31 de outubro de 2016

Resenha: Placebo Junkies

Audie é uma jovem como qualquer outra, mas encontrou uma forma incomum de descolar uns trocados: ela serve de cobaia para a indústria farmacêutica. Neste irreverente romance, J.C. Carleson, ex-agente da CIA, mergulha no universo pouco conhecido, mas muito impressionante, dos voluntários em série de testes farmacológicos. Na tradição de Trainspotting e Drugstore Cowboy, doses cavalares de humor negro disputam espaço na trama com o drama de jovens que vivem no limite. No caso de Audie, ela precisa juntar dinheiro para oferecer a Dylan, seu namorado que tem uma doença terminal, uma festa de aniversário de 18 anos inesquecível. “Não há ganho sem dor”, ela repete, em meio aos efeitos colaterais das substâncias e procedimentos a que está sujeita e aos esquemas para lidar com eles. Mostrando as entranhas de um mundo desconhecido da maioria das pessoas, Placebo Junkies arrancou elogios da crítica com sua narrativa original e completamente viciante.

Título Original: Placebo Junkies 
Autora: J.C. Carleson
Páginas: 304
Tradução: Edmundo Barreiros
Editora: Fábrica 231
Livro recebido em parceria com a editora

O que chamou a minha atenção nesse livro foi o título, em primeiro lugar. A sinopse também é extremamente intrigante, deixa a gente curiosa para saber a historia de Audie. Eu mesma não tinha ideia que pessoas se submetiam a procedimentos laboratoriais do gênero para conseguir dinheiro. Sim, acho que sou um pouco ingênua quando algumas questões entram em cena. Placebo Junkies é algo que ninguém nunca leu e mostra um lado das indústrias que a gente nem imaginava que fosse possível. 

Audie é uma adolescente como qualquer outra. Quer dizer, tirando o fato de ela vender o seu corpo para sobreviver. Não, ela não se prostitui, mas se submete a procedimentos horripilantes em vários testes farmacológicos. Audie também tem um blog em que fala um pouco sobre o que é ser um rato de laboratório e dá dicas para pessoas que também querem seguir essa "carreira". É meio absurdo, né? Mas vocês não fazem ideia de quantas pessoas fazem isso. Ao que parece, é uma forma fácil e até confortável de ganhar dinheiro. A protagonista usa de muito humor negro para contar como é o seu dia-a-dia e de vários outros adolescentes.

Em determinado ponto da história, Audie e sua amiga Charlotte resolvem fazer uma maratona de pesquisas para juntarem uma quantia alta de dinheiro e dar o fora. Na verdade, o desejo de Audie é conseguir dar uma viagem para a Patagônia para o seu namorado Dylan, que tem uma doença terminal. É uma ideia totalmente louca e perigosa, mas Audie acha que o risco valerá a pena e, segundo ela, "não há ganho sem dor”.

Todos temos nossas vidas de fantasia, não temos? Eu me dou conta de que há uma linha tênue entre delirante e ambicioso. Todos estamos basicamente na esperança de uma realidade melhor.

Até agora o romance entre Audie e Dylan ainda é um mistério para mim. Às vezes sentia que ele não dava a mínima para ela, como se estivesse com ela só para passar o pouco de tempo que ele ainda tinha. Não senti aquele quentinho no coração quando torço muito por um casal, não senti que Audie e Dylan foram feitos um para o outro. Não sei, mas parece que eles estavam juntos por conveniência, e porque precisavam de alguém para conseguir seguir em frente, não porque se amavam de verdade. Mas enfim, não consigo negar que a atitude da Audie foi muito bonita, eu também faria o mesmo. 

O que eu mais gostei em toda a história é que todos os personagens são importantes. Eu gosto de livros assim, que a gente sente que, se algum personagem não existisse, a história correria para outro rumo. Foi super interessante acompanhá-los, até porque cada um reagia aos experimentos de uma forma diferente. J.C. Carleson conseguiu criar heróis, aqueles que a gente ama e torce por eles até o fim, e até mesmo vilões, que a gente quer que morra mesmo, de forma lenta e dolorosa. O enredo é totalmente incrível, é aquele tipo que sentimos necessidade de ler para saber o final, que é possível ler em uma sentada. Creio que a única coisa que me incomodou durante a leitura foram as partes do blog. Para mim, não acrescentaram nada para história. 

O tema abordado em Placebo Junkies é muito difícil e, provavelmente, não irá agradar a todos. A ambientação é meio suja, os personagens se submetem à coisas inaceitáveis, mas é tão real que surpreende e intriga, faz a gente querer saber mais sobre o assunto. Mas estejam avisados, é uma narração poderosa, que irá mexer com os leitores.

Classificação final: 

10 comentários:

  1. Oi, Ana!
    Eu também não conhecia muito sobre esse mundo não... Claro que eu sei que todos os medicamentos que tomamos são testados antes, mas nunca tinha visto um relato de como tudo isso ocorre. Achei o livro bem interessante, mas me chateou isso de o romance nem convencer. Acho que a autora focou tanto na ideia principal que acabou esquecendo de convencer o motivo que a personagem tinha de fazer aquilo.

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Nossa que livro é esse? A estória é totalmente diferente das que eu já li. Achei muito interessante este assunto que também é desconhecido para mim e causa uma certa agonia de ler. Fiquei curiosa pela leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ana!
    Sabia que nos EUA as pessoas se vendem para serem cobaias, não sei que aqui no Brasil isso acontece também.
    E deve ser bem doloroso mesmo, porque ninguém sabe qual será a reação de cada cobaia, pode até morrer...
    É um livro muito interessante de ser lido e bem diferente das 'fantasias' que estamos acostumados.
    Desejo um ótimo Halloween e um mês maravilhoso!
    "O conhecimento chega, mas a sabedoria demora."(Alfred Tennyson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana!
    Nossa esse livro parece ser diferente de tudo o que eu já li, me pareceu muito interessante, com certeza vou procurar essa beleza. Parabéns pela resenha maravilhosa e pelo blog.
    😘 Lendo Com Ela

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Ótima resenha, como sempre. Apesar do livro parecer bem interessante e abordar um tema diferente e perturbador, não é uma leitura que me agrade. Passo a dica.
    Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi! Eu estou muito interessada nesse livro. Eu conhecia essa maneira de ganhar dinheiro (assim como vender sangue e óvulos e esperma haha) e eu acho uma ideia interessante de várias maneiras. Enfim, a moral é que o livro está na minha lista de desejados e ver resenhas positivas só me faz querer ler mais

    ResponderExcluir
  7. Me interessei por esse livro devido tratar de um assunto diferente, é muito bom saber como funciona esses testes e o que a pessoa passa sendo cobaia. Tem que ter muita coragem para se prestar a isso ou muita necessidade de dinheiro, não sei se teria coragem rs.

    ResponderExcluir
  8. Poxa que legal, imaginei que seria algo relacionado a doenças e tal, mas não ao fato do personagem ser um voluntário de experimentos de remédios, achei no mínimo muito muito curioso e já quero ler, achei o titulo muito interessabte1

    ResponderExcluir
  9. Nunca li nada sobre esse assunto em livros, e saber como os personagens vão lidar com isso me pareceu bastante interessante. Um ponto que não gostei foi a forma como o casal se relaciona sem afeição e envolvimento. A premissa do livro e bacana e por isso pretendo dar uma chance a essa leitura.

    ResponderExcluir
  10. adorei essa capa. é linda, eu achei.
    achei bem interessante esse tema, realmente é um assunto que não é tão conhecido. com certeza vou ler esse livro uma hora, obrigada pela dica ;)

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©