O Chamado do Cuco | Robert Galbraith

Título Original: The Cuckoo's Calling
Autor: Robert Galbraith
Páginas: 448
Tradutor: Ryta Vinagre
Editora: Rocco
Compre aqui

O Chamado do Cuco já havia chamado a minha atenção pela trama. Pode não parecer, mas gosto muito de livros policiais. A maioria das críticas eram positivas e isso me deixou muito curiosa. Quando saiu a notícia que Robert Galbraith seria então um pseudônimo adotado pela minha amada J. K. Rowling, a ansiedade triplicou. 

O livro já começa nos apresentando a trágica morte de uma modelo super famosa. Até então, segundo investigações da polícia, supõe-se que a incrível Lula Landry cometeu suicídio, pulando da sacada do seu apartamento. Apesar de todo reboliço na mídia, após alguns meses o caso foi completamente esquecido. Porém, John Bristow, seu irmão adotivo, não consegue engolir a história. Ele jura de pés juntos que, na verdade, a irmã foi vítima de um assassinato. 

Com o intuito de desvendar esse mistério, Bristow contrata o detetive particular Cormoran Strike, um veterano de guerra que perdeu uma perna enquanto ainda estava em serviço. Para completar a sua triste situação, ele está passando por diversos problemas pessoais. Para resolver o caso, Strike conta com a ajuda de Robin, uma assistente temporária - que obviamente já supomos que se tornará permanente, no decorrer da trama.

Como era fácil tirar proveito da tendência de uma pessoa à auto destruição; como era simples empurrá-las para a inexistência, depois recuar, dar ombros e concordar que este fora o resultado inevitável de uma vida caótica e catastrófica.

Eu não sabia o que esperar da leitura. Quer dizer, eu não sabia o que esperar de uma J. K. Rowling pós Harry Potter. A verdade é que eu me surpreendi. O enredo, além de bem construído, te deixa com aquela ansiedade característica de toda estória policial. O início tende a ser um pouco maçante, mas apesar disso, a curiosidade prevalece. 

A cada capítulo, a trama vai ficando mais interessante. Cada entrevista dada é uma pista e cada ação de Bristow nos faz questionar a inocência dos personagens. Confesso que o desfecho me pegou de surpresa, já que não imaginaria nunca que o assassino - é obvio também que vocês já podem deduzir que sim, Lula realmente foi assassinada - seria a pessoa que é. Lembrando que temos tudo isso aliado há mais os outros um milhão de problemas do nosso protagonista.

Apesar do fracasso em Morte Súbita, Rowling provou em O Chamado do Cuco que não é boa apenas em histórias infanto-uvenis. Aconselho às pessoas a lerem o livro não pela fama da autora e pelo sucesso que a mesma teve nas publicações anteriores, e sim porque ele é realmente bom. Além da trama infinitamente boa, os personagens são bem construídos e o mistério é resolvido sem nenhuma "buraco" - na minha humilde opinião, é claro. Após essa leitura, a única coisa que tenho para dizer é que estou ansiosa para os próximos livros da série. 

Postar um comentário

4 Comentários

  1. Tive problemas sérios com o começo do livro, mas quando cheguei na parte 3 li tão rápido que até eu me surpreendi. A trama foi muito empolgante e muito cativante também!
    Robin é a MELHOR SIDEKICK EVER!! XD

    PS: Sério que não gosto de Morte Sùbta? =(

    Bjao!

    http://otakufanboy.tumblr.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcel!

      Assim, eu não consegui lê-lo todo... Mas planejo dar uma outra chance para ele em breve. :3

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Ana!

    ''O Chamado do Cuco'' está na minha lista há um tempo e estou com muita vontade de lê-lo, ainda mais agora com a sua resenha, né? rs Acho que vou coloca-lo no topo de minha lista! Muito boa a resenha! :)


    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tony!

      Que bom que te deixei animado para ler! Não esquece de me contar o que achou, viu?

      Beijos!

      Excluir