17 de julho de 2017

Resenha: Contos da Academia dos Caçadores de Sombras

Os Caçadores de Sombras estão de volta numa novíssima aventura. Todas as histórias são verdadeiras. E, dessa vez, Simon Lewis está pronto para contar a dele. Numa história contada em 10 contos que revisitam o passado dos Caçadores e aponta para uma nova direção, Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson e Robin Wasserman presenteiam os fãs da série com uma jornada de tirar o fôlego, cheia dos personagens que todos já amam. Simon não se lembra do seu passado, das aventuras que viveu ao lado dos amigos... Nem sequer sabe quem é, de fato. Então, quando a Academia de Caçadores de Sombras reabre, o rapaz mergulha nesse novo mundo, determinado a se reencontrar. Mesmo sem ter certeza de que quer voltar a ser aquele velho Simon de antes. Mas o local é muito hostil e Simon acaba enxergando muitos problemas em sua nova escola. Como o fato de os alunos mundanos serem obrigados a viver no porão, ou sofrerem com as piadas e os preconceitos dos Nephilim. Numa jornada para se redescobrir, para voltar a se reconhecer entre os antigos amigos, como Clary Fairchild e sua amada Isabelle Lightwood (mesmo que ele não se lembre desse amor), Simon vai descobrir que pode ser mais do que antes. Que seu destino como Caçador de Sombras vai muito além de sua missão de voltar a ser quem era.

Título Original: Tales From Shadowhunters Academy
Autoras: Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson e Robin Wasserman
Tradução: Rita Sussekind e Ana Resende
Páginas: 504
Editora: Galera
Texto por Rafael Yagami
Livro recebido em parceria com a editora

Cassandra Clare é a dona e rainha do universo dos Caçadores de Sombras. Mesmo a trama original já encerrada, a autora desenvolveu um mundo tão rico que parece que nunca ficaremos sem material novo. Dito e feito, já temos seu novo livro em mãos: Contos da Academia dos Caçadores de Sombras. Ah, esta resenha contém spoilers da série Instrumentos Mortais.

O livro em si é uma coletânea de contos, que originalmente foram lançados separados e agora se encontram juntos em edição física. Mesmo seguindo essa estrutura, os contos seguem uma linha do tempo, sendo necessário ler em ordem para poder compreender com exatidão todos os fatos descritos no livro. Contos da Academia dos Caçadores de Sombras acompanha Simon, um jovem que precisa relembrar quem é ele mesmo. Devido a fatos da serie original, o personagem perdeu suas memórias e suas antigas habilidades, voltando a ser um mero mortal. Devido à falta de membros, a Clave decide reabrir a academia para desenvolver novos soldados que tanto sejam de família mortal quanto de sangue de anjo.

A narrativa acompanha o dia a dia na escola e o treinamento de Simon, cada conto tem basicamente sua pequena trama e infelizmente nem todos funcionam. Um dos problemas, na minha opinião, é que as autoras parecem apelar demais para os fatos da serie anterior, quase não querendo fazer algo novo e desejando apenas usar da nostalgia e amor que o leitor sente ao rever rostos conhecidos. Felizmente, tal erro fica explícito em apenas um conto e só temos elogios para o livro no restante das páginas.

Pode não parecer, mas a trama é mastigada o suficiente para qualquer leitor, mesmo aqueles que não leram os 500 livros anteriores. É interessante ir redescobrindo a verdade do passado de Simon junto com o protagonista; também é legal olhar os personagens que falam ter peso a esse universo e mesmo assim não fazer ideia de quem é esse monte de gente. É quase uma amnesia dupla, por ter lido a saga original toda há bastante tempo, eu fui reativando minhas memórias antigas ao mesmo tempo em que me via em uma corrida contra o tempo.

A academia treina novos Shadowhunters que podem ser resumidos como ninjas poderosos que precisam proteger o mundo contra demônios. Então temos treino físico, mental e aulas/palestras contando a história e importância de se tornar um soldado da Clave. O grande problema que circula entre todos os contos é que se um humano não conseguir passar da importante fase final do treinamento, ele morre, e morre sofrendo muito. O medo acompanha Simon e seus amigos a cada momento e acaba passando para nós também que não conseguimos lidar com a ideia de perder nenhum deles.

A vida amorosa de Simon também é explorada, tem romance e ele é muito convincente. Ele é um rapaz normal e sem muitos atributos impactantes no quesito beleza. Porém segundo dizem na sua antiga vida ele namorava Isabelle, a garota mais bonita e durona que já viu na vida. Essa reaproximação não será nada fácil, ele precisa acreditar em si mesmo e ver que já foi e sempre será um homem a altura dela, mas até lá ele precisa comer muito feijão com arroz.

Os dez contos no total são escritos em parceira com outros autores, cada um iniciando com uma belíssima ilustração. Tirando um conto em especifico que fica no meio do livro, todos são de leitura rápida e intrigante para quem é novo no universo e para quem é fã das antigas. O livro se encerra como um dos mais dolorosos textos que já li neste ano. O que a autora fez pode ser tachado como apelativo, demoníaco ou corajoso, mas o que importa mesmo é que é um final magnifico e que dói ate hoje, leia e venha chorar comigo!

16 comentários:

  1. Oi Ana, e eu achando que esse livro só trazia coisas boas ao nos fazer relembrar e nos aventurar novamente nesse universo, como assim final magnifico e que dói ate hoje, fiquei super curiosa :) Eu li os seis livros da série e curti demais e já tem tempo que não volto pra esse universo, a resenha me deixou nostálgica e espero ter a oportunidade de ler futuramente esse livro também ;)

    ResponderExcluir
  2. Realmente esta autora faz um ótimo trabalho na série caçadores de sombra, uma pena que eu ainda não tive oportunidade de ler, por isso por enquanto não me interessei por este livro de contos, que me pareceu ter sido muito bem desenvolvido para alegria dos fans, porém pretendo sim futuramente ler todos os livros.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana! Ainda não Li nada da Cassandra, e não quis estragar a surpresa então li apenas metade da resenha rsrs

    Me parece um livro muito bom!

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  4. Depois do fim da saga e o que aconteceu com o Simon fiquei feliz e aliviada de ter um livro com contos dele pra saber mais do que aconteceu com o personagem. Parece que ficou bem interessante.
    Ver como é o treinamento dele deve ser muito legal. E pra quem já conhece o personagem sabe que o garoto é carismático e metido a engraçadinho, então com certeza vai ter muita coisa boa em ver ele como protagonista.
    Pode ter umas coisas repetitivas, uns clichês pra quem já leu os livros ou seja lá o que for, mas acho que iria gostar muito. É da Cassandra e qualquer coisa que essa autora faz eu adoro xD
    Vou tentar fazer dele minha próxima leitura ^^

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ana!

    Recebi esse livro esse fds. Comprei para meu filho que é fã de Cassandra Claire e já leu os Instrumentos Mortais. Aproveitei e comprei também os três das Peças Infernais. Estou curiosa para começar a ler também! Amei a resenha! Abração,

    Drica.

    ResponderExcluir
  6. Ana, tenho MTA curiosidade de ler os livros da Cassandra, MTA msm, tenho Dama da meia noite, mas ainda não li, nao sei se tem volumes anteriores a ele... Espero em breve conseguir ler os livros dela...
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Estou super interessada em ler!
    Amo o mundo da Cassandra Clare e quero muito ter esse livro do Simon! Amo ele, mesmo o Sebastian sendo o meu personagem favorito de sempre.

    ResponderExcluir
  8. Ana!
    Contos escritos pela Cassandra Clare e outros escritores que se referem ao Simon, é bem interessante.
    Claro que quero um exemplar desse livro.
    Bacana ver você explanar um pouco sobre cada um dos contos.
    O livro parece que dá uma visão mais ampla de tudo que aconteceu com o Simon e tudo que ele passou.
    Bem curiosa por ler.
    Uma semana esplendorosa!
    “O amor é a única loucura de um sábio e a única sabedoria de um tolo.” (William Shakespeare)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  9. É muita série de livro bom para pouco tempo e dinheiro....Esta é mais uma série daquelas que a gente diz " Bah....Essa eu tenho que ler". Já li tantas resenhas positivas sobre os livros, que tenho todos eles na minha lista de desejados do Skkob, mas tenho algumas séries completas já na minha estante que tenho que ler antes de poder começar a ler outras. Muito bacana ler tua resenha, pois é um livro lançado a parte mas aparenta ter muito conteúdo bacana para os admiradores da série. E esta capa é linda, assim como as outras....

    ResponderExcluir
  10. Quero ler, pois li a série e gostaria de relembrar dos personagens, ainda mais que é narrado pelo Simon adoro ele, melhor personagem na minha opinião ah o Magnus também não fica atrás. Que aflição pensar que um deles pode morrer é uma angustia. Mega curiosa com esse final.

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca li nada da Cassandra (nunca me chamou muita atenção), mas acho que vou adicionar esse a minha lista.

    ResponderExcluir
  12. Sempre tive vontade de ler a série Instrumengos mortais, mas nunca tive oportunidade e ver que ainda vem saindo livros desse mundo só me deixa mais curiosa. Estou muito curiosa para conhecer Simon e ver como ele esta se adaptando a essa vida de humano, ver como ele lida com tudo, ate pra reconquistar a namorada que ele tinha, parece ser um livro super emocionante que traz uma nostalgia enorme, ainda mais sabendo que ele pode morrer se não conseguir passar na fase final. Quero muito ler

    ResponderExcluir
  13. Não gostei, acho que não faz bem meu estilo litarário e não gosto da Cassandra Clarie, nada contra, só não curto.

    Visitem meu blog!
    garotaeraumavez.blogspot.com.br
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  14. Oi Ana,
    Estou bem atrasada em minhas leituras do universo dos Caçadores de Sombras, mas bem curiosa para conhecer mais sobre o mundo que a autora criou. Simon desde o início foi um personagem marcante na história e nada mais digno que suas aventuras tivessem sequência e sua presença se tornasse mais profunda. O mais interessante deste livro, será acompanhar como se formam os Shadowhunters, pois é uma parte onde só é mencionada por cima nos demais livros. Cassandra Claire, mais uma vez, consegue chamar atenção dos leitores e fãs da série e fazer minha lista de leituras crescer mais um pouco.

    ResponderExcluir
  15. Oi Ana! Eu li o primeiro livro da série e confesso que achei bem fraquinho, e por isso ainda to no segundo volume. Acabei pegando alguns spoilers na resenha, mas serviu pra me motivar a dar continuidade na série! Beijoss

    ResponderExcluir
  16. Primeramente oi, segundamente me desculpa por ler só até o primeiro parágrafo e depois passar rapidamente de olhos fechados.
    Eu não pretendia ler a série, só que por um acaso acabei assistindo a série e gostando.
    Eu sei que é bem diferente, mas parei um pouco a série pra adiantar os livros.
    Quando eu terminar quero ler esse também.

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©