30 de setembro de 2016

Resenha: Essa Luz Tão Brilhante

O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. Essa Luz Tão Brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.

Título Original: This Raging Light
Autora: Estelle Laure
Páginas: 208
Tradução: Ana Ban
Editora: Arqueiro
Livro recebido em parceria com a editora 

Sabe aquele livro que você olha a capa e pensa "nossa, que cores maravilhosas, que capa linda"? Eu não sabia nada dele antes de começar a ler, e eu simplesmente pensei que fosse algo de auto-ajuda. Não podia estar mais enganada! É um livro com temática adolescente, mas é tão lindinho e legal que pode ser lido por pessoas de qualquer idade. A verdade é que 200 páginas não são suficientes para um livro tão bom.


Essa Luz Tão Brilhante é o romance de estreia da Estelle Laure e merece sim uma chance. Apesar de não gostar muito de narrações em primeira pessoa, creio que um dos motivos de eu ter gostado tanto dessa história foi justamente isso. Sabe aquele livro que dá um calorzinho bom quando a gente termina de ler? Pois então. Nem preciso falar mais nada.

Classificação final: 

9 comentários:

  1. Oi Jessica!

    Sim, acho que o q mais chama atenção é a capa mesmo, e o título por si só né?
    Gostei muito do enredo, imagino o quanto a vida da Lucille deve ser difícil. Não consigo imaginar a dor de ser abandonado pelos pais.

    Bjs!
    Bábara

    ResponderExcluir
  2. Oi miga!

    Eu até pensei em pedir esse livro pra mim, mas não resisti quando você me pediu (eu sei, sou um amor de pessoa mesmo). Fiquei morrendo de vontade de ler, principalmente pelo seu entusiasmo ao falar dele para mim. Quero muito conhecer Lucille e seus dois lados: a adolescente que tenta ser normal como qualquer outra e a irmã mais velha que faz de tudo para manter a família.

    Beijo. <3

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jessica!
    A capa tem umas cores lindas mesmo hein? Tinha visto alguns comentários sobre a histórias, mas não tinha prestado muita atenção... Agora com a sua resenha entendi melhor o que é a história e suas temáticas. Me pareceu bastante interessante e bem desenvolvido... e cara, é o romance de estreia? que estreia boa hein? Vou precisar ler a história da Lucille agora.
    BJs!

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro livros com temática adolescente, me faz lembrar dessa época, era tão bom. E fora que normalmente são leituras leves, que realmente dá uma coisinha boa, rsrs. Eu acho essa capa muito linda, e leria só por conta dela. Que bom que a leitura foi boa, também prefiro narrativas em terceira pessoa, mas que bom que com a história combinou mais em primeira mesmo.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    A premissa do livro é bem interessante e fiquei curiosa para saber se no decorrer da obra é explicitado porque a mãe resolveu abandonar as garotas.
    Adorei saber que a leitura foi proveitosa e eu gosto de tramas que apresentem narrativa em primeira pessoa, principalmente quando intercala entre os personagens. Fico feliz que essa forma tenha combinado com a trama.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Este livro já começa me atraindo pela capa, que é linda!
    Aí tem a premissa que também é interessante e chama a atenção. Mas decidi mesmo que quero lê-lo, após assisti seu vídeo. Fiquei bastante curiosa para conhecer Lucille e saber como a garota irá lidar com todos os problemas.
    Sabemos quando um livro nos conquista quando ele acaba e a gente fica querendo mais, que é o que parece que acontece com esse.
    Pretendo ler em breve.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  7. Faz tempo que não leio nada do gênero, mas essa história me deixou bastante curiosa, por conta de todos esses desafios de "adulto" que a protagonista terá que enfrentar. Porém, esses romances em "horas erradas" costumam me deixar um pouco irritada, pois geralmente leva a história para um outro foco, não sei, é minha impressão. A capa é linda linda linda, pode ser que eu leia um dia sim. Beijos!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  8. Olá! Eu também adorei a capa desse livro! E que lindeeeeeza de marcador! Adorei a premissa do livro, adoro histórias adolescentes, principalmente com alguns dramas de personagens dessa idade. Também achei bem bacanas os detalhes do pai preso, da paixão pelo irmão gêmeo da melhor amiga e vou realizar a leitura em breve. Impressionante que seja um romance de estreia, o primeiro já tão bom!
    Valeu a dica!
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Jéssica!
    Eu também achava que era auto-ajuda! Não sei porque, passa essa impressão né? E a capa é realmente linda, isso foi o que mais me chamou a atenção quando vi o release de lançamentos mas também não li nada sobre ele rs
    Não sou tão fã assim de histórias adolescentes, focada nesse dia a dia da escola e tal, mas essa coisa de ela não ter mais os pais e ter que continuar cuidando de tudo me chamou a atenção, tenho certeza que eu ficaria torcendo pra ela conseguir se dar bem.

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©