4 de abril de 2017

Resenha: Ninfeias Negras

Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, Claude Monet, um dos maiores nomes do Impressionismo, a imortalizou em seus quadros, com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho. É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista. Como numa tela impressionista, as pinceladas da narrativa se confundem para, enfim, darem forma a uma história envolvente de morte e mistério em que cada personagem é um enigma à parte - principalmente as protagonistas. Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.

Título Original: Nymphéas Noirs
Autor: Michel Bussi
Páginas: 352
Tradutor: Fernanda Abreu
Editora: Arqueiro
Livro recebido em parceria com a editora

Confesso ser uma grande amante dos romances policiais britânicos e ao mesmo tempo uma leitora ávida de Sidney Sheldon. Mas há muito não encontrava uma trama tão bem desenvolvida e emaranhada quando a do francês Michel Bussi. Ao ver o burburinho dos leitores novamente acerca de uma publicação do escritor no Brasil, após vários anos do lançamento de O Voo da Libélula me senti totalmente entregue à curiosidade e resolvi encarar uma obra diferenciada.

Em Ninfeias Negras, somos apresentados logo no início a um resumo do que se passa na pequena cidade de Giverny onde até hoje são eternizados os famosos Jardins de Monet. São nos apontados elementos reais de tempo e espaço, bem como os personagens fictícios que desenrolarão a trama. Sem dúvidas, tudo é bonito e com aroma floral mesmo na imaginação. 

Três mulheres, um assassinato, a liberdade. Uma senhora fofoqueira e misteriosa, uma professora que nunca traiu o marido até então e uma jovem pintora estão em busca de sua liberdade da pequena cidade que sufoca os seus dias e expectativas. Entretanto, existe um prazo para que apenas uma destas possa deixar Giverny e para isso, as outras duas precisavam morrer. E é nesse cenário mórbido que rompe um assassinato de uma personalidade da região, mesclando-se ao conflito e eletrizando as cenas.


É inegável a capacidade de Bussi de pintar cenas de crime com leveza e simplicidade, abandonando o jeito escancarado de Sheldon, por exemplo. As personagens são perspicazes e a narrativa em primeira pessoa pela senhora mais velha. Suas cenas cotidianas se entrelaçando aos mistérios do vilarejo dá uma conotação agridoce às mais terríveis atrocidades que ali acontecem. A capacidade do autor em de prender em linhas descritivas tão bem escritas nos fazem esquecer a confusão por trás e nos revela em seguida todas as pistas que estavam sob o nosso nariz, de uma forma pontual, certeira e surpreendente.

Bom, mas nem só de flores é Ninfeias Negras. Senti que por vezes foi difícil adiantar a leitura devido a narrativa maçante e arrastada, assim como a divisão do livro pareceu fora de contexto em alguns momentos. Mesmo assim, gostei bastante da originalidade, que supera todos os defeitos. A forma como as três protagonistas se entrelaçam para criar um desfecho de tirar o fôlego, a ausência do clichê do detetive e a ambientação incrível me ganharam página a página. 


Por fim, estou feliz por descobrir um romancista policial à altura dos meus favoritos. Mas recomendo-o para aqueles que preferem narrativas mais poéticas e lapidada, já que pode ser cansativo àqueles acostumados a algo mais direto. Ainda assim, será difícil decepcionar-se com Michel Bussi.

19 comentários:

  1. Estou com esse livro na minha estante para ler, o autor tem uma ótima escrita e não ve8a hora de ler, as protagonistas tem muitos segredos escondidos e o final deve ser inesperado.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  2. Mylane!
    É bem verdade... faz tempo que não vejo falar de um livro policial tão bom, carecíamos de um livro como esse, onde o mistério sobre o assassinato, se mistura com a vida artística, trazendo Monet e suas obras espalhados pelas páginas.
    “ Eu creio que um dos princípios essenciais da sabedoria é o de se abster das ameaças verbais ou insultos.” (Maquiavel)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mylane!
    Ninfeias Negras mostra ser um livro inteligente, diferente, instigante, apesar de possuir uma narrativa lenta. Eu amo uma trama repleta de mistérios e que no final as pontas são habilmente unidas. Fiquei curiosa em saber como a vida de três mulheres tão diferentes podem estar de alguma maneira conectada aos acontecimentos.
    Farei a leitura em breve.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Oi! O livro já está anotado na minha lista, qro mto conseguir ler, pois o enredo é mto bacana, adorei a capa tbm...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ganhei esse livro mas não tive coragem de ler ainda.
    Confesso que o gênero não me agrada muito, mas pelo que ando vendo a história desse livro parece ser bem interessante, com um certo diferencial.
    Fiquei curiosa pra conhecer as histórias dessas 3 mulheres e vou ler em breve, com certeza.
    Gostei bastante da sua opinião, me ajudou a ver melhor a obra 🙂
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  6. Esse livro despertou muito minha curiosidade achei cheio de misterios e me fiz várias perguntas, principalmente porque para uma das três personagens saírem ás outras duas precisam morrer que sinistro rs. Parece ter muitos segredos envolvido com os personagens.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mylane!
    Já foram tantas as resenhas que li desse livro que perdi a conta e, honestamente? Criei até uma certa birra com ele por, apesar de eu estar me interessando por romances policiais, essa pegada mais poética e artística do enredo não me atrair, por mais elogiosas que sejam as resenhas que vi até agora. E sua citação sobre ser uma narrativa por vezes maçante e arrastada, então, é o que me repele mais ainda da leitura, ainda que tenha lá seus pontos positivos sim. Enfim, por hora não me vejo acatando essa dica, ainda que não negue a eventual curiosidade por querer saber qual a relação entre três personagens tão distintas na premissa, mas, enfim, ótima resenha!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  8. Quero muito ler esse livro por gostar do gênero e também pelo grande número de críticas positivas a respeito dele. Sua resenha me deixou mais interessada ainda pelo fato de ser tão incrível, poético, indescritível e inimaginável. Adoro livros assim, que encantam com tanto mistério. Vou ler com certeza.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. A narrativa ser arrastada vai me incomodar um pouco mas estou bem curiosa pelo suspense no livro. Como prefiro algo mais direto, estou na duvida se leria. Fico intrigada para conhecer as mulheres e descobrir se tem algo em comum

    ResponderExcluir
  10. Oi Mylane,
    Eu já havia ficado curiosa com escrita de Michel Bussi quando foi lançado O voo da libélula, mas não tive a oportunidade de ler o livro, agora, mais uma vez, estou interessada em outra obra do autor e essa pretendo ler. A proposta para Ninfeias Negras foge das que estou acostumada a encontrar em livros deste gênero. Aqui o suspense e o drama andam lado a lado criando uma narrativa intensa e envolvente. Mas o que estou mais intrigada é em como essas três personagens principais se interligam e se elas estão envolvidas, de alguma forma, no assassinato descrito.

    ResponderExcluir
  11. Assim como você, sou uma leitora ávida dos romances de Sheldon, então sempre que vejo alguma obra sendo comparada a ele, me sinto na obrigação de ler. Adoro o estilo do Sheldon e a forma que ele narra suas obras, então deve ser bom conhecer um livro que seja um pouco diferente.
    Estou bastante curiosa quando a Ninfeias negras desde o seu lançamento, e sua resenha só me deixou ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
  12. Eu já conhecia o Michel Bussi do incrível "O vôo da libélula".É muito bom!
    Quando ouvi todo mundo falando bem de "Ninfeias Negras" eu fiquei animada, e quando começaram a sair as resenhas do livro, automaticamente já entrou para minha lista de leitura.
    Parece mesmo um prato cheio para quem, assim como eu, gosta desse gênero.

    Bjinhos ♥ ♥

    ResponderExcluir
  13. Eu to é l-o-u-c-a para ler Ninfeias, vi muitas resenhas sobre já e desda primeira esta na minha "pequena lista" de desejados! Adoro livros que seguem esse estilo e tenho certeza que ao ler "Ninfeias Negras" se tornara um dos meus favoritos de 2017. Beijos, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  14. Oi Mylane.
    Eu estou louca para ler esse livro, desde que vi o lançamento.
    Gosto muito de romances policiais, onde tem investigações e fica todo aquele mistérios de quem matou, quem foi o culpado e tudo mais, uma pena que a leitura foi um pouco maçante para você, infelizmente isso acontece.
    Adorei as fotos.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Confesso que não me chamou muita atenção, não gosto de narrativas lentas e romances policiais não me atraem muito.

    ResponderExcluir
  16. Oi mana, não são todos os livros que conseguem levar a gente de maneira leve e sutil em uma história não é mesmo, a gente sempre encontra na vida aqueles livros que por mais que o enredo seja arrastado a história no final faz valer a pena você ter persistido. Esse livro me chamou a atenção e se eu tiver a oportunidade um dia poder lê-lo vou aproveitar a leitura.

    ResponderExcluir
  17. Oi Mylane, tudo bem? Esto mega feliz por ter ganhado esse livro, e saber que vou lê-lo daqui uns dias quando ele chegar, já me deixa animada. Eu adorei cada detalhe dessa obra. Toda essa história de que apenas um pode deixar a cidade e alguém terá que morrer, faz com que eu desconfie de que quando começar a ler não vou parar (hahaha).
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  18. Também sou fã do Sheldon :D No caso deste livro a capa não me chamava atenção mas lendo tua resenha agora amei! Adoro ler livros com protagonistas em sua maioria mulheres. E olha que não é fácil de achar, li por último o Monalisa Overdrive que tem mulheres maravilhosas e foi um livro incrível, espero que este seja também.

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha e estou de olho nesse livro desde o seu lançamento mas infelizmente ainda não consegui. Mas sou fascinada por livros desse gênero!!
    Bjoss

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©