30 de agosto de 2015

Resenha: Sebastian

Título: Sebastian
Autora: Bella Prudencio
Páginas: 188
Editora: Publicação independente
E-book recebido em parceria com a autora.

Clique aqui para comprar.
Adicione o livro no Skoob.

Solveig resolve passar um ano na Romênia com as tias, mas um acidente acaba matando-as e mudando o seu plano, ela vai morar com o primo de terceiro grau, Sebastian, um herdeiro sexy, levemente cafajeste, mas ao mesmo tempo completamente romântico e apaixonante.

Sempre gostei muito do gênero New Adult e quando eu descobri que a Bella tinha escrito um livro com essa temática, logo fiquei com vontade de ler. A capa do livro chamou muito a minha atenção e a sinopse me deixou muito instigada. Convenhamos, quem é que não sonha em passar um ano no exterior com o cara mais maravilhoso do mundo? 

A maior parte da história se passa em Bucareste, capital da Romênia. O plano inicial era morar com as tias, mas um incêndio acabou mantando-as pouco antes de Solveig (a origem do nome é sueca, achei bem bonito e exótico e de acordo com a autora, justamente por ser sueco, a pronuncia seria "Solvei")  mudar-se. Tudo parecia perdido até que o seu primo de terceiro grau, Sebastian, convida a carioca para passar o ano em seu apartamento.

Antes da mudança, eles mantinham contato por mensagem e redes sociais e, é claro, Solveig não tinha uma quedinha pelo primo, era um barranco inteiro. O que ela não sabia é que o sentimento era recíproco. Como era de se esperar desde o início, os dois se envolvem em um romance que tem tudo para causar uma infinidade de problemas.

Eu só queria viver, eu só queria curtir.
Mas eu descobri que não era só isso.
Eu queria ser, eu queria saber.
Eu queria conhecer a mim mesma e eu estava conseguindo.
(pág. 175) 

Apesar de a história não ser nem um pouco complexa, gostei bastante. Para mim, os livros do gênero New Adult têm que ter essa vibe mais tranquila, onde o romance e a construção dele são os focos principais. Nesse quesito, Bella Prudencio não pecou. O grande problema para mim foi o modo como começaram a se envolver. Eu não consigo acreditar de forma alguma que em apenas uma semana duas pessoas podem se apaixonar desse jeito. Sempre fui daquelas que pensam que o amor é construído dia após dia, conquistado com as pequenas coisas, mas de uma forma mais calma e lenta, gradual. 

O livro também contém alguns erros ortográficos, mas nada que uma boa revisão não resolva. Acredito que, por ser o romance de estreia da autora, isso não seja um pecado tão grande. Também não atrapalha no entendimento da obra em si. A narrativa, simples e fluida, é dada em primeira pessoa pela Sol, o que nos faz conhecer até os pensamentos mais íntimos da personagem. E por falar em íntimo, vale lembrar que Sebastian possui alto teor sexual, por isso não é indicado para crianças. 

O enredo, apesar de ser previsível, não desaponta. É cheio daqueles clichês que eu adoro, mas que a maioria das pessoas detestam e mesmo assim o livro não deixa de ser original. Há também muitas referências musicais e cinematográficas, o que conta mais um ponto positivo. Posso afirmar que a autora tem um talento nato que deve ser explorado e tem tudo para melhorar a cada dia. Não vejo a hora de ler outras obras da Bella Prudencio e acompanhar o seu crescimento como escritora.

Classificação final: 

11 comentários:

  1. Ooe
    Nao conhecia esta autora, mas gostei muito da tematica do livro, parece bom.
    Bela resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ana! Tudo bem? Adorei a resenha! Mas infelizmente não tenho interesse em ler essa obra! :( A premissa não me chamou tanto a atenção e eu também não sou o maior fã desse gênero! :/

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/08/resenha-premiada-johnny-bleas-um-novo.html <- Tá rolando promoção do livro "Johnny Bleas - Um Novo Mundo" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
  3. Bella 💜💜 tem futuro esse moça! Um dia vão estudar Isabela Prudencio nas aulas de literatura!

    ResponderExcluir
  4. Oii! Não conhecia essa obra. Fiquei no meio termo com essa obra. Adorei a resenha e parece ter uma história até legal, mas não no meu estilo de leitura.

    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro mas não curto muito essa coisa de new adult. Geralmente o casal vive naquela ~fome~ e aí acontecem coisas muito fora do normal e eu não sei lidar com livros assim, hahaha. Mas para quem é fã do gênero esse parece ser um bom livro. :D

    Beijos!
    http://www.prateleiracolorida.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Ana.
    Tudo bem?
    Então, gostei de verdade de sua opinião sobre a obra. Mas devo confessar que não curto muito o gênero. Até já li alguns livros com temática New Adult e alguns até funcionaram, mas não é sempre que isso acontece.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ana!
    Eu sou completamente apaixonada por NA, mas ao mesmo tempo sempre implico com algumas histórias. A história desse me pareceu muito previsível e não sei se eu iria gostar. Também não acredito nessa história de amor miojo, o que me incomoda bastante em muitos livros.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Ana, nunca vi nada sobre esse livro antes. Concordo com você que os New Adult têm uma vibe mais despretensiosa, relaxada, mas isso não indica ser chato, nem nada assim. Talvez a profundidade do conteúdo não seja tanta, mas eu gosto também :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ana!

    Também tenho um problema terrível com romances instantâneos, que acontecem em pouquíssimo tempo. Assim como você, acredito que o amor é construído aos poucos. Atração imediata, ok... Mas estar apaixonado assim, não. Enfim, também gosto de New Adult, exatamente por ser leve e despretensioso. Apesar das ressalvas, este parece ser bem legal.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ei Ana,

    Esse eu não conhecia. Eu também não curto muito esse amor exagerado a primeira vista, a atração ok, mas o resto tem que ser realmente aos poucos.
    Eu adoro NA, mas esse não sei se quero ler por enquanto rs.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ana! Eu até gosto de livros nesse gênero, mas sou meio exigente. Assim como você, acredito que o romance é algo que se constrói aos poucos e muitos autores insistem em apressar tudo, o que acaba me incomodando. Nesse livro em particular, vou te confessar que o que mais me interessou foi o cenário. Adoro quando as histórias se passam em locais exóticos. A autora é descritiva quanto a isso? <3 O romance em si não me chamou atenção, mas gostei da sua resenha. Achei legal você ter reconhecido os pontos negativos. Sendo a autora uma parceira, é muito importante pra ela ir se aperfeiçoando. :) Beijoss
    Lis | www.umareescrita.com.br

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa | Todos os direitos reservados ©