Meia-noite, Evelyn! | Babi A. Sette


Meia-noite, Evelyn! foi meu terceiro contato com a escrita da Babi A. Sette e o primeiro romance de época escrito pela autora que tive a oportunidade de ler. Ganhei meu exemplar em janeiro, e no mesmo mês terminei a leitura da obra. Apesar de não ter concordado com algumas atitudes de Evelyn e de Harry, os personagens da trama, Meia-noite, Evelyn! foi uma leitura muito proveitosa e deixou meu coração quentinho.

O livro é uma releitura de Cinderella, mas as características entre a história original e o livro escrito pela Babi são poucas. Gostei bastante de como a autora usou e abusou da imaginação para criar uma história tão marcante, intensa e de derreter o coração de qualquer leitor. Durante a leitura conhecemos a história de Evelyn, uma irmã superprotetora que se vê diante de uma situação horrível: está prestes a perder a propriedade onde mora e a chance de acompanhar o crescimento de Violet, sua meia-irmã. Além de estar sendo chantageada pelo irmão de seu padrasto, o conde Derby, Evelyn ainda acaba se envolvendo com mulherengo e misterioso Harry Montfort, filho de seu falecido padrasto. É uma baita história de novela, não é mesmo? E é disso que eu gosto!

Acho interessante citar que, apesar do livro ser um romance de época, os acontecimentos narrados em Meia-Noite tomam rumos totalmente inesperados e pouco vistos nos livros do gênero que estou acostumada a ler. E eu nem preciso dizer que adorei isso, né?! Amo quando livros me surpreendem, e com a obra de Babi isso não foi diferente.

Meia-noite, Evelyn! é uma linda história sobre o amor entre irmãs, e até onde podemos chegar para proteger quem amamos. Gostei muito da ligação entre Evelyn e Violet, que apesar da pouca idade, é responsável por praticamente todas as ações de nossa personagem principal. Também gostei da ligação de Harry com sua irmã, é algo surreal.

Nesse livro temos muitas cenas mais quentes, então a leitura é recomendada para maiores de 18 anos. Inclusive, eu adoro como a Babi introduz esse tipo de cena em suas histórias, deixando a narrativa mais fluida e os acontecimentos com aquele arzinho de “reais”. Além disso, a autora soube trabalhar assuntos mais pesados, por assim dizer. Apesar de ser um romance de época, regado a bailes, temporadas e vestidos luxuosos,  somos apresentados a personagens que sofreram muitos traumas e que tentam colar cada pedacinho do coração.

Durante minha leitura, pude perceber a evolução da escrita da Babi, bem como o amadurecimento em sua carreira enquanto escritora. E isso foi uma característica na obra que me deixou muito feliz, porque acompanho a trajetória dessa autora tão querida desde o lançamento de Entre o Amor e o Silêncio, em 2014. Para quem está em busca de um romance de época que foge um pouco dos padrões e que é capaz de provocar lágrimas nos leitores, Meia-Noite, Evelyn! é a escolha certa!
 
Título Original: Meia-noite, Evelyn! ✦ Autora: Babi A. Sette
Páginas: 458 ✦ Editora: Verus

Postar um comentário

11 Comentários

  1. Tenho curiosidade em conhecer a escrita da Babi. Sempre vejo muitos elogios! E nada melhor do que começar com meu gênero literário preferido. Porém vi algumas ressalvas ao desenvolvimento das personagens, pelo que entendi: As personalidades da Evelyn e Harry mudam

    ResponderExcluir
  2. Cássia!
    Já tive oportunidade de ler dois livros da autora e sou totalmente encantada pela criatividade e a forma como escreve seus livros.
    Ver que nesse exemplar ela foge um pouco dos romances de época que estamos acostumados a ler e ainda traz trechos hots.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eu adoro a capa desse livro, e romances de época são os meus favoritos, esse estou doida para ler, embora Cinderela não seja minha princesa favorita, releituras desses clássicos são sempre muito bem vindas, ainda mais sabendo que a autora adotou uma abordagem bem diferente.

    ResponderExcluir
  4. Tu acredita que eu não sabia que era um romance de época? KKKK acho que nunca cheguei a ler uma resenha desse livro. Já tive um primeiro contato, não foi algo que me agradou tanto pra ficar marcado, então não me interesso tanto sabe? E olha que romance de época é meu gênero favorito.
    Mas que bom saber que ele tem tantas características positivas. Com certeza a curiosidade foi despertada!

    ResponderExcluir
  5. Como nesse ano prometi a mim mesma ler mais romances de época,esse livro da Babi com certeza está entre minhas escolhas de leituras!
    Ano passado fiquei chateada comigo e tristemente percebi que me afastei geral dos romances de época.
    Ainda não li nada da Babi, mas não há como negar que tudo que lemos sobre o trabalho dela é sempre muito positivo.
    Gostei de saber que há o amor entre as irmãs, isso sempre é tão acolhedor!!!
    Com certeza, lerei!!!
    beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  6. Olá, Cássia

    Já li outro livro da Babi, mas não foi romance de época e eu gostei bastante.
    Achei interessante você falar que o livro tomou rumos diferentes para um romance de época, porque sempre acabo achando os livros do gênero mais do mesmo, e fico adiando a leitura deles.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Confesso que antes nao gostava de ler releituras ou historias inspiradas em contos de fadas, mas hoje é o contrario. Me deixa muito mais interessada na historia.
    Da autora só li um contemporaneo e nao foi uma das minhas leituras preferidas, mas quero muito ler os romances de epoca dela, inclusive esse.
    E essa capa é maravilhosa neh!

    ResponderExcluir
  8. Não acabei lendo muita coisa desse livro dela, vi mais dos outros. Gostei por ela brincar com o conto de fadas e romance de época de um jeito que não fique muito clichê ou aquele esperado quando se lê coisas do gênero. A trama tem coisas legais que parece agradar até quem não lê muito do gênero. Um pouco de cenas quentes também chama atenção. Mas achei legal o ponto do amor entre irmãs na trama. Parece ter bem mais do que a gente pensa à primeira vista.

    ResponderExcluir
  9. Oiiie,
    Eu quero muito ler os livros da Babi, tenho até alguns na estante, mas nem se quer tirei de lá.. só estar pegando pô mesmo.. Mas quem sabe eu leia logo né.. Eu amei a capa desse livro e a premissa parece ser muito boa.. Amo demais romance de época, talvez eu acabe gostando.


    Beijinhos: Tempos Literários

    ResponderExcluir
  10. Olá Camila
    Assim que eu vi esse livro e sua belíssima capa já bateu aquela vontade enorme de comprar .e olha que não sou de comprar livros pela casa .Mas com esse teve um motivo especial porque é romance de época ,um dos meus gêneros favoritos. Já está na minha lista de desejados fiquei curiosa para conhecer a escrita da autora

    ResponderExcluir
  11. Ooi

    Já tive muita curiosidade em conhecer a escrita da Babi, inclusive na época de Entre o Amor e o Silêncio, que ficou na minha lista de desejados por alguns anos. É bom saber que a escrita dela amadureceu, pois tem autores que sempre ficam na mesmice e ai acaba que todos os livros são iguais.

    Sil
    blog kzmirobooks.com • Siga no Instagram: @kzmirobooks

    ResponderExcluir