10 de janeiro de 2018

Resenha: Só Escute

Para encarar a verdade, você precisa estar disposta a ouvi-la.
Ano passado, Annabel era a típica “garota que tem tudo” — inclusive era esse o papel que interpretava no comercial de uma loja de departamentos da cidade. Este ano, porém, ela é a garota que não tem nada: não tem mais a amizade de Sophie; não tem uma família feliz desde a descoberta do distúrbio alimentar de uma de suas irmãs; e não tem ninguém com quem passar a hora do almoço na escola. Até conhecer Owen Armstrong.
Alto, misterioso e obcecado por música, Owen é um garoto que vivia se metendo em brigas, mas agora está tentando mudar. Um de seus novos lemas é sempre falar a verdade, não importa qual seja, e jamais guardar ressentimentos.
Será que com a ajuda desse amigo inesperado Annabel vai conseguir encarar a verdade e enfrentar o que aconteceu na noite em que brigou com Sophie?

Título Original: Just Listen
Autora: Sarah Dessen
Páginas: 352
Tradução: Alessandra Esteche
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora

Annabel Greene é aquela típica menina que todas as adolescentes sonham ou já sonharam em ser um dia: é deslumbrante, super popular, tira apenas notas altas na escola, vive em um ambiente familiar super agradável e a sua carreira de modelo não para de deslanchar. Justamente quando tudo estava o mais perfeito que se pode imaginar, Annabel é flagrada em uma festa com o namorado da sua melhor amiga Sophie. A partir daí, a protagonista passou a ser o novo alvo das crueldades de Sophie no colégio, além de ser julgada o tempo inteiro por todos os outros estudantes.

Ninguém sabe o que realmente aconteceu, mas todo mundo adora imaginar um monte de coisas. Pelo comportamento de Annabel, a gente sabe que tem alguma coisa errada, que o que aconteceu de verdade naquela noite está longe de ser o que todos pressupõe, porém a personagem está disposta a levar esse segredo para o túmulo. Não bastasse isso, Annabel tem que lidar com uma irmã anoréxica numa família onde não existem defeitos — e muito menos doenças —, e uma mãe paranoica que insiste em fazer as filhas seguirem uma carreira de modelo, mesmo que isso não seja o desejo delas.

Uma coisa que acabou me desagradando um pouco na personalidade de Annabel é a quantidade de mentiras que ela conta por não ter coragem de desafiar a sua mãe. Não sou a melhor pessoa do mundo para falar sobre isso, mas assim como eu, a protagonista gosta de evitar conflitos, então acaba encontrando nessas mentiras uma forma de contornar a situação, conseguindo agradar sua mãe sem deixar de fazer as coisas que realmente deseja.

Isso começa a mudar um pouco quando Annabel começa uma estranha amizade com Owen Armstrong, um menino calado, que gosta muito de música e se envolve bastante em brigas, apesar de estar tentando controlar seus impulsos raivosos. Como o seu lema da vida é sempre falar a verdade, independente de qualquer coisa, Owen acaba ensinando para Annabel, aos poucos, a driblar esse defeito. Obviamente há uma tensão sexual entre os dois, mas é tão sutil que consegui enxergar muita verdade no relacionamento dos dois.

Apesar do romance embutido na história, o enfoque do livro são os problemas familiares — que com certeza existem em várias famílias, mas muitas insistem em não enxergar —, o próprio segredo que Annabel carrega e como esse peso afeta a vida dela. Pela atmosfera do livro, não é difícil imaginar que algo muito sério aconteceu entre Annabel e o namorado de Sophie. Às vezes a gente se pergunta o porquê de as pessoas não contarem coisas que acontecem com elas, mas a verdade é que ela têm medo. Medo da pessoa, medo da reação da sociedade, medo de ser julgada... Isso é muito bem retratado em Só Escute, o que é um ponto muito positivo.

Não é atoa que Sarah Dessen se tornou um destaque na literatura jovem adulta e acredito que o seu sucesso seja consequência não só das suas ótimas tramas, mas também dos seus personagens maravilhosos. A autora consegue criar histórias verdadeiras que podem acontecer com qualquer um, até mesmo com a gente. É isso o que eu gosto de ler em livros do gênero, histórias reais sobre pessoas reais.

Eu já havia lido esse livro em 2014, uma edição da editora Farol Literário. Em minha releitura pude perceber duas coisas. A primeira é que fui muito mais empática com Annabel dessa vez e acredito que isso se deu por eu ter uma visão diferente sobre alguns dos assuntos retratados no livro, como, por exemplo, relacionamentos abusivos — e isso inclui família e amigos. Em segundo lugar, senti que a tradução de Alessandra Esteche ficou muito mais condizente com a "voz" da Sarah Dessen. Para quem é apaixonado por livros jovens adultos com histórias que transbordam de tão maravilhosas, Só Escute é a opção perfeita. 

17 comentários:

  1. Sarah tem pouco a pouco, conquistado mais e mais fãs pelo mundo literário. Apesar de conhecer pouco as letras da autora, a admiro demais e a cada livro lançado, desejo muito poder ler.
    Só Escute está na lista de desejados desde que o vi pela primeira vez. Não só pelo romance sutil,mas pela música também. É meio que um pensamento que tenho : Se a vida não pode nos unir, que a música nos una!
    Gosto de pensar assim e lerei o livro o quanto antes!rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Cada vez mais leio comentários positivos sobre Sarah Dessen, e depois dessa resenha tenho certeza que vou incluir na minha lista ♾ , e me dar a oportunidade de conhecer o trabalho dela.
    Claro que esse segredo da Annabell me deixou curiosa, e a maneira como ela criou essa família "perfeita" também me despertou a vontade de conhecer as imperfeições.
    Um ambiente assim é sempre ruim para todos, principalmente para os filhos que crescem com medo de desapontar. Compreendo as mentiras da personagem, e quero ver a relação dela com Owen.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Tem um monte de livro dela que ainda precisava ler e esse é mais um. Gosto de como ela trata dos temas, pega umas coisas bem reais, pesadas pra discutir e transforma aquilo em algo que você acredita e entende. Os personagens tem um jeito bem real mesmo e gosto disso. Não sei se iria muito com a cara dessa garota no começo, ela tem umas atitudes que não gostei. O Owen foi o que me chamou atenção. Gostei do jeito dele e parece de longe o melhor personagem.
    Bem, é mais um da lista dela pra ler alguma hora.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana!
    Não conheço a escrita da autora ainda, mas sei que seus livros são um sucesso, não é atoa, a autora trata de temas tão importante e é ótimo que atinja um público juvenil.
    Lendo a resenha acho que consigo entender um pouco o que a personagem passa, quantas vezes não escondemos algo por medo não é? Fiquei bem curiosa pra saber o que aconteceu com ela e o namorado da Sophie, deve ter sido bem ruim já que mesmo a prejudicando ela esconde. Espero ter a oportunidade de ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Ana! Esse livro chama a atenção por tratar de assuntos tão sérios e que as vezes as pessoas não querem aceitar. Não conheço a autora mas já a admiro muito pela coragem em abordar o abuso. Acho que podemos ler mil vezes o mesmo livro e sempre perceber algo diferente a cada leitura, damos atenção a detalhes não percebidos anteriormente e nos familiarizamos com os personagens. Só Escute é um livro que eu gostaria de ler. Beijos

    ResponderExcluir
  6. já faz anosss que quero ler esse livro, eu ainda não conhecia essa capa, só a capa antiga onde o titulo estava em inglês, eu amava aquela capa haha, realmente muitas vezes deixamos de falar algumas coisas ou mentimos para evitarmos brigas e confusões e um problema maior. fiquei bastante curiosa para saber o que aconteceu entre ela e o namorado da melhor amiga. Quero ver como ficou a vida dela depois que ela conhece Owen.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ana.

    Deve ter sido muito duro para a Annabel ser julgada cruelmente por todos e por sua amiga, Sophie, mesmo que sendo uma consequência de sua escolha própria, por não querer revelar seu segredo. E ainda passar, em casa, por um difícil dilema.

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nem um livro da autora Sarah Dessen. Acredito que o fato de a personagem mentir bastante também me incomodaria na história, mas quem bom que a amizade dela com Owen acaba ajudando ela a driblar este defeito, acabei ficando curiosa para saber qual o segredo de Annabel carrega, pretendo ler Só Escute em breve.

    ResponderExcluir
  9. Olá! Adorei essa proposta de "histórias reais sobre pessoas reais" e concordo com você, adoro saber das diversas histórias "comuns" que existem por aí. Gosto muito quando o livro aborda temas familiares, acho que são problemáticas que podemos enxergar em várias famílias, inclusive nas nossas, e trabalham muito a nossa empatia. Parece um ótimo livro!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, muito menos a autora.
    Acho ótimo quando os livros abordam assuntos mais complexos, desenvolvem sobre as relações humanas. Isso me chamou a atenção.
    Talvez dê uma chance a ele em breve. Gostei da resenha!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana, que capa linda, gostei bastante da sinopse e toda vez que leio resenhas dos livros da Sarah Dessen sempre tem elogios a eles, fiquei curiosa pra saber o que realmente aconteceu na festa que ela estava com o namorado da melhor amiga dela, nossa a personagem não tem vontade própria e essa mãe também não é muito legal não né obrigando as filhas as serem modelos mesmo não querendo. E eu concordo com você eu acho que todo mundo já passou pela fase de ter medo de contar sobre algo que acontece com a gente, gostei bastante da sua resenha com certeza vou ler esse livro obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  12. Ana!
    Os livros da autora sempre trazem grandes reflexões para o cotidiano de nossa realidade, talvez porque aborde problemas tão reais que as personagens e enredo tornam-se críveis de forma incontestável.
    E tem um pouquinho de tudo, inclusive de música, deve ser um ótimo livro.
    Desejo uma semana mais que abençoada e Novo Ano repleto de realizações!!
    “Que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste novo ano que se inicia. Feliz Ano Novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  13. Olá, a autora consegue entregar ao leitor um drama muito bem construído e canalizado de uma forma bem antagônica devido as personalidades de Annabel e Owen, que possuem características com as quais é possível se identificar. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá Ana ;)
    Li esse livro há anos, na edição de 2010, e lembro que amei muito a história.
    Adorei que a Seguinte republicou o livro, e fiquei com muita vontade de relê-lo e relembrar essa história emocionante!
    Eu amo os livros da Sarah, e você tem toda razão ao dizer que ela faz sucesso mesmo por criar personagens maravilhosos, e que são muito identificáveis.
    Enfim, adorei a resenha e fiquei com vontade de ler de novo claro ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Nunca li um livro da Sarah, quero ler todos porque parecem ser incríveis alem das maravilhosas resenhas e capas dos livros.
    Gosto muito de livros jovens adultos, ainda mais se tiver o envolvimento da família e claro um bom romance e amizade.
    As vezes nós vemos algo e não nos perguntamos o que realmente aconteceu, nem sempre o que olhamos é de fato a verdade e ao que parece é isso que acontece.
    Quero ler todos da Sarah Desen.

    http://garotaeraumavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Sempre quis ler os livros da Sarah desde que a Pam Gonçalves indicou no canal dela. Essa resenhe só colocou mais lenha na fogueira (rs), adoro Young adults que retratam situações realistas e gostei do fato de focar tanto na família quanto no romance. O livro fala de musica então vou marcar e escutar todas que aparecem na história.

    ResponderExcluir
  17. Ooi Ana, esse livro é um que está na minha meta desse ano, no começo foi só porque nunca tinha lido nada da autora, mas depois que fui conhecer mais um pouco sobre a história fiquei super ansiosa para ler.
    Gosto muito de livro que tratam de problemas familiares, e estou muito curiosa para saber o que aconteceu entre Annabel e o namorado da amiga dela.
    Bjs

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©