Depois do Sim | Taylor Jenkins Reid

Esse é o terceiro livro que leio da Taylor Jenkins Reid — e não, não li Os Sete Maridos de Evelyn Hugo ou Daisy Jones & The Six, só para vocês terem ideia. E assim, eu simplesmente não sei falar com vocês o que essa mulher tem, sinceramente, porque eu não consigo achar um defeito na escrita dela. Fico pensando se um dia na vida vou ler algo dela que eu fale "nossa, nesse aqui ela errou a mão", mas enfim... Hoje estou aqui para falar sobre Depois do Sim, o primeiríssimo livro da autora.

O enredo em si não é nada surpreendente; para falar a verdade, é o que eu caracterizo de clichê completo e, inclusive, acho que desenvolver ótimos clichês é uma das marcas registradas de Jenkins Reid. Aqui, conhecemos a história de Lauren e Ryan, um casal que está junto há 11 anos. Quem vê de fora acha que a vida deles é perfeita, mas chega um ponto que, infelizmente, as brigas são tão constantes que eles chegam a conclusão que não se amam mais. 

É claro que, depois de 11 anos, aceitar uma separação não é exatamente a coisa mais fácil do mundo. Então, eles entram em um acordo: vão levar uma vida de solteiro durante um ano, longe um do outro, sem trocar uma palavra sequer, sem manter qualquer tipo de contato. Passados esses 12 meses, o plano é que eles conseguissem conversar, ajeitar as coisas e, consequentemente, salvar o casamento. 

Gente... Casamento é uma coisa muito complicada, né? Principalmente em casos como o de Lauren e Ryan, já que eles foram se afastando aos poucos porque não conversavam, não eram sinceros um com o outro. Guardavam tantas coisas que incomodavam, tantas mágoas por motivos até banais, eu diria, que em a convivência começou a ficar impossível. É bem triste quando as coisas chegam nesse ponto, mas gostei muito da forma como a autora desenvolveu o tema porque faz refletir sobre a importância do diálogo nas nossas relações, sabem?

A coisa mais interessante desse livro é que não é difícil imaginar o rumo que a história vai tomar, mas a construção desse caminho é tão bem feita que foi impossível não gostar da obra como um todo. Porque aqui, o que interessa não é se o casal vai ficar junto, e sim o que eles vão aprender com isso, principalmente a Lauren, já que Depois do Sim é 100% narrado por ela. E meu Deus, quando ela se descobre, é uma coisa linda demais de se ver.

É claro que existem outros pontos positivos na obra de Jenkins Reid, como, por exemplo, os personagens secundários. É uma trama muito familiar, então a todo tempo temos a companhia da família da protagonista, que sempre têm algum ensinamento a passar. Inclusive a avó dela é uma das melhores personagens do livro, porque a autora faz a gente acreditar que ela não tá batendo bem das bolas enquanto que, na realidade, é a pessoa mais sensata da família, rs. A sabedoria das pessoas mais velhas é uma coisa de doido, não tem explicação.

Eu tenho plena consciência que não foi o melhor livro que li na minha vida e, provavelmente, também não é o melhor livro da Taylor Jenkins Reid... Mas assim, eu tenho certeza que essa mulher tira de letra qualquer tema pelo simples fato de saber narrar. Então, sim, num tenho um pingo de vergonha de admitir que sou completamente apaixonada por essa escritora e ela merece sim todo esse hype em suas histórias.

Título Original: After I Do ✦ Autora: Taylor Jenkins Reid ✦ Páginas: 383
Tradução: Alexandre Boide ✦ Editora: Paralela
Livro recebido em parceria com a editora

Postar um comentário

13 Comentários

  1. Sabe quando você lê o nome da autora ou do autor e seus olhos vão correr a estante em busca deles? Essa semana eu ganhei Os Sete Maridos e como já havia lido Daisy Jones, admito que estou ansiosa demais para ler ele rs
    E claro, esse primeiro livro da Taylor, trazendo a simplicidade e sim, até o clichê no enredo, mas que você traduziu tão bem: ela sabe como narrar uma história, passa agora a ser um dos mais desejados!!!
    Quero tudo dela, até a listinha de supermercado rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Ana! A magia está nisso: transformar um enredo bem clichê em uma leitura delícia e cheia de aprendizado, principalmente para quem tem muitos anos de casao.
    Diálogo é muito importante para todos os relacionamentos.
    Não li nada da autora ainda.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudyyyyyyyyyyyyyy como assim vc ainda não leu nada dela, pelo amor de Deus. Vamos mudar isso aí, hein? KKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
  3. Oi Ana! Até o momento só li Em Outra Vida, Talvez? da Taylor E foi uma ótima leitura. Para a nossa Maratona Delírios da Estante vou ler Os Sete Maridos de Evelyn Hugo de Taylor.
    O que quero dizer é que Taylor já me conquistou e quero ler todos os livros dela. Depois do Sim também.
    Sim, casamento e relacionamentos é algo complexo e precisa de atenção e cuidado, paciência e outras coisitas mas que talvez Lauren e Ryan tenham deixado passar ao longo desses onze anos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que Em Outra Vida, Talvez? é o que eu mais gosto dela! ❤️

      Excluir
  4. Quero muito ler todos os livros possíveis da autora, mas até agora só li Os Ste Maridos de Evelyn Hugo. Acho que esse será o meu próximo escolhido, pois estava na dúvida entre qual dos livros dela ler. Acho a escrita dela incrível e já percebi que ela sempre foge do que a gente espera, né? Curiosa com esse também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha. Taylor, com certeza já é uma das minhas autoras favoritas! Ela escrever histórias reais, com personagens que erram e aprendem com seus erros, isso é incrível!

    ResponderExcluir
  6. Ola
    Ainda náo li nada dessa autora
    O livro traz um tema interessante que é o relacionamento conjugal Casamento nem sempre é um mar de rosas e requer dialogo respeito perdáo harmonia e outras coisas .
    Faço parte de um grupo de casais entâo é um assunto que me desperta interesse .
    Quero saber como a autora conduz esse enredo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente vcs precisam ignorar o hype e LER logo as obras dela. Realmente valem a pena!

      Excluir
  7. Olá! Confesso que tenho certo receio em ler livros com casamentos que vão dar uma pausa e depois a gente vê no que vai dar, o fato da autora ter uma escrita tão elogiada me anima um pouco, mas com certeza, preciso do momento certo para fazer essa leitura.

    ResponderExcluir
  8. Não li nada dela ainda mas pelo tanto que falam bem tô pra pegar todos e maratonar. Mais um que a narrativa parece ganhar o leitor mais do que a história em si. O jeito que ela escreve parece mágico hein! Tem cara de história clichê mesmo, mas o aprendizado e evolução dos personagens parece ganhar mais destaque que o rumo da trama. Gostei da ideia do livro e seria um que leria fácil. Mais um dela pra lista né. Preciso ver o que essa autora tem de tão especial...

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ana
    Ainda não li nada da autora, mas estou doida para ler qualquer um dos livros dela. Dá a impressão de que tudo o que ela escreve é bom.
    Nessa trama ela soube desenvolver relacionamentos que temos exemplos e pode acontecer na vida real, afinal conviver com outro não é fácil. Cada pessoa é única com seus defeitos e virtudes.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chocada que a maioria de vocês ainda não leu nadica da Taylor! É bom demais, gente! Por mais clichê que seja, a autora SABE como conduzir uma história!

      Excluir