9 de fevereiro de 2017

Resenha: Dois Irmãos

Um dos livros mais importantes da literatura brasileira contemporânea, Dois irmãos vem, desde seu lançamento há quinze anos, conquistando novas gerações de leitores. E foi com o mesmo entusiasmo desses leitores que Fábio Moon e Gabriel Bá embarcaram na missão de adaptar o romance de Milton Hatoum para uma graphic novel. Entre os mais premiados da última década, os irmãos quadrinistas vêm igualmente arrebatando fãs e trazendo uma verdadeira legião de leitores às HQs. Suas obras foram publicadas em diversos países, atravessando fronteiras culturais e políticas. Ao mesmo tempo que preserva a força narrativa de Hatoum, esta adaptação evidencia o talento de Bá e Moon na construção de histórias que alternam entre a tragédia, a delicadeza, a brutalidade e o humor. No traço deles, a vida dos gêmeos Yaqub e Omar ganha novos contornos épicos. A Manaus dos quadrinhos, feita de um jogo de luz e sombras, acolhe este drama que cruza gerações e, seja nos grandes planos ou nos mínimos detalhes, carrega o enredo original de energia e vitalidade. Quem conhece a obra de Hatoum vai não apenas reencontrar, mas redescobrir com outros olhos personagens marcantes como Domingas, Halim, Zana e Dália. E os novos leitores terão contato com um riquíssimo universo ficcional, um drama que, ao esmiuçar a intimidade e a rivalidade de Yaqub e Halim, lança luz nas frestas das relações familiares, do amor e da história recente do Brasil.

Título Original: Dois Irmãos
Autores: Fábio Moon e Gabriel Bá
Páginas: 232
Editora: Quadrinhos na Cia.
Livro recebido em parceria com a editora

O post de hoje é sobre a graphic novel Dois Irmãos, que foi inspirada no livro homônimo de Milton Hatoum. A história gira em torno dos irmãos gêmeos Omar e Yaqub, mais especificamente na rixa entre entre eles, já que a mãe claramente prefere o filho mais novo, Omar. Certo dia, os dois têm uma briga tão forte que os pais resolvem mandar o filho mais velho para fora – simplesmente porque sim – o que acaba fazendo com que Yaqub se torne cada vez mais isolado da família. Se quer saber um pouco mais sobre a história e o que eu achei dela, é só dar play no vídeo!


Gostei muito do traço do livro, principalmente porque achei que elas combinaram bastante com o tema, que é um pouco mais rude, mais chocante. Por falar nisso, creio que o grande motivo de as pessoas se assustarem tanto com a mini-série da Globo é justamente o fato de não esperarem uma relação tão doentia nessa família. Gostei bastante, espero que todos possam dar uma chance à essa história, que além de incrível, é brasileira! 

13 comentários:

  1. Eu amei a resenha...Vi a minissérie na tv, confesso q pensei q não iria me interessar, mas eu gostei mto...Não vejo a hora de ler o livro...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi!! Eu não cheguei a ver a mini-série na globo, mas vi algumas propagandas e achei a história muito maluca (que nem os pais). Pretendo ler para tirar minhas próprias conclusões!! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não assisti a mini-série, mas lendo e assistindo essa resenha, percebo que o motivo de muitas pessoas se chocarem é por causa da trama familiar, e a rixa entre irmãos. Quero ler e assistir, essa graphic novel está linda! Quero ler nessa edição.

    ResponderExcluir
  4. Nessa onda de Grafic novel eu fico meio perdida.... gosto das ilustrações, mas falta algo para mim... Talvez seja uma leitora mais tradicional, ou a historia não me atrai tanto

    ResponderExcluir
  5. Jéssica!
    Não assisti a mini série e também não li o livro.
    Já vi em outros locais o que se trata um pouco a história e a rixa entre os irmãos.
    Como pode uma mãe deixar um dos filhos de lado em detrimento do outro? Aqui tenho gêmeas também, mas as duas são amadas de forma igual, embora tenham personalidades totalmente diferentes.
    Uma pena que a mãe o faz se tornar um inútil.
    Conflito entre os dois irmãos e a obsessão da mãe deve ser bem marcante e gostaria de ler a GN.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Olá, não conhecia a obra e acho que ler o Graphic Novel vai ser uma ótima maneira de conhecer! Tenho certeza que vou adorar, pois não posso ver treta. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Jéssica!!
    Infelizmente não conseguir acompanhar a minissérie!! Conheci esse livro por causa da divulgação da série da TV mais não li essa obra. Achei muito interessante terem lançados Graphic Novel da história!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Não assisto a Globo, então nem sabia dessa mini série, mas gostei bastante, anotei na minha lista e pretendo ler sim! Tanto esse, quanto o book mesmo. Gostei bastante da história, é bem diferente do que estou acostumada a ver por aí. Obrigada pela indicação.

    ResponderExcluir
  9. Oi Jess!
    Não consegui acompanhar a minisserie e também não li o livro, mas fiquei bem curiosa com relação a essa Graphic Novel, me bateu até um arrependimento de não ter visto a adaptação para a TV :(
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. Gosto de livros contemporânea, porque eles são fácil de ler. O que ajuda bastante no entediamento da obra. O que mais gostei desse livro foi a capa, tem tudo haver. Já em relação a historia parece ser bem real, pais sempre tem o favorito porém não diz ou esconde bem isso. Já a mulher da obra deixa bem claro que predileto

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o livro e nem assisti a mini-série, mas gostaria de ler, geralmente irmãos brigam muito, os meus filhos brigam só não são gêmeos rs. Mas pelo que entendi a briga deles é das grandes, a mãe tem que ser imparcial, não dar preferencia pra um, achei errado o pai colocar o mais velho pra fora, assim ele se sente rejeitado e fica revoltado.

    ResponderExcluir
  12. Olá! Não tive a oportunidade de ver a mini-série, mas pela resenha, tanto o livro quando a graphic novel parecem ter um enredo muito bom. Acho interessante tentarem colocar os livros mais antigos em linguagens mais modernas, pois tenho grande dificuldade em acompanhar a trama quando em linguagem mais formal. Deve realmente ser uma história com muito humor, por se tratar de dramas familiares retratados de forma cômica, embora seja um tanto trágico o pai resolver colocar um dos filhos pra fora quando deveriam sentar e conversar.É bem diferente dos livros que estou acostumada a ler, mas com certeza eu daria uma chance. Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Com a mini-série, vi muitos comentários sobre a historia Dois Irmãos, não assistir nenhum dos episódios da serie e nem li o livro, mas fiquei curiosa para poder conhecer um pouco mais dessa historia, gostei muito desse novo formato de trazer a historia, a graphic novel parece ter ficado maravilhosa, se tiver oportunidade quero ler para poder conhecer melhor essa historia !!

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©