11 de maio de 2017

Resenha: O Sol Também é Uma Estrela

Foto: Gettub
Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história. Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois. O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?

Título Original: The Sun is Also a Star
Autora: Nicola Yoon
Páginas: 288
Tradução: Alves Calado
Editora: Arqueiro
Livro recebido em parceria com a editora 

Eu sempre acreditei em destino, mas não da forma como a maioria das pessoas pensam que é, que a gente já nasce com um destino traçado e pronto, acabou. Penso que as nossas escolhas que escrevem o nosso futuro e que cada mera decisão que tomamos pode desencadear um evento que não podemos nem imaginar. Talvez a maioria das pessoas pensem que Daniel e Natasha se encontraram por uma mera coincidência, mas como eu disse antes, sempre acreditei em destino.

Natasha nasceu na Jamaica, mas foi para os Estados Unidos como imigrante ilegal aos oito anos de idade, junto com a sua família. Ela é a típica garota pé no chão que não acredita em sonhos, muito menos em destino, e prefere se apegar à fatos científicos. Daniel é natural dos Estados Unidos, mas é filho de coreanos; sempre foi um filho exemplar e ótimo aluno, e ainda assim consegue ser sonhador e um ótimo poeta, pelo menos longe da vista dos pais. Os dois não poderiam ser mais opostos, não é mesmo?

Daniel tem uma entrevista marcada para tentar na Segunda Melhor Escolha, segundo os seus pais, a Yale. Seria fantástico se isso fosse realmente o que o menino quer. Já Natasha está tentando com todas as suas forças, nas suas últimas 12h nos Estados Unidos, revogar a decisão do juiz de deportar a sua família do país. É nesse dia em especial que os nossos protagonistas se conhecem e, mesmo que sem querer, mudam o curso da vida um do outro e de todos as pessoas que se envolvem com eles.


Eu simplesmente não tenho palavras para descrever o quão bonito é esse livro. Em O Sol Também é Uma Estrela acompanhamos o dia de Daniel e Natasha, em capítulos alternados. Tais capítulos são bem curtinhos, o que possibilita uma leitura rápida e fluida. Não bastasse isso, a narrativa da Nicola Yoon é a coisa mais gostosa do mundo. Não sei explicar para vocês, mas é poética e séria ao mesmo tempo, incrível. Temos também, em meio aos capítulos narrados por Natasha e Daniel, capítulos em terceira pessoa sobre os personagens que aparecem na história e algumas explicações para eventos que acontecem no livro, tudo tão lindo que só fez acrescentar.

Não existem coincidências nesse livro. Tudo acontece porque os personagens escolheram certos caminhos. O mais legal de tudo foi acompanhar o "lado de fora" de toda a situação. Por exemplo, nos capítulos em terceira pessoa, vimos o que aquele dia significou para a segurança de um prédio, para o advogado de Tasha, para a secretária do advogado... Quer dizer, todas as ações dos protagonistas afetaram a vida das pessoas que tiveram contato com eles, de uma forma ou de outra. Isso pra mim foi a parte mais poética e maravilhosa do livro.

Não nego que achei o romance um pouco rápido demais, afinal, tudo aconteceu em apenas um dia. Mas parando pra pensar, o livro não é exatamente sobre isso? Cada página me arrancava um sorrisinho e meu Deus, o final foi devastador. Acho que eu nunca li um final tão bonito em toda a minha vida literária. Não nego que O Sol Também é Uma Estrela tem uma fórmula estereotipada, mas sinceramente, foi o clichê mais surpreende que algum autor ousou escrever.

11 comentários:

  1. Eu amei a ideia desse livro. Li aquele outro da autora e adorei a forma como ela escreve, é uma escrita interessante e simples, mas passa um sentimento legal. Parece que esse também consegue ser especial e até poético. Gosto muito da ideia de ver o que acontece em histórias paralelas, o que um caminho significou para outro acontecimento surgir e coisas assim. Achei legal ter isso no livro, a forma como afeta a vida de outras pessoas. E mesmo que o romance possa ser uma história rápida por se passar em um dia parece que consegue deixar bons sentimentos. Quero muito ler ^^

    ResponderExcluir
  2. Ana!
    Tenho lido ótimos comentários sobre o livro e tenho muita curiosidade em lÊ-lo, principalmente depois que li que a autora se baseou em sua própria história de vida, já que ela é jamaicana e o esposo é coreano, e que sofrem preconceito até hoje por causa disso.
    Deve ser bem lindo o livro.
    “Sê humilde para evitar o orgulho, mas voa alto para alcançar a sabedoria.” (Santo Agostinho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Não conheço a escrita da autora, mas sempre encontro bons comentários a respeito de suas obras.
    Apesar desse enredo não chamar muito minha atenção, tenho curiosidade e espero ter a oportunidade de conferir.
    Resenha muito bem elaborada, parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana,
    Nicola Yoon consegue, da forma mais simples, desenvolver uma história cativante e que desperta muito meu interesse. O Sol também é uma estrela, é um romance, mas que trás em seu enredo temas fortes e reais, como a diversidade cultural e etnia e, isso, não é muito comum, principalmente quando se trata dos protagonistas. Natasha e Daniel são pessoas tão diferentes que parece pouco provável que eles venham a desenvolver algum tipo de relação, mas como essa não é uma história qualquer e o destino tem seu papel aí, tudo é possível no encontro desses dois jovens. Mesmo sendo um clichê, as surpresas que a autora preparou para esta trama me faz acreditar que esta é uma leitura que vale muito a pena ser lida.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro mas espero ler em breve, a historia me convenceu mas eu também já li alguns comentários negativos, também achei a historia envolvente e bem diferente historia de vida isso me atraiu mais.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  6. Quero muito ler só leio elogios sobre esse livro. a leitura deve nos levar a refletir sobre nossas escolhas e suas consequências assim como as pessoas afetadas por ela, a historia parece ser envolvente e nos faz torcer pelos personagens e assim como na vida real aborda o fato dos paia terem expectativas sobre o futuro dos filhos e não deixarem eles mesmos escolherem.

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana.
    Eu amei essa livro e fiquei surpresa em descobrir que toda a narrativa se passa ao longonde apenas um dia.
    A autora desenvolveu bem os temas cpasso preconceito, e concordo com você o romance foi realmente muito rápido mas ao meu ver isso tornou a história um pouco chata mas gostei no geral e como ja falei essa foi uma grande surpresa.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, que resenha linda. Muita vontade de conferir e dar um sorrisinho igual vc a cada pagina lida. Daniel e Natasha parecem ser aquele casal lindo, que vc torce pra que fiquem juntos pra sempre.

    ResponderExcluir
  9. Amei a sua resenha, e conseguiu me convencer a ler, já tinha visto sobre ele mas nunca tinha me interessado em saber muito, mas lendo sua resenha tive que colocar ele na minha lista de desejados e espero que assim como voce eu tambem goste.

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Amei sua resenha, a historia e incrivel, cada vez mais fico uma enorme vontande de ler ele. E essa trama e tão linda e interessante de como os personagem consegue enfrentar todos os problemas, ele já está na minha lista de desejados!

    ResponderExcluir
  11. Eu não conhecia este livro, mas lendo um pouco sobre a história dele na sua resenha, super me interessei pela leitura, gosto muito de romances, já adicionei o livro em minha lista de leituras e espero poder ler este livro em breve.

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa | Todos os direitos reservados ©