A Rainha Aprisionada | Kristen Ciccarelli - Roendo Livros

15 de agosto de 2019

A Rainha Aprisionada | Kristen Ciccarelli


No segundo volume da trilogia Iskari, uma nova heroína entra em cena para lutar pela liberdade de seu povo ― e de sua irmã ― em meio a um conflito que apenas começou. Firgaard foi governada durante décadas por um rei tirano e manipulador, capaz de condenar povos inteiros apenas para aumentar seu poder.
Depois de uma grande batalha, Asha, sua filha, conseguiu derrotá-lo. E, assim, Dax, o primogênito, assumiu o poder ao lado de Roa, sua esposa. Roa é uma forasteira vinda das savanas ― um território sob o domínio de Firgaard, que há anos é oprimido e está prestes a entrar em colapso.
O maior desejo da nova rainha, mesmo sabendo que não é bem-vinda em seu novo lar, é mudar a vida de seu povo. O que ela não esperava era encontrar uma chance de alterar o curso do destino e trazer de volta à vida sua irmã gêmea, Essie, morta quando criança em um terrível acidente. O único obstáculo? O novo rei.

Título Original: ISKARI #2
Autora: Kristen Ciccarelli
Páginas: 376
Tradução: Eric Novello
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora

A Rainha Aprisionada não vai ser exatamente uma continuação com a nossa conhecida heroína Asha, do primeiro livro, A Caçadora de Dragões. Esse segundo livro começa mais ou menos do ponto onde o outro terminou, mais especificamente alguns meses depois.

Nossa nova protagonista é Roa, ela é uma forasteira da floresta mágica e acabou se casando com Dax ― lembra do irmão da Asha?. Dax, depois dos acontecimentos do primeiro livro, virou o novo rei de Figaard e Roa "se sacrificou" numa aliança de casamento com Dax, apesar de não ser bem recebida e nem de amá-lo, na esperança de ajudar o seu povo. 

Roa tem uma irmã gêmea que morreu, mas com quem ela ainda tem uma ligação bem diferente. Em dado momento, ela recebe a oportunidade de alterar o curso da história de forma que sua irmã retorne, mas obviamente existe um problema: Dax, que aparentemente tem algum papel nessa história toda.

Como falei, A Rainha Aprisionada é um companion book, você não precisa obrigatoriamente ler A Caçadora de Dragões primeiro, mas como as histórias se passam no mesmo universo, é interessante conhecer o que acontece no primeiro livro pra se ter uma visão geral. Isso me decepcionou um pouco porque eu esperava ver mais da Asha, rs. Roa não me convenceu tanto como protagonista, na verdade, esse livro em si não me fez cativar pelos personagens. A situação com a irmã gêmea de Roa é algo interessante pro enredo, mas fui fazer a leitura com uma certa expectativa e fui frustrada, haha.

Minha decepção com o fato de ser um companion book acabou estragando a minha experiência de leitura, eu realmente queria e preferia ter visto mais dos personagens do primeiro livro. E não sei, me pareceu meio desnecessário fazer esse, sei lá. Se você gostou mesmo de A Rainha Aprisionada, pode me contar o porquê aqui nos comentários, por favor, haha. 

Esse livro segue aquela diagramação entre capítulos, de apresentar flashbacks contando uma história dentro da história. Fantasia não é meu gênero favorito, é difícil eu ser pega por enredos de fantasia. Ainda amo o primeiro volume, amo o universo em si, tanto que acho que A Caçadora de Dragões foi um dos melhores livros de fantasia que li na vida, mas infelizmente não consegui me apegar a A Rainha Aprisionada.

16 comentários:

  1. Nossa, mas nem sabia que era assim. Achei que era uma continuação fiel, de pegar o ultimo acontecimento e mostrar mais dos personagens depois. Interessante isso de focar em outra pessoa, mesmo universo, histórias diferentes...mas só se a gente sabe disso. Ir ler e se deparar com algo assim quando espera uma continuação dos outros pode ser um tanto decepcionante. Mas vou dizer que ainda não me chamou tanta atenção assim esses livros. Gostei do gênero e tal, mas não animei muito pra ler. Meio que me soou como uns livros que não iria gostar tanto também, mais pra passar o tempo mesmo...

    ResponderExcluir
  2. Olá! ♡ Eu simplesmente adorei a premissa de A Caçadora de Dragões, ainda não o li, mas ele está na minha lista de leituras com certeza. Já este novo livro não me agradou tanto ao ponto de eu querer fazer sua leitura, mesmo que Fantasia seja um dos meus gêneros favoritos.
    O livro parece ter aspectos interessantes, principalmente essa coisa de Roa ter uma conexão com a irmã gêmea e querer trazer ela de volta e o fato de este livro apresentar uma nova protagonista. Mas apesar disso, não acho que esses aspectos sejam o suficiente para fazer uma trama que de fato cative o leitor.
    Acho que todos esperavam uma continuação para o primeiro livro com os mesmos personagens, e não um companion book, acho que esse foi o motivo que mais pesou para que este livro não fosse tão aclamado quanto o primeiro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Estou totalmente por fora pq nunca tinha ouvido falar de A Caçadora de Dragões... tive q ir ler a sua resenha dele kkkkkk
    Eu AMO AMO AMO AMO AMO AMO esse tipo de história.. é o meu tipo de livro favorito ♥ ♥
    Eu não quis ler totalmente a resenha desse aqui por ser o segundo livro, quando eu li a resenha de A Caçadora de Dragões eu decidi q vou ler.. nao quero spoilers kkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Oiii ❤ Eu amo ler fantasias, gosto da criatividade sempre presente nesse tipo de livro. Então estou ansiosa pra ler tanto o primeiro livro quanto esse.
    É legal esse livro explorar outra personagem, mas não acho que tinha a necessidade de escrever um companion book. A autora poderia ter dado ênfase a Roa e Asha num mesmo livro, fazendo assim uma continuação. Eu nunca li um livro de fantasia que a continuação fosse um companion book, prefiro livros com continuação mesmo.
    É uma pena que o livro não tenha sido tudo isso, mas acontece rsrsrs.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  5. Eu sou apaixonada numa boa fantasia e desde que saiu o primeiro livro, Asha já se tornou uma das personagens favoritas.
    Mesmo que ela não seja a protagonista deste segundo volume, penso eu, que é importante sim ter lido o primeiro livro, até pela ambientação(no meu caso, sou um fiasco..rs e esqueço de tudo mesmo)
    Mas foi muito prazeroso ler que a linha foi seguida e mesmo com novos personagens, o enredo trouxe essa inovação no roteiro(tão bom sair da caixa)
    Espero ler ambos!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não li nenhum dos dois livros, mas talvez a frustração seja responsável pela decepção com esse segundo volume, já que curtiu tanto o primeiro. Realmente quando pegamos um livro sequencia de um título, esperamos encontrar nossos personagens preferidos e cenários que tanto gostamos. É bem ruim quando isso não acontece. Fiquei curioso com esse primeiro livro, já que gosto bastante de fantasia.

    ResponderExcluir
  7. Entendo muito bem de decepção com companion book. A gente espera que nossos queridinhos aparecem ou que pontas soltas sejam conectadas mas não acontece.
    Mas isso de trazer irmã morta é bem interssante apesar de não curtir muito fantasia.

    ResponderExcluir
  8. Ah, estou apaixonada pelo universo dessa série.
    Eu amei o primeiro e gostei muito do segundo.
    Senti falta da Asha e dos dragões, mas acho esse livro importante por conta dos acontecimentos, e tem uma ordem cronológica.
    Por que eu gostei? Porque foi uma leitura que me envolveu do início ao fim, me deixou sem fôlego e querendo entrar dentro da história e ajudar Roa.
    Dax também surpreendeu.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Não me identifico com fantasias. Bem, eu nunca tinha ouvido falar dessa trilogia. Como eu não costumo ler trilogias/séries, acho que iria gostar da independência dos livros. Mas, entendo a tua frustração de, realmente, esperar que os personagens do primeiro livro aparecessem mais no segundo, sobretudo, que o espaço entre um e outro é de apenas alguns meses. Talvez, o terceiro volume te surpreenda, novamente, como um dos melhores livros de fantasia que vc já leu.
    Gostei da expressão "companion book". Desconhecia a sua existência.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Quando vamos ler um livro com a expectativas muito alta a probabilidade de decepcionar e muito grande. Eu as vezes evito saber mais sobre o livro para não acontecer isso. Adorei a resenha, fiquei um tanto curiosa pela trama e talvez eu leia a serie, é raro ler fantasia mas espero muito ter a oportunidade.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Se tem um gênero literário que eu amo e leio sempre que posso é fantasia. Acho que eu nunca li nenhum livro onde sua continuação era um companion book, inclusive, desconhecia o termo. Não conhecia nenhum dos dois livros, mas eles chamaram a minha atenção - principalmente por serem de um gênero que eu amo, rs. Li tanto a resenha de A Rainha Aprisionada quando a de A Caçadora de Dragões e fiquei interessado pela trilogia, vou ver se consigo ler ela em algum momento. Na torcida de que o terceiro livro te deixe com a mesma sensação que você teve ao ler o primeiro.

    Beijos ❤️

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana ;)
    Eu amo livros de fantasia, mas ainda não tive a chance de ler nenhum dessa série.
    Já vi resenhas positivas do primeiro livro, e fiquei bem interessada em lê-lo. Fiquei um pouco perdida na resenha justamente porque não li A Caçadora de Dragões, e é uma pena que esse segundo volume não tenha sido uma leitura tão prazerosa para você.
    Mesmo assim ainda quero ler e tirar minhas próprias conclusões :)
    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Ainda não conhecia esse livro, mas achei bem interessante a premissa dela. Assim que der vou ler essa série, no momento tô priorizando outros livros e so anotando meus futuros livros para ler.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Ana
    Ainda não li o primeiro livro, mas li a resenha e tinha muitas expectativas em relação ao segundo livro. Depois de ler sua resenha vou ler sem esperar tanto assim da trama.
    Entendo você quando gostamos de um livro e tem a continuação queremos ver mais dos personagens protagonistas do primeiro livro e aqui não é assim.
    Quem sabe aparece mais de Asha no terceiro livro.
    Quero muito ler os dois livros em breve, beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Ana
    Não lembro se eu li a resenha do primeiro livro, mas achei interessante esse.
    Adoro fantasias, ainda mais esses que os protagonistas têm que guerrear pelo povo, por um objetivo maior e mais forte.
    Parece bom. Mas nada muito épico.
    Acho que lerei sim.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi, Ana!!
    Não li o livro A Caçadora de Dragões mais lembro que gostei muito da resenha do livro, pois adoro livro de fantasia e não sei se curti tanto assim a história de A Rainha Aprisionada.
    Bjs

    ResponderExcluir