita. Fiquei curiosa.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO 250 SEGUIDORES! PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
  2. Ai cara eu amei demaaais esse livro!!
    Coisa mais linda essa estória!
    Fiquei muito feliz quando soube que viraria filme.
    O Will e a Lou são um casal muito especial!!

    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  3. APENAS AMO! ♥ Quero muito ler outro livro da Jojo! Esse foi o primeiro (e único, até então) e gostei tanto! <3 Que bom que está no time dos que amam essa história! :')

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana! Tudo bem? Menina, eu fico impressionado ao ver tantas resenhas positivas para esse livro! Isso só faz com que eu queira "Como Eu Era Antes de Você" o mais rápido possível. É um livro que não faz o meu estilo? Sim, com certeza. Mas quero muito lê-lo e ver se ele também vai me marcar dessa forma! Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Ana. Tudo bem?
    Então eu também me emocionei bastante ao ler este livro, acho que é impossível não se emocionar com a carga o tanto triste e bonita que se passa nesse livro,não é?
    Concordo em muitos pontos com você, mas confesso que o início da leitura para mim foi um pouco lenta. Ao todo fico bastante feliz em ter continuado a leitura, pois me surpreendeu e emocionou bastante.
    Até mais http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ainda não tenho esse livro, mas tenho vontade de ler pelas inúmeras resenhas positivas.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/
    Obs: Please, dê a curtida básica em: https://www.facebook.com/eternamenteprincesa/

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana.
    Esse livro sempre me é indicado mas eu sempre enrolo muito pra comprar, depois dessa resenha, vou ler com certeza!
    Beijos,
    Borboletas de papel

    ResponderExcluir
  8. Poxa, já li umas tantas resenhas deste livro e é incrível como todo mundo só fala bem dele, só coisas lindas acompanhadas daquela "intimação" para que a gente o leia também. Eu tenho curiosidade, apesar de não ter planos de ler o livro tão logo. Agora, sabe que eu não sabia que esse livro trazia essa questão dos cadeirantes com a força com que me pareceu ao ler sua resenha.

    Beijão, Livro Lab

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana!
    Eu tinha vontade de ler esse livro porque todas as resenhas que vejo sobre ele são assim apaixonadas como a sua. Mas há alguns meses li outro livro da autora e detestei. Sei que era um dos primeiros que ela havia escrito e que sua narrativa e histórias podem ter amadurecido muito, mas perdi completamente a vontade de conferir outra coisa dela (para ver como o trauma foi forte, rsrs).
    Que bom que você gostou da leitura. São mesmo raros os livros que nos tocam dessa forma.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Eu já ouvi tantooooo sobre esse livro que sério, estou QUASE comprando.É que tipo assim, tem bastante coisa aqui pra mim ler HAUAHUAHU :P
    Sua resenha me despertou(ainda mais) a vontade de ler essa história :)_

    Muito obrigada pela resenha bem detalhada,ehehehe.

    beeijão :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie Ana =)

    Essa será uma das minhas próximas leituras e confesso que tenho um pouco de receio de não gostar, já que ele é um daqueles que todo mundo ama rs...
    Mas, espero me emocionar com a narrativa e com os personagens também. *pensamento positivo*.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana, como vai?
    Passando rapidinho só pra dizer que te indiquei para uma tag lá no blog :D
    Confere lá: winterbird.com.br/2015/11/tag-esse-ou-esse.html
    Espero que goste!

    Um beijo!

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©