25 de setembro de 2017

Resenha: Fica Comigo

Uma história de amor sexy, divertida e inteligente. Roxy Cumberland largou a faculdade e se mudou para Nova York com o sonho de se tornar atriz, mas, com o dinheiro na conta bancária acabando rapidamente, esse sonho ficava cada vez mais difícil de realizar. Para conseguir uma grana rápida, ela aceita trabalhar com telegramas cantados. Seu primeiro cliente é um lindo e arrogante riquinho de Manhattan. E o que poderia ser mais humilhante do que cantar uma ode à genitália dele, a mando da mulher que havia transado com o cara na noite anterior? Talvez o fato de Roxy estar usando uma fantasia de coelho cor-de-rosa gigante... Depois de passar a noite fora comemorando a vitória do seu último caso, o advogado Louis McNally II, não estava preparado para a ressaca nem para o coelho fazendo uma serenata à sua porta. Mas a sagacidade atrevida e a voz sexy da garota por trás da máscara o deixam intrigado. E, depois de ver o seu rosto deslumbrante — seguido de um beijo arrebatador encostado no batente da porta —, Louis quer mais. Roxy não precisa de um rapaz rico e mimado que teve tudo na vida entregue para ele numa bandeja da Tiffany. Mas há mais em Louis do que a sua superfície sexy e ele está determinado a fazer Roxy perceber isso... mesmo que tenha de correr atrás dela por toda a cidade de Nova York.

Título Original: Chase Me
Autora: Tessa Bailey
Páginas: 252
Tradução: Priscilla Barboza
Editora: Record
Livro recebido em parceria com a editora

Roxy Cumberland é uma aspirante a atriz, mas — como a maioria das pessoas no ramo — ainda não teve sucesso. Para sobreviver na Big Apple, ela acaba trabalhando com telegramas cantados e, eventualmente, com algo mais. Em seu primeiro trabalho ela tem que cantar uma ode ao pênis de Louis McNally II, um advogado lindo e rico de Manhattan. O que nenhum dos dois esperava era que, após o primeiro encontro (no qual Roxy estava vestida como uma coelha), eles não conseguissem mais tirar um ao outro da cabeça.

Louis não é o tipo de cara que namora, pois a infidelidade dos pais o desmotivou a ter esse tipo de relacionamento. Mas, quando o assunto é Roxy, não há nada que o advogado não faça. Ela é o tipo de garota que se pedisse que ele pulasse de uma janela, não pensaria duas vezes, nem sequer esperaria que ela terminasse de verbalizar o pedido.

Roxy escondeu o imenso alívio. Usando o ombro de Louis como apoio, ela subiu no puff acoplado ao sofá, confiando que a camisa social comprida escondesse suas coxas da visão deles. Respirando fundo pelo nariz, ela agradeceu uma última vez à Marisa Tomei pela assistência, e então a trocou por Samuel L. Jackson. Enquanto todos os participantes, ligeiramente bêbados da despedida de solteiro, a observavam espantados, ela interpretava o famoso monólogo proferido por Jackson, em Pulp Fiction. Aquele em que ele cita Ezequiel 25:17 antes de explicar que sua pistola de nove milímetros é "o pastor protegendo sua bunda virtuosa no vale da escuridão". Era um monólogo incrível, de uma forma perversa. O mesmo que havia usado quando conseguira o papel no comercial de salgadinhos, há dois anos. Foi algo inesperado. E arriscado também. Mesmo assim, Roxy se sentiu verdadeira ao interpretá-lo. Como se, no fundo, ela fosse uma gângster e não uma atriz em dificuldades. O monólogo a fazia se sentir intocável. Um sentimento do qual ela precisava desesperadamente naquele momento.

Roxy, ao contrário de Louis, nunca teve nada entregue a ela em uma bandeja de prata e batalhou por cada dia de sua vida. Quando se mudou para Nova Iorque, após ter abandonado a faculdade e a casa dos pais, conseguiu um comercial de salgadinhos que garantiu a ela um lugar para ficar por um tempo, mas logo sua colega de quarto a expulsou pela falta de dinheiro, por isso a protagonista entrou no ramo dos telegramas cantados.

Logo Roxy consegue um novo lugar para ficar, um apartamento muito bom, que divide com Abby e Honey. Mesmo com o aluguel barato, nossa protagonista precisa conseguir o dinheiro rápido ou pode perder o que talvez tenha sido o melhor lugar no qual já morou a vida toda.

A diferença de personalidade entre Roxy e Louis atrapalha a relação algumas vezes, resultando até mesmo em alguns desastres. Louis quer sempre proteger Roxy e ajudá-la de todas as formas possíveis, mas acaba arrumando mais confusões para a vida dela, que é teimosa e gosta de lutar sozinha pela própria carreira.

Biscoitos. O cheiro de dar água na boca fez Roxy correr pelas escadas em direção ao apartamento. Ela jurava que já podia se sentir engordando mais de um quilo só com o cheiro. Se dependesse de Honey, ela nunca seria contratada nesta cidade. Não porque não pudesse se dar ao luxo de ter uns quilinhos extras, mas porque passaria todo o tempo em coma alimentar com o rosto lambuzado de manteiga e cobertura. Que teste? Me passa logo esse pão doce, bobona.

Me identifiquei muito com Roxy, pois assim como ela, gosto de lutar pelo que eu quero, sem depender de ninguém. Não sei se eu faria o mesmo que a protagonista para conseguir um cachê a mais, mas situações desesperadoras exigem medidas desesperadas. Me encantei por Louis, que apesar de saber que é lindo e consegue qualquer garota que quiser não deixa que isso afete sua forma de agir com elas.

Narrado em terceira pessoa, Fica Comigo tem uma leitura fluida e divertida. Apesar de ser um pouco clichê, a autora consegue nos prender em cada página com seus personagens bem elaborados. Não foi a minha melhor leitura do ano, mas com certeza está entre meus preferidos. É um bom livro para se ler quando tudo o que procuramos é uma distração.

18 comentários:

  1. Gostei da trama de Fica comigo e vou anotar na minha lista de leitura com certeza! Amo personagens iguais a Roxy, que lutam por aquilo que quer, sem depender de ninguém; e que bom que o Louis não é um riquinho arrogante que trata mal as mulheres só porque é lindo e rico, estou cansada de personagens masculinos desse tipo...
    Enfim, valeu pela dica!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Não me chamou muito a atenção. Mas me fez lembrar de um filme, a sinopse é bem parecida.
    A figura feminina em busca de seus sonhos, um homem rico e arrogante, mais do mesmo... Realmente não é a minha praia, rs.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Não gostei muito dessa capa; mas a história parece interessante.
    Fico imaginando Roxy vestida de coelha e cantando para um desconhecido, com certeza é uma cena hilária.
    E fiquei curiosa para descobrir o que fez Louis mudar sua ideia sobre relacionamentos, como Roxy despertou esse sentimento nele e o que acontece a seguir.
    Apesar da curiosidade, confesso que não é uma leitura que chama atenção. Mas é uma boa indicação quando queremos algo leve e descontraído.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Alê!
    Gostei demais de ver uma protagonista descolada, apesar dos ‘grilos’ e insegurança que tem.
    Adorei ver que haverá conquista e que o enredo é fácil, sem grandes complicações.
    Melhor ainda ver que os amigos estão presentes e serão protagonistas dos próximos livros.
    Quero sim poder ler.
    Desejo uma semana maravilhoso!!
    “O primeiro passo para a cura é saber qual é a doença.” (Provérbio Latino)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Alê!
    Pela capa, imaginei de cara que não fazia meu estilo, e vi que estou certa, afinal, rs É ótimo esse jeito mais independente, lutador e descontraído da protagonista, e mesmo até o modo como o mocinho age perante às mulheres mesmo sendo bonito e tal, mas essa pegada mais hot que parece permear o livro definitivamente só me repele, então vou passar a dica, rs. Mas que bom que, mesmo como distração, conseguiu ser uma leitura tão boa!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Alê,
    Fica comigo parece divertido, real e uma boa indicação para quem gosta deste tipo de trama. Já me identifiquei com a personalidade independente de Roxi e vi muita realidade nela, pois muitas pessoas passam pela frustração de não conseguir a carreira que deseja e se veem desesperados a ponto de aceitar trabalhos um pouco vergonhosos e muitas vezes não muito interessantes. Já Louis parece ser um protagonista fácil de se envolver e sua generosidade só acrescenta qualidades a sua personalidade. Gostei da proposta do livro, não sei se ou quando o lerei, mas deixarei o título anotado.

    ResponderExcluir
  7. Achei interessante pela personalidade da garota, já gostei do que vi dela. Mas não sei se seria um livro que leria fácil. Foge um pouco do meu gosto, não me chamou muita atenção, sei lá. Parece ser bom pra ler quando a gente quer algo mais divertido e leve mesmo, uma boa distração. Esses personagens tão diferentes e o que pode acontecer por isso dá uma pontada de curiosidade pra ver como esses dois se relacionam. Mas ainda não é um livro que pretendo ler =/

    ResponderExcluir
  8. Oi Alê.
    Eu ainda nem li e já estou apaixonada pelo livro, curti bastante os personagens eles me parecem bem interessante em especial a mocinha que me parece ser muito independente, o que eu particularmente adoro, concordo com você o mundo realmente parece ser um tanto que clichê porém assim como você falou uma leitura fluida faz toda a diferença enfim eu curti bastante os personagens a premissa e pretendo ler com toda certeza.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Gostei da sua resenha e do seu ponto de vista.
    Vi resenhas bem negativas sobre o livro.

    Não gosto muito de livros de romances, mas para quem gosta deve ser uma boa pedida.

    ResponderExcluir
  10. Eu já li esse livro e também gostei muito dele. Achei a história super fofa e divertida. Eu gostei muito dos personagens, e também me identifiquei um pouco com a Roxy haha
    O livro realmente não é o melhor do ano, mas gostei muito dele =)
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  11. Apesar de ter uma personagem batalhadora que sabe o que quer e vai atrás, confesso que a historia não despertou meu interesse sei lá acho que faltou algo. Mas parece ser uma leitura agradável e divertida com esse começo com ela homenageando a parte íntima dele kk.

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? É muito bom ler uma resenha tão sincera como a sua, poucos blogs fazem isso hoje em dia. Gosto muito desse gênero pra ser sincera, mas achei a historia muito fraca, não me cativou.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Já li várias resenhas sobre este livro, e confesso que para mim a proposta é bem clichê e parece ser uma historia " já conhecida" pela gente. Ainda mais por ser hot e tal. Mas ainda sim bacana conferir a resenha. Acho esta capa linda!

    ResponderExcluir
  14. Olá Alê ;)
    Confesso que apesar de não gostar muito dessa capa, fiquei bem curiosa com Fica Comigo desde que vi a editora anunciando o lançamento do livro.
    A história parece ser engraçada e ter uma protagonista bem doidinha, e sinto que vou rir muito com as loucuras da Roxy kkkkk
    Gosto de personagens assim, que correm atrás do que querem e são determinadas.
    Adorei sua resenha, me deixou mais animada ainda para ler o livro!
    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Oi, Alê!!
    Gostei muito da resenha pelo visto esse livro é bem divertido, engraçado e fofo! Já comecei a me interessar por essa estória a partir da capa é depois pela a premissa da estória, amei a indicação e sem dúvida vou adorar adquirir esse livro.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  16. Oi! Não me interessei muito pelo livro por não curtir esse gênero (e o tipico clichê haha), mas acredito que eu também me identificaria bastante com a personagem que luta pelo que quer. Beijos

    ResponderExcluir
  17. Quero muito ler esse livro!
    Parece ser um romance que sei que vou gostar!
    Mesmo sendo clichê, sempre gosto de ler livros leves e divertidos!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  18. Oi Alê tudo bom?
    Gostei muito da resenha, tinha lido uma desse livro em outro blog e ele não me pareceu tão atrativo assim, eu gosto de livros clichês que nos prendem e nos fazem querer ler até final, mesmo nos já sabendo o que vai acontecer. Gostei muito da personalidade da protagonista que é batalhadora, e prefere conseguir tudo com seu suor, acredito que vou gostar do livro;
    Beijos *-*

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©