5 de junho de 2018

Resenha: Escrevi Isso Pra Você

Você sempre me diz que foi bom enquanto durou. Que as chamas mais intensas são as que queimam mais rápido. Ou seja, você via em nós uma vela. E eu via em nós o sol. Escrevi isso pra você é uma coletânea de poemas contemporâneos sobre os diversos momentos do amor: a paixão e o encantamento dos primeiros tempos, o lento afastamento, a solidão a dois, a dor do fim e a esperança de novos começos. Reunindo cerca de 200 textos divididos em quatro partes – Sol, Lua, Estrelas, Chuva –, o poeta sul-africano Iain S. Thomas combina palavras profundas e intensas com fotografias frias e impessoais. O resultado é um livro que provoca uma explosão de sentimentos perturbadores e conflitantes, mas totalmente familiares a qualquer pessoa que já tenha amado e sofrido pelo menos uma vez. Conhecido nas redes sociais pelo pseudônimo pleasefindthis, o autor começou sua trajetória na internet, publicando poemas e fotos em seu blog pessoal. Com o tempo, seu trabalho ganhou repercussão, se transformou em livro e encantou milhares de leitores ao redor do mundo. Com extrema delicadeza, Escrevi isso pra você expõe a natureza frágil das relações humanas e as nuances líricas e obscuras do amor.

Título Original: I Wrote This For You
Autor: Iain S. Thomas
Páginas: 280
Tradução: Ana Guadalupe
Editora: Sextante
Livro recebido em parceria com a editora

A sinopse de Escrevi Isso Pra Você diz que ele é uma coletânea de poemas contemporâneos sobre os diversos momentos do amor. Porém, depois de ler o livro, eu me sinto na obrigação de dizer que essa sinopse é muito modesta, pois esses poemas são muito mais, vão muito além do que apenas romance.


Infelizmente, não tenho a mesma habilidade do autor em usar as palavras. Portanto, não esperem que eu consiga expressar em palavras tudo o que esse livro me fez sentir. Assim como a sinopse não fez jus ao livro, eu também não conseguiria.

É impossível não se ver nas páginas do livro. Os poemas são tão significativos e simples ao mesmo tempo! Uma única frase gera tanta reflexão no leitor. Escrevi Isso Pra Você já começa com "Seja suave. Não deixe que o mundo endureça você."


É uma leitura muito real. O autor não está falando sobre amores perfeitos ou vidas incríveis. O autor está falando das nossas vidas, da vida de quem trabalha muito e ganha pouco, da vida de quem fica preso no trânsito e de quem vai ao supermercado. É com todos nós que o autor conversa. E não só isso, ele nos faz acreditar que a nossa vida é linda da forma como ela é.

A leitura desses poemas nos faz olhar para a vida de forma diferente, nos faz ver beleza nas pequenas coisas. É difícil explicar como isso acontece, é algo que apenas está lá. Em cada pela, em cada palavra.


O livro configura-se da seguinte forma: uma fotografia é um poema por página. As fotografias são muito impessoais, prédios, cabos de energia, estações de trem, avenidas movimentadas, pontes e fachadas de lojas.

Essas fotografias podem parecer sem significado ou até são, realmente. Porém, a combinação entre os poemas e as fotografias é maravilhosa. Ler os poemas faz com que o leitor olhe para as fotos com outro olhar, sabendo que é nesses locais que a vida acontece, é nesses locais que estamos, nas estações de trem e nas ruas.


A diagramação, o material e o acabamento do livro são perfeitos, um trabalho primoroso da editora Sextante. As folhas são de um material diferente, como folhas de revista, mas bem grossas, de modo que não é possível visualizar as fotografias através das páginas. A fotografia que estampa a capa do livro é uma das mais lindas e torna o livro ainda mais incrível.

Assim que eu terminei Escrevi Isso Pra Você e fechei a última página, eu simplesmente voltei pro início e comecei de novo. Esse é aquele livro para se ter na cabeceira da cama e reler várias vezes. Eu recomendo esse livro para todo mundo, sem distinção. E se você ainda faz parte do grupo que afirma não gostar de poemas e poesias, eu insisto: tente. Eu garanto que você vai gostar.

15 comentários:

  1. Aaah, já quero!
    Você conseguiu despertar minha vontade de ler, que resenha linda!
    Amo poesia e estou amando a visibilidade que a poesia está tendo novamente.
    Quando vi o lançamento, não esperava tanto agora vejo que me enganei.
    Vai pra lista

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Pri,
    Confesso que não sou fã de poemas/poesias, demoram a me conquistar, mas, minha curiosidade quanto ao livro foi despertada por se tratar de pessoas reais, de sentimentos reais, de nos fazer ler e nos enxergar naquelas palavras, acho isso incrível. Outra coisa que gostei foi a relação entre os poemas e as imagens, isso sim é algo que acho bem impactante.
    Adorei o livro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Priscila.

    Não sou amante de poemas, mas gosto dos sentimentos que elas sempre trazem para o leitor.

    E, pelo jeito, com esse livro não é diferente. É uma bonita forma de falar de algo tão presente em nossas vidas.

    ResponderExcluir
  4. Eu sou do grupo que não gosta de poesias rsrs. Mas esse parece ser diferente, ainda mais por se tratar de poemas com coisas que passamos no dia a dia, o retrato das nossas vidas no cotidiano, parece ser interessante, fiquei até curiosa.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi Priscilla,
    Diferente do que teríamos em um romance, aqui o amor é retratado (em suas diversas fases) através de pequenos textos o que, do meu ponto de vista, atinge o leitor mais diretamente, pois as poucas palavras usadas precisam causar o impacto desejado pelo autor. Não sou uma amante de poesias (já tentei, mas ainda não rolou), mas gosto de receber indicações do gênero, pois quero em algum momento encontrar aquela que irá me conquistar. Escrevi Isso Pra Você é uma indicação muito bem vinda, não só pelo tema abordado mas pela forma que o autor escolheu escrever os textos, pensando em todos os seres humanos. Quem sabe nesse livro tenha um poema para mim? Vou me arriscar a ler para descobrir.

    ResponderExcluir
  7. Ah como eu tenho namorado este livro desde que vi seu lançamento pela primeira vez! Amo poemas, poesias e tudo que é escrito com a alma do autor ou autora e por tudo que vi e li até agora sobre este livro, se tem uma coisa que ele tem é alma demais!
    Cada página, cada letra e o lance gostoso de inserir fotografias ali, sutilmente foi uma jogada de mestre!
    Sem contar na quantidade de páginas deste livro, já que livros de poemas sempre são tão pequenos!
    Espero ter e ler este em breve!
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Deve ser um livro fofo com uma leitura cativante. Também não sou uma amante de poesias, mas quando estou no clima dou uma chance rsrsr. E acho bem legal livros com ilustrações.

    ResponderExcluir
  9. Como fã incondicional e apaixonada por poesias e poemas a primeira vez que soube de Escrevi Isso Para Você foi paixão a primeira leitura de sinopse.
    Gosto quando o livro nos toca de uma forma profunda arrebatadora e emocional!

    ResponderExcluir
  10. Gostei da ideia dele e me deu vontade de ler porque esse tipo de escrita sempre me faz pensar e falar de amor, da vida real e dos amores que a gente encontra nela é algo que vai dar pra se identificar, ver coisas que a gente concorda, pensar...parece bom. E com essas fotos tudo fica ainda mais interessante. Me lembra tanto dos livrinhos que pegava com poemas na infância, que tinham ilustrações e coisas assim. Só que esse é mais adulto e deve ser bem mais bonito ^^

    ResponderExcluir
  11. Oi Priscilla,
    Não gosto muito de livros de poemas, então esse não seria um livro que eu compraria. Mas você abordou ele de uma forma que o deixou interessante, quem sabe mais pra frente eu compre ele.

    ResponderExcluir
  12. Priscila!
    Que delícia de livro, hein?
    Quando falou que os poemas parecem fotografias, fiquei imaginando que seriam poemas CONCRETOS, mas pelo que entendi, são poemas em prosa com significados entre pessoas que pode ser o autor com outros ou outros com outros. Bem interessante.
    “Sou uma pessoa insegura, indecisa, sem rumo na vida, sem leme para me guiar: na verdade não sei o que fazer comigo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Priscila!!
    Adorei a ideia do livro de colocar uma fotografia e logo depois os poemas!! Achei lindo demais a edição desse livro. E gostaria muito de ter esse maravilha em mãos.
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Deu pra perceber que você gostou mesmo do livro pra ter lido de novo, isso é um ótimo sinal. Eu amo poesias e ainda as que deixam a gente pensando na gente, nas coisas ao nosso redor. Já vou adicionar na minha lista!

    ResponderExcluir
  15. Esse livro parece ser muito fofo mesmo. Pela foto da pra ver que a diagramção é linda, e eu amei as imagens que apareçam ai, imagina as que ainda estão por ver. Espero muito poder ler esse livro algum dia pois eu gosto muito de poemas.

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©