28 de março de 2017

Resenha: Espero Por Você

Algumas coisas valem a pena esperar. Algumas coisas valem a pena experimentar. Algumas coisas não devem ser mantidas em silêncio. E, por algumas coisas, vale a pena lutar. Avery Morgansten precisa fugir. Ir para uma faculdade a centenas de quilômetros de casa foi a única forma que encontrou para esquecer o acontecimento fatídico que, cinco anos antes, mudara a sua vida para sempre. O que não estava em seus planos era atrair a atenção do único rapaz que pode mudar totalmente a rota do futuro que Avery está tentando construir. Cameron Hamilton tem um metro e noventa de altura, impressionantes olhos azuis e uma habilidade notável para fazer com que Avery deseje coisas que ela acreditava terem sido roubadas irrevogavelmente dela. Envolver-se com ele é perigoso. No entanto, ignorar a tensão entre eles — e despertar um lado dela que nunca soube que existia — é impossível. Até onde ela estará disposta a ir e o que fará para esquecer o passado e viver aquela relação intensa e apaixonada, que ameaça ruir todas as suas certezas e fazê-la conhecer um mundo de sensações que julgava estar negadas para sempre?

 Título Original: Wait For Yoy
Autora: J. Lynn
Páginas: 384
Tradução: Leonardo Gomes Castilhone
Editora: Novo Conceito
Livro recebido em parceria com a editora

Espero Por Você, lançamento de fevereiro da Editora Novo Conceito, é narrado por Avery Morgansten, uma garota de 19 anos que está começando a faculdade em uma nova cidade, longe de sua família e de todos que ela conhece. Porém, isso não é problema para Avery, afinal, foi ela mesma quem escolher ir para longe de sua cidade natal, pois queria fugir de tudo e tentar recomeçar a vida, deixando seu passado para trás. 

Cameron Hamilton é o galã da faculdade, lindo, de olhos azuis, covinhas, musculoso e desejado entre as garotas, Cam possui uma auto estima imensurável. Avery e Cam se trompam (literalmente) logo no primeiro dia de aula e Avery é incapaz de tentar negar sua instantânea atração pelo veterano. No entanto, o passado de Avery insiste em voltar para atormentá-la e está cada vez mais difícil seguir em frente.

Jennifer L. Armentrout escreveu uma história recheada de clichês, com o típico casal Crepúsculo (o rapaz incrivelmente lindo e a menina desajeitada que não sabe que é bonita), frases como "Você é diferente das outras garotas", uma série de encontros inesperados, coincidências improváveis, traumas e segredos que impedem o casal de ficar junto, enfim, tudo o que já vimos uma dezena de vezes.

Porém, surpreendentemente, eu gostei do livro. Porque, mesmo sendo cheia de clichês, a história é bem construída e a narrativa é muito gostosa. É um livro leve, apesar de ter alguns momentos mais pesados e cenas eróticas com descrições minuciosas, é o tipo de livro para ler entre uma leitura e outra, ou após um livro muito denso.

Eu gostei de ver o crescimento da protagonista que achava que a solução para seus problemas era se isolar e evitar qualquer tipo de envolvimento sentimental e, aos poucos, foi se abrindo mais e percebendo que nem todas as pessoas são ruins e querem vê-la mal. O Cam não é o tipo de personagem que eu gosto (o galã super lindo, maravilhoso, incrível...), mas, ele também me surpreendeu. Ele se mostrou um rapaz inteligente e divertido e deu um tom agradável ao livro.

Há alguns mistérios no livro que foram bem fáceis de "adivinhar", mas que, mesmo assim, foram interessantes de acompanhar e descobrir. Alguns acontecimentos são bem inverossímeis e isso tira um pouco da credibilidade do livro, mas, como eu disse: esse é um livro para entreter e distrair. Não vá esperando um grande livro ou grandes lições. Se formos analisar a história, os personagens e o casal especificamente, iremos encontrar muitos defeitos. Porém, meu concelho é: leia sem altas expectativas, de preferência quando quiser uma leitura mais leve e divertida.

8 comentários:

  1. Nossa, quando estava começando ler a resenha já pensei "esse livro deve ter clichês" e depois tu dizer que recheada disso. Eu sempre penso que clichê as vezes são necessário, pois muita vezes é quase impossível não escampar dele quando esta escrevendo. Porém, historia que tem muitos acabar perdendo uma qualidade importante que é surpreender o leitor. Esse livro não me transmitiu muita curiosidade, apesar que quando vi na lista de lançamento me chamou bastante atenção, uma pena que possui essa pequenas coisa que acaba desanimando a gente. Porém mesmo assim, eu me arriscaria ler.

    ResponderExcluir
  2. Priscila!
    É bem o estilo de livro que gosto de ter à mão, porque após leituras mais densas, uma leitura mais leve, de amor YA é uma delícia.
    Como gosto dos trechos eróticos, não teria nenhum problema com a leiura e confesso que fiquei bem curiosa em poder desvendar os tais segredos durante a leitura.
    Desejo uma semana abençoada!
    “A simplicidade é o último degrau da sabedoria.” (Khalil Gibran)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Oi Priscila,
    Dá para ver que o encontro de Avery e Cameron não será diferente do que se encontra em outros livros do mesmo gênero, mas são os dramas e os segredos que irão dar aquele destaque para a trama. É difícil ignorar o passado e tentar seguir em frente quando tantas coisas te fazem reviver aqueles momentos dolorosos ou quando você se isola e tenta se convencer que sozinha está melhor. Avery tem certeza de que as pessoas não são confiáveis e quero ver como o Cam irá mudar isso em sua vida. Gosto de leituras leves quando estou sobrecarregada ou quando quero apenas curtir um livro, sem ter que parar para analisar a história a cada nova página e, por isso, fiquei interessada em realizar esta leitura.

    ResponderExcluir
  4. Que pena que os mistérios que adoro são fáceis de adivinhar, gosto quando eles são bem elaborados e levam o leitor para caminhos errados dificultado saber o que é rs. Apesar dos clichês como te surpreendeu em gostar acho que até leria, apesar de adorar um diferencial na trama e reviravoltas. Mas como dito é uma leitura para descontrair e geralmente dessas leituras não se pode esperar muito.

    ResponderExcluir
  5. Admito que gosto de livros mais clichezinhos, principalmente entre uma leitura e outra, eles possuem esse toque mais leve que quase sempre me conquista, ainda mais quando é o casal tipo Crepúsculo, amo mesmo e a capa também achei bem bonitinha, adoro capas em preto e branco.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Prih, tudo bem?
    Já me apaixonei pelo Cameron kkkkkk E por eu ser um clichê ambulante, já vi que vou adorar a história.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Essa é a mesma autora de Obsidiana ou tÔ muito doida? Rs.
    De fato não dá pra esperar nada denso desse livro, dá pra ver já pela sinopse que é mais para entretenimento, mesmo.
    Achei interessante isso da protagonista se isolar por medo de ser machucada, pois é algo que eu fiz e faço, e gostei mais ainda de saber que ela percebe que nem todas as pessoas são horríveis. Talvez um dia eu leia e aprenda com ela.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Priscila!!
    Também adoro livros que e recheados de clichês!! E esse promete ser muito bom!! E que capa essa!!
    Bjos

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©