Amor Sob Encomenda | Carina Rissi


Confesso que, quando peguei o livro para ler, grandes expectativas foram criadas: a sinopse me agradou mesmo acreditando que seria mais um romance previsível e clichê. Enorme foi a surpresa durante a leitura, porque de clichê esse livro não tem nada. Superando e indo muito além das minhas expectativas, a trama se desenvolve de um jeito tão natural e que é impossível não se surpreender.

Em Amor Sob Encomenda conhecemos Melissa Gouvêa, uma produtora de eventos que se entrega totalmente ao trabalho, sendo uma das mais importantes do ramo. Porém, sua chefe — que por sinal é terrível e de difícil convivência — não lhe da o devido valor. Estando em um relacionamento meia boca, Mel se vê em um impasse ao descobrir que o seu namorado foi visto comprando um anel. Só que, ao encontra-lo, descobre que o anel não era pra ela e sim para a sua namorada de colegial e que, na verdade, durante todo o tempo que estavam juntos, ela se enquadrava no papel de amante.

A história complica mais quando a noiva dos seus sonhos, a it girl Camila Bueno, lhe telefona a convidando para ser sua cerimonialista. Mel esperou um tempão para que essa oportunidade chegasse e vê ali a oportunidade de ser promovida na Allure, empresa onde trabalha. O que não contava era que o noivo de Camila é seu ex-namorado. Sendo a responsável pelo sustento da família, Mel se vê sem escolha, tem que organizar o casamento. Como se as coisas estivessem fáceis para ela, Fabíola, a amiga com quem Mel divide apartamento, traz o noivo para morar com elas. Ao percebe que está atrapalhando a intimidade do casal, Mel decide se mudar e a única opção que o destino lhe reserva é ir morar junto com Nicolas Cassani, um cara cínico e mulherengo, que usa essa fachada pra esconder traumas.

Me apaixonei por Amor Sob Encomenda desde a primeira pagina lida e daí por diante fui me encantando cada vez mais. É uma trama muito bem escrita e cheia de reviravoltas. Uma história com uma complexidade de detalhes e tão bem trabalhada que é impossível parar no meio da leitura.

Primeiro falando de Melissa é impossível não sentir simpatia por ela. Uma mulher tão guerreira, tão forte, muito cabeça dura, mas principalmente real. Com uma vida cheia de altos e baixos, Melissa se trancou em um mundinho só dela e tem grande dificuldade de se abrir com as pessoas. Carina descreve a personagem lindamente e é muito fácil se identificar com ela. Foi muito difícil não me ver no lugar dela, não compreender as suas atitudes, apesar de às vezes dar aquela leve vontade de bater nela. Ver o tanto que ela amadureceu e se abriu para a vida no decorrer da trama me fascinou e me deixou imensamente feliz.

Ao contrário de Mel, Fabíola não me agradou muito, apesar das suas loucuras e das várias risadas que dei com algumas conversas dela com a amiga. Mesmo estando sempre por perto da amiga para tudo que ela precisava, achei a personagem muito cruel em alguns comentários e a partir desse momento o ranço foi instalado e não teve volta. Agora, o Nicolas me arrancou grandes suspiros. Além de um homem maravilhoso fisicamente, com o passar das paginas foi se mostrando um verdadeiro cavalheiro, o sonho de qualquer mulher.

Torcer para que Nicolas e Mel fiquem juntos foi inevitável. Foi lindo ver como cada um foi se abrindo para outro e juntos conseguiram vencer os traumas e principalmente quebrarem a barreira criada por Mel entre os dois. Confesso também que as atitudes dos vilões e principalmente quem eram esses vilões me surpreendeu profundamente. Apesar de ter amado muito o enredo e o desenrolar da história, em certos momentos senti falta de saber o que se passava pela cabeça de Nicolas. Acho que alguns capítulos contando o seu ponto de vista teria trazido mais um charme para a história. Saber o que se passou na cabeça dele no bangalô ou a caminho do aeroporto, principalmente, traria mais riqueza e com certeza mais suspiros.

Sendo o primeiro livro que li da autora, fiquei impressionada e doida para ler e conhecer mais das obras da Carina, visto que durante a leitura percebi a presença de vários personagens, que posteriormente descobri que são dos seus outros livros, o que despertou mais o meu interesse. A escrita de autora ocorre de maneira tão natural e tão coesa que as mais de 540 paginas foram lidas rapidamente e sem dificuldade nenhuma. Realmente fiquei apaixonada pelo livro e sem dúvida entrou para o meu TOP5 queridinhos.

Título Original: Amor Sob Encomenda ✦ Autora: Carina Rissi
 Páginas: 546 Editora: Verus
Livro recebido em parceria com a editora 
Texto por Raíssa Gasquel

Postar um comentário

12 Comentários

  1. Oi, Ana! Apesar de ser super popular, nunca li nada da Carina. Que bom que sua primeira experiência com um livro dela foi positiva! Às vezes boas histórias se escondem por trás de supostos clichês, né?!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  2. Li e Curti muito Procura se Um Marido e Mentira Perfeita. Os livros dessa, digamos, série.
    Sob Encomenda esteve na minha wishlist mas saiu, pois minha relação com os livros da Carina é de Amor e Ódio.
    Achei muito 546 páginas.

    ResponderExcluir
  3. Ah, feliz em saber que amou a história do início ao fim.
    Esse livro é um super desejado, até porque eu amo a escrita da Carina.
    Mesmo sendo livros com mais de 500 páginas, ela envolve ao ponto de não sentir o tempo passar.
    Ansiosa para conhecer e torcer por esse casal.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ana!
    Os livros da Carina, mesmo fazendo parte de uma série, sempre traz novos personagens e alguns antigos para matarmos a saudade.
    Só pelo tamanho da resenha e pelo fato de ter furado a fila, já deu para notar que o livro é excepcional.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Sou doida para conhecer as letras da Carina! Tudo que já li até hoje, é sempre muito positivo.
    Este livro lançado recentemente, deu e ainda dá muito o que falar. Não somente por trazer uma capa das mais bonitas,mas também por trazer uma história leve e sim, necessária para estes tempos que vivemos.
    Já está na lista de mais desejados e quero muito poder ler!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ana
    Tenho muita vontade de conhecer a escrita da autora, seus livros são muito comentados principalmente a série Perdida.
    Eu adorei a capa, lindíssima!
    Nessa trama não tem como não torcer por Melissa e Nicolas personagens tão reais, com problemas que encontram o amor.
    Não vejo a hora de poder ler, beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá Ana!
    As protagonistas femininas da Carina Rissi são sempre muito bem construídas, e não parece ser diferente nesta obra, que consegue contornar a trama aparentemente trivial e entregar ao leitor algo coeso.
    Eu gosto bastante quando personagens de uma outra série aparecem, e quando temos ciência disso não tem sensação melhor, né?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, faz um bom tempo que não leio nada da Carina, preciso terminar a série Perdida e ler esses livros dela que estão sendo lançados. Eu adoro a escrita dela, sempre me divirto muito. Não vejo a hora de ler esse e os outros livros.

    ResponderExcluir
  9. Oi Anaaaa!
    Tenho muita curiosidade de ler qualquer livro da Carina Rissi e confesso que gostei tanto do enredo desse aqui, como da sua opinião. Estou com Procura-se um marido para ler aqui hehehe Acho que vou começar em breve!
    Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  10. Aquele livro com pegada clichê que a gente se apaixona de cara. Amo? Parece uma leitura muito gostosa e ja amei a personagem por parecer tão real, ter lá suas dificuldades e traumas da vida e pela enrascada que se meteu. Ou não, porque o destino parece ter reservado uma bela surpresa pra ela. Impossível de não torcer e gostoso de ler? É dos que adoro! Queria ler uns livros dela também, a autora parece ter ótimas tramas ^^

    ResponderExcluir
  11. AMO os clichês que a carina rissi escreve. Gosto de quando os personagens de livros de romance são pegos pelo destino. Ainda não li esse livro mas está perto do top da lista de proximas leituras

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ana
    Sabe que não gostei.
    Amo Carina Rissi.
    Mas achei bem sem graça e sei lá, não rolou pra mim.
    Admiro muitoooooo a Mel, ela batalhadora demais.
    Só que achei muito clichê e não curti o Nicolas também.
    Leia Perdida e Procura-se um marido, você vai ama-los!
    Bjs

    ResponderExcluir