4 de agosto de 2016

Resenha: O Pintor de Memórias

Um amor que atravessa o tempo. Uma equipe de cientistas prestes a fazer uma grande descoberta sobre a construção da memória e um medicamento milagroso capaz de revelar um mistério antigo. Bryan Pierce é um renomado pintor cujos trabalhos deslumbram o mundo. Mas há um segredo para seu sucesso: cada tela é inspirada em um sonho excepcionalmente vívido. Sempre que acorda, ele adquire novas e extraordinárias habilidades, como a capacidade de falar línguas obscuras ou um gênio inexplicável para o xadrez. A vida inteira Bryan se perguntou se seus sonhos eram apenas isso ou se seriam memórias, se ele estaria experimentando a vida de outras pessoas. Linz Jacobs é uma neurogeneticista brilhante, dedicada a decifrar os genes que ajudam o cérebro a criar memórias. Ao visitar uma exposição na galeria de uns amigos, ela se depara com a imagem de um pesadelo recorrente de sua infância e adolescência... em um dos quadros de Bryan. Linz localiza o artista, e o encontro dos dois desencadeia o sonho mais intenso do pintor: a visão de uma equipe de cientistas que, na iminência de descobrir uma cura para o Alzheimer, morre em uma explosão no laboratório. Bryan fica obcecado pelas circunstâncias estranhas que cercam a morte dos cientistas, e seus sonhos aos poucos revelam o que aconteceu no laboratório, assim como um mistério mais profundo que o leva ao Egito antigo. Juntos, Bryan e Linz começam a perceber um padrão em seus sonhos. E que há um inimigo mortal observando cada movimento deles que não vai parar enquanto não atingir seu objetivo.

Título Original: The Memory Painter
Autora: Gwendolyn Womack
Páginas: 379
Tradução: Ronaldo Sergio de Biasi
Editora: Record
Livro recebido em parceria com a editora  

As capas dos livros, às vezes, me compram mais que os livros em si. Bastou eu colocar os meus olhos n'O Pintor de Memórias e me apaixonar pela arte dele para eu ter certeza de que o queria na minha estante. É claro que muitas vezes essas coisas não dão certo e acabamos odiando os livros mas, com essa obra divina foi diferente. Já me prendi nas primeiras páginas e não consegui largar por nada no mundo. 

Gente do céu, eu posso falar um milhão de pontos positivos desse livro aqui nessa resenha, mas duvido que conseguirei expressar o que eu senti por essa história. Primeiro que a chamada dela já mata a gente de curiosidade: "um amor que atravessa o tempo". E sim, pode até não parecer, mas sou extremamente romântica e acredito demais que não vivemos uma única vida e, que nas outras, estamos destinados a mesma pessoa das vidas anteriores. 

Agora imagine você sonhar com todas as suas vidas passadas. E o melhor: depois do sonho, misteriosamente, quando acorda, detém de todos os talentos delas. Ficou um pouco confuso? Eu explico melhor: Bryan Pierce é um pintor talentosíssimo, mas só porque um dos seus "eus" passados era e ele sonhou com isso. Ah, além de saber jogar xadrez inexplicavelmente bem, sabe falar inúmeras línguas. O mesmo acontece com Linz Jacobs, mas em uma proporção um pouco menor. Os dois são os protagonistas dessa história incrível que une passado e presente a todo momento. 

Em certo momento da história, Linz e Bryan se encontram. Claro que sim, afinal, eles pertencem um ao outro, não é mesmo? Como Linz não consegue se lembrar de muita coisa do passado, acaba achando, assim como todas as outras pessoas, que Bryan tem algum distúrbio psicológico. A narrativa é em terceira pessoa e alterna entre os personagens principais. Esse fato tinha tudo para deixar a história totalmente confusa, mas senti mais como se fosse um bônus conhecermos os pensamentos mais íntimos dos dois. 

O Pintor de Memórias é aquele tipo de livro que agrada porque é totalmente balanceado: tem romance, mas não é o foco da história; tem suspense, ação e aquele mistério maravilhoso que faz ser impossível largar a leitura até ter chegado ao final. E gente, me surpreendi demais nos últimos 15% do livro, tudo que eu achava que tinha certeza na verdade não era, fui totalmente enganada! Também amei intensamente a forma como Gwendolyn Womack inseriu personagens não-fictícios na trama, fazendo-a ficar ainda mais envolvente. 

Talvez, para algumas pessoas, o fato de a autora inserir um pouco de Ciência à história seja um ponto fraco, já que deixa a narrativa um pouco lenta. Mas ah... Eu sou amante da Ciência, como não gostar de um livro em que o assunto é abordado? Simplesmente falar o quanto eu amei esse livro talvez não seja suficiente para deixar vocês curiosos, mas talvez todo o mistério em volta das vidas de Bryan e Linz falem por si só. 

Classificação final: 

13 comentários:

  1. Bem que você falou que ia fazer resenha deste livro kk e já pela resenha eu imagino que a história seja maravilhosa.Fiquei encantada com esta capa e não imaginava que o livro se tratava de um romance com mistérios,ciência,arte e entre outros temas que fazem ele ser perfeito deixando os leitores ansiosíssimos para ler.Ótima resenha,bjss!

    ResponderExcluir
  2. A maioria dos livros também me ganham pela capa. E que capa bonita essa, hein? Pela sua resenha a história parece ser incrível. Eu também sou muito romântica e esse é meu gênero de livro favorito! Já pensou se isso realmente for verdade? Viver várias vezes e sempre ser "feliz para sempre" ao lado da mesma pessoa? Mal posso esperar para ler!

    ResponderExcluir
  3. Oiii!!!

    Eu provavelmente não conseguiria engatar a leitura por causa da questão da ciência no enredo, eu odeio HAHAHAHAHA.
    Mas tirando tudo isso, eu adoraria conhecer esse livro. Você descreveu muito bem todos os pontos abordados.
    Dica anotada!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá! A capa realmente é muito interessante e me fez querer ter o livro em minha estante também. Adoro livros que envolvem vidas passadas e esse me parece que deixa o leitor ávido por informações. E quando chega ao final, as certezas desaparecem, também adoro quando isso acontece. O único ponto negativo para mim é a inclusão de ciência que, ao contrário de você, não me agrada nada. Vou procurar saber mais sobre o livro.
    Beijos.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá! A capa realmente é muito interessante e me fez querer ter o livro em minha estante também. Adoro livros que envolvem vidas passadas e esse me parece que deixa o leitor ávido por informações. E quando chega ao final, as certezas desaparecem, também adoro quando isso acontece. O único ponto negativo para mim é a inclusão de ciência que, ao contrário de você, não me agrada nada. Vou procurar saber mais sobre o livro.
    Beijos.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. OOoi!
    Não conhecia o livro mas confesso que mesmo com sua resenha positiva ele não chamou minha atenção, alem disso, a inserção da ciência seria um ponto negativo para mim.
    Ótima resenha mas vou passar a dicaa!haha

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu tinha lido outra resenha dessa obra, e mesmo sua resenha também sendo ótima, não me atrai nem um pouco pela história. Ainda mais sabendo que tem partes mais paradas, acho que só desanimaria mais ainda na leitura, então passo.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Ana Clara!
    Vi esse livro na amazon, mas até então não sabia nada a respeito. Apesar de ter uma capa linda, que chamou a minha atenção de imediato, a premissa me desanimou um pouco, mesmo sendo um livro balanceado nos gêneros.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ana, vi esse livro há alguns dias atrás na livraria aqui perto e fiquei muito empolgada com a leitura, mas ontem li uma resenha que me desanimou totalmente. Agora estou me sentindo totalmente enganada, ou mais precisamente achando que a blogueira da resenha de ontem não era o tipo de leitora para esse livro. Já disse que suas indicações são as melhores e sinto que esse livro é um dos que com certeza irei gostar demais e o que me convenceu foi seu encantamento que você demonstrou com a história. Eu querooooooo!!

    ResponderExcluir
  10. Ana, minha lindeza.
    Também já gamei no livro só de olhar pra essa capa!
    E amei sua resenha. Essa coisa de outras vidas me lembrou um pouco Em Algum Lugar do Passado, que eu amo. Então já quero esse livro pra ontem!
    Beijos
    Ps.: Já disse que amei sua resenha? ❤

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ana!
    Já havia conferido uma outra resenha desse livro, não tão positiva e que me fez ter quase certeza de que seria uma leitura que não engataria para mim, mas, fala sério, que resenha maravilhosa é essa? Você conseguiu falar tão bem, de uma forma tão envolvente e natural sobre a leitura que mesmo não gostando da temática de vidas passadas, na qual não acredito nadinha, fiquei curiosa com a história só por causa do romance - mas justamente por ele não ser um foco não me atrevo muito a lê-lo, pelo menos não por enquanto. Também não sou muito fã de Ciência, o que não ajuda muito no incentivo, mas, um dia, quem sabe?
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Realmente a capa desse livro é linda e chamativa, o título então..
    fiquei curiosa com esses sonhos e a principio confusa rs' mas acredito que quando vamos entrando na história as coisas vão se encaixando. Gostei da resenha e a sua empolgação ao falar do livro me deixou com vontade de conferir, mas vai demorar um pouco pois a fila de livros para ler está enooorme.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  13. Miga, Linz é nome de homem ou de mulher? KKKKKKKKkk Ai que mico, mas fiquei perdida nisso.
    Realmente a capa do livro é maravilhosa, da vontade de ter. Acho super legal essa ideia de várias vidas e um amor só pra todas elas, não sei se acredito totalmente mas acho a ideia interessante e gosto de ler sobre isso. O cara ter as habilidades das vidas passadas também é super legal, já sei que isso não acontece comigo porque eu sou uma porta né?!
    Fiquei super curiosa com o livro e quero muito ler!

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©