8 de julho de 2019

Resenha: Dostoiévski

Nesta edição condensada da biografia definitiva de Fiódor Dostoiévski, Joseph Frank usa a história cultural da Rússia como pano de fundo para reconstituir a vida e a obra de um dos grandes escritores do século XIX.A premiada biografia em cinco volumes de Dostoiévski escrita por Joseph Frank é amplamente reconhecida como o estudo definitivo sobre a vida do autor russo e um dos mais renomados livros do gênero. Nesta edição, a colossal pesquisa de 2500 páginas foi minuciosamente condensada em um único volume, que conta com prefácio inédito.Ao preservar a narrativa e o estilo do trabalho original e combinar gênero biográfico, história intelectual e crítica literária, Dostoiévski: Um escritor em seu tempo ilumina a obra do autor ao inseri-la em seu contexto pessoal, histórico e, acima de tudo, ideológico. Mais do que uma biografia no sentido usual do termo, este livro é uma história cultural da Rússia do século XIX, oferecendo tanto um retrato completo do mundo em que viveu Dostoiévski como uma grande interpretação de sua vida e obra.

Título Original: Dostoiévski: A Writer in His Time
Autor: Joseph Frank
Tradução: Pedro Maia Soares
Páginas: 1.184
Editora: Companhia das Letras
Livro recebido em parceria com a editora
Compre aqui

Avaliar uma biografia é uma tarefa diferente. Afinal, o roteiro é a vida de uma pessoa. Neste caso, é a vida de um dos maiores escritores russos de todos os tempos, Dostoiévski. Autor de Crime e Castigo, Os Irmãos Karamazov, O Idiota, Os Demônios e muitos outros, Dostoiévski continua sendo lido, estudado e adorado. Os russos têm fama de terem vidas extraordinárias e Dostoiévski não fica atrás nesse aspecto. De militar a exilado, o autor parece ter vivido muitas vidas em uma. E isso explica as quase 1.200 páginas que tem essa versão reduzida de sua biografia.

O autor, Joseph Frank, se utiliza de inúmeros documentos e registros para sua pesquisa e para a elaboração da biografia, muitas vezes precisando recorrer a documentos de terceiros para identificar o que Dostoiévski estava vivendo naquele momento. Durante a leitura, conseguimos perceber um pouco de como foi a busca por informações e é realmente admirável o trabalho feito por Frank.

A biografia é dividida em capítulos que marcam momentos específicos da vida do autor russo. Dentre os capítulos que contam a história de Dostoiévski, Frank inseriu capítulos em que analisa as obras do escritor, relacionando-as com eventos de vida e opiniões do autor, permitindo que o leitor entenda de que forma aquela obra se relaciona com o momento que Dostoiévski estava vivendo.

Além disso, Frank utiliza como pano de fundo a história da Rússia. Dessa forma, além de conhecer a história de Dostoiévski, o leitor entende o contexto histórico em que os eventos ocorrem. A todo momento, Frank insere informações sobre o contexto russo, os acontecimentos históricos, políticos e sociais daquele período e explica de que forma isso se relaciona com os eventos da vida pessoal do autor.

Então, vamos falar um pouco sobre a vida de Dostoiévski e sobre como ela está organizada na biografia. O autor divide sua escrita em 5 partes, que retratam períodos específicos da vida do autor, começando por seu nascimento, pela história de sua família, sua formação, sua ida para a Academia de Engenharia Militar, a morte de seus pais, suas primeiras leituras e seus primeiros ídolos literários, as dificuldades financeiras, a elaboração de seu primeiro romance, Gente Pobre, e a perseguição e a zombaria que sofreu de outros autores russos.

Dostoiévski acreditava profundamente em suas capacidades enquanto escritor, o que levou outros autores a zombarem do excesso de confiança que tinha em si mesmo. Além disso, o autor era temperamental e muito tímido, o que contribuía para aumentar ainda mais a perseguição.

O livro também relata o período mais difícil da vida do autor, em que foi preso e condenado a morte. A pena foi convertida em trabalhos forçados na Sibéria e, depois, o autor teve que servir no exército por período indeterminado. Todos esses eventos contribuíram para que Dostoiévski tivesse seu primeiro ataque epilético. Os relatos sobre a simulação da execução e sobre os anos em que passou na Sibéria são bastante fortes e mexeram muito comigo.

Aspectos da vida amorosa e religiosa de Dostoiévski também são relatados. Assim como as brigas com outros autores russos, as amizades, as inspirações para suas obras e o vício em jogos. Frank analisa não apenas obras do próprio Dostoiévski, como também obras de outros autores que foram importantes para o escritor.

É realmente um longo caminho até chegarmos ao fim da vida do autor. E nesse caminho, eu senti falta de saber mais sobre aspectos mais pessoais da vida de Dostoiévski, suas opiniões e o que ele pensava sobre as coisas. Enfim, mesmo depois de quase 1.200 páginas, eu não sinto que eu conheço esse escritor. Frank fala em vários momentos sobre a escassez de registros pessoais de Dostoiévski e recorre frequentemente a documentos de terceiros. O autor da biografia também infere muitas coisas por falta de documentos mais confiáveis. Por exemplo, com base em algumas obras do autor, Frank infere que Dostoiévski pensava de determinada forma. E mesmo com o esforço de buscar opiniões em suas obras, ainda senti falta de entender melhor a mente desse escritor. É claro que isso não é uma falha do autor da biografia, já que o esforço do mesmo é notável.

Outro aspecto negativo dessa obra são as análises das obras feitas por Frank que, particularmente, não sei se é coerente com uma biografia. Em muitos aspectos, esse livro funciona melhor como um material de consulta e de apoio. Os capítulos de análise de Os Irmãos Karamazov, por exemplo, eu preferi não ler. Afinal, é um romance que eu ainda não li. Quando eu ler a obra, com certeza irei consultar esses capítulos como leitura de apoio. Nesse sentido, esses capítulos funcionam muito bem, mas como leitura corrida, tenho minhas dúvidas.

De modo geral, essa biografia funciona muito bem para dois tipos de pessoas: aqueles que já possuem um amplo conhecimento das obras de Dostoiévski e querem saber mais sobra a vida do autor, e aqueles que buscam um material de apoio para consulta paralela às leituras das obras. Para essas pessoas, eu recomendo fortemente essa leitura.

15 comentários:

  1. Olá, Priscilla!
    Não conheço muito da história do Dostoiévski, e não sou muito acostumada a ler biografias, mas tenho vontade de ler livros dele como Os Irmãos Karamazov e Crime e Castigo.
    Não acho que esse é um livro que vá me agradar, e concordo com você que quem mais vai "usufruir" do livro é provavelmente que já tem certo conhecimento da vida/obras do autor e quer saber mais sobre o tema e os que precisam de consulta.
    Mas parabéns pela leitura, não é qualquer um que chegaria ao final!

    ResponderExcluir
  2. Coragem! E ainda é uma biografia reduzida? Gente do céu! Mas bem interessante pra quem quer conhecer o autor ou ter um pouco das obras sendo discutidas. Algo pra consulta mesmo. Achei legal pelo contexto histórico inserido. Não só mostrar a vida dele mas o que a Rússia tava vivendo. Da pra ter uma ideia melhor das obras dele assim. Mas eita coragem pra ler esse livrinho. Não é pequeno e biografia sempre me empaca, então não sei se eu teria coragem de ler. Fácil não ia ser. Mais pra consulta mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Livros assim são tão necessários, mas a gente sabe que não funciona bem assim né? Muita gente passa longe de obras deste nível.
    E tamanho..rs
    Eu sei bem pouco da vida de Dostoievski, admito sem vergonha alguma. Normalmente a gente vê ou lê somente coisas soltas pela internet ou blogs especializados.
    Nunca havia visto uma biografia assim, deste porte e com esse montão de páginas(reduzido??) rs
    Mas sim, nem que levasse um mês, adoraria ter uma obra rica desta em mãos!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Se 1184 páginas é uma biografia compacta, imagino quantas páginas dariam a completa.
    Frank buscou um diferencial dos outros biógrafos de Dostoiévski. Isso mostra o quão rica e importante e necessária é a história dele

    ResponderExcluir
  5. Recentemente, adicionei vários livros de Dostoiévski à minha lista de desejados e sua resenha fez com que tivesse ainda mais vontade de ler os livros dele.
    Não imaginava que um autor tão notável e com vasta produção literária tivesse sido alvo de perseguição e zombaria por parte de outros autores.
    Acho interessante que o autor da biografia analisa não apenas as obras de Dostoiévski, como também as dos autores que o influenciaram. Mas, é uma pena que, apesar da extensão da obra, em razão da escassez de documentos pessoais, aspectos mais íntimos da vida de Dostoiévski não tenham sido evidenciados.

    ResponderExcluir
  6. Não sou fã de biografia, e só de ver esse calhamaço sinto que acharia a leitura bem cansativa.
    Por o outro lado, traz a história de um cara genial.
    Li Humilhados e ofendidos na adolescência; apesar de ter ficado confusa em alguns momentos, foi uma leitura muito rica.
    Seria legal saber mais sobre esse autor, mas só se fosse uma obra resumida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Priscilla.

    UAU! Que calhamaço! Com certeza é um presente para quem já conhece as obras do autor. Eu até curto biografia, mas depende muito. Gostei de conhecer seu ponto de vista sobre a obra.

    Te segui por aqui para ficar por dentro das news <3
    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  8. Olá! Acho interessante livros biográficos, apesar de não estar muito habituada com o gênero.
    Sempre vejo falarem de Dostoiévski e suas obras, mas eu conheço muito pouco sobre sua vida e obras, então acho que seria uma experiência interessante fazer a leitura dessa biografia, apesar de eu ter me assustado um pouco com a quantidade de páginas. Eu geralmente não tenho problemas com livros grandes, mas como não estou muito habituada a ler biografias, tenho receio de ter dificuldade em ler um livro de não ficção com muito mais páginas do estou acostumada. Mas, enfim, acho que pode ser uma experiência legal sair da minha zona de conforto e me arriscar a ler algo novo.
    Uma coisa que gostei bastante é o fato de o livro ter como pano de fundo a história da Rússia, eu adoraria conhecer mais sobre a história desse país e os eventos que marcaram a época em que Dostoiévski viveu.
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Sabe, eu não sou muito de leitura de biografia de pessoas assim, mas quando leio alguma resenha em relação a historia de alguém fico bastante curiosa por querer saber. E o que me aconteceu com esse livro, fiquei numa curiosidade em relação a esse cara russo, não sei escrever o nome e bastante complicado, mas em fim. A historia é interessante. Espero a oportunidade de ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  10. Oiii ❤ Não costumo ler biografias, apesar dessa sobre o Dostoiévski parecer fascinante e ter chamado a minha atenção.
    O problema para mim em ler esse livro seria que como o livro tem mais de mil páginas e é um gênero literário que não estou acostumada a ler, receio que eu poderia perder o foco e a leitura se tornar cansativa.
    Joseph Frank parece ter feito um trabalho extraordinário, que com certeza ensina muito sobre Dostoiévski ao leitor.
    O que mais me chamou atenção é que o livro não fala apenas da vida do autor, mas também sobre a situação da Rússia naquele momento, o que é enriquecedor.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  11. Eu gosto muito de biografias, mas confesso que nunca li nada tão minucioso como essa. Mesmo essa edição condensada, que está linda, ainda é um mar de páginas a percorrer. Também achei que essas análises em detalhes das obras não caberia nesse sentido biográfico. É legal que além da vida do Dostoievski, o livro fala de toda uma época, que por si só já seria interessante.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Priscilla
    Nunca li nada de Dostoievski e quase não sei muito sobre sua vida, apenas algumas coisas que pesquisei.
    Tenho muita curiosidade para ler Dostoievski, já li alguns livros que cita alguns trechos de seus livros.
    Esse calhamaço ainda está reduzido imagina ler completo é um prato cheio para os amantes do autor.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi! Que baita livro!!! Ainda bem que é capa dura, né??hahaha Olha, eu não sei muita coisa sobre ele e não tenho muito interesse em sua bibliografia, mas acredito que pra quem se interesse deva ser um prato cheio. PS. eu também acho dificilimo resenhar biografias hahahaha

    ResponderExcluir
  14. Oi, Priscilla!!
    Nossa que biografia mais incrível essa de Fiódor Dostoiévski, ainda não li nenhum livro desse autor russo mais estou com a meta de ler Os Irmãos Karamazov ainda esse ano. E com relação essa biografia quero muito ter oportunidade de conhecer mais sobre esse autor.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li nada do autor, mas quero.
    Essa biografia parece ser bem completa e ótima para quem realmente é fã.
    Mas sinceramente não tenho muita vontade de ler biografias, já li várias mas enjoei. Kkkkk
    Bjs

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©