18 de junho de 2017

Resenha: A Grana

Um romance engraçado e perspicaz sobre quatro irmãos adultos e o destino do dinheiro que moldou a vida e as escolhas de toda a família. Leo Plumb estava bêbado e drogado quando fugiu sorrateiramente da festa de casamento do primo, levando uma das garçonetes a tiracolo. No calor do momento, dirigindo para longe dali, os dois sofrem um acidente de carro com graves consequências. Para fazer com que seus problemas desaparecessem, Leo precisou usar o dinheiro de uma conta da família, um dinheiro sagrado: o pé-de-meia que garantiria o futuro dos irmãos Plumb. Ansiosos para receberem sua parte e horrorizados ao descobrirem que a mãe permitiu que Leo torrasse aquela grana, eles marcam um encontro para deliberar quando e como o dinheiro será restituído. Melody, esposa e mãe de gêmeas adolescentes que mora num subúrbio luxuoso, tem uma hipoteca cara e duas mensalidades universitárias se aproximando no horizonte. Jack, um vendedor de antiguidades, escondeu do marido que, para sustentar seu negócio, empenhou uma das propriedades do casal. E Bea, que já foi considerada uma promessa da cena literária, não consegue mais escrever. Reunidos novamente, como nunca estiveram, os irmãos terão que superar antigos ressentimentos e as escolhas erradas que fizeram na vida. Uma análise inteligente e afetuosa de como a expectativa desempenha um papel central em nossas vidas, A Grana tem o ingrediente mais explosivo de qualquer boa briga de família: dinheiro.

Título Original: The Nest
Autora: Cynthia D'Aprix Sweeney
Páginas: 336
Tradução: Vera Ribeiro
Editora: Intrínseca 

Gente, eu juro que eu tento controlar, mas eu não consigo. Por favor, não julguem o meu problema, é bem mais forte que eu. Estão confusos sobre o quê estou falando? Pois é sobre a maldita mania de escolher livros pela capa. Mas convenhamos que é difícil resistir a uma capa como a de A Grana, não é mesmo? Porém o que ele tem de lindo, ele tem de supérfluo.

A Grana é um drama familiar que envolve a família Plumb, mais especificamente os quatro irmãos. Tudo começa quando Leo, o irmão mais velho, resolve dar uma escapada de carro da festa de casamento do primo com uma das garçonetes e os dois sofrem um grave acidente. Como estava bêbado e drogado, Leo foi obrigado a pagar uma gorda indenização para a garçonete. Tudo estaria nos conformes se o homem não estivesse falido e não precisasse usar o dinheiro do pé-de-meia da família, dinheiro este que garantiria o futuro dos quatro irmãos. 

Se você está pensando como Leo teve coragem de pegar o dinheiro da família para resolver um problema pessoal, a resposta é simples: a mãe permitiu tudo, com a condição que fosse um empréstimo. E pior, escondeu o fato da família, já que os filhos só teriam acesso à conta com o dinheiro quando Melody, a filha mais nova, completasse quarenta anos. Mas pensem comigo... Se o Leo está falido, onde é que ele vai arrumar dinheiro para pagar essa dívida imensa? Antes de saber o desenrolar da história já sentia cheiro de confusão.

Apesar de o foco central do livro ser o Leo, a narrativa se dá sob o ponto de vista dos outros irmãos (Beatrice, Jack e Melody) e da mãe, então conseguimos ver os problemas financeiros de cada membro da família. Para falar a verdade, a família Plumb é aquela típica família que um dia foi rica, mas não soube como lidar com tanto dinheiro. Porém as coisas começam a ficar confusas quando personagens super aleatórios entram no meio da narração. A única coisa que esses personagens têm em comum é o fato de estarem ligados ao Leo de alguma forma. Para mim, foi totalmente desnecessário. Senti que foi apenas uma jogada para encher as páginas do livro.

Não minto que o enredo tem um potencial gigante, um tema que é interessante, mas que Sweeney não soube explorar. O único ponto positivo em toda a história foi a forma como a autora reaproximou os irmãos em meio à tragédia. Tirando isso, senti que A Grana foi uma leitura desnecessária e sem propósito, com um excesso de personagens sem profundidade alguma, apenas para dar vida à um livro que simplesmente não saiu do lugar.

Sempre gosto de frisar, quando faço uma resenha negativa, que o livro não funcionou para mim. Espero sinceramente que essa história faça diferença na vida de alguém, de alguma forma. Infelizmente, a beleza de A Grana fica apenas na capa.

11 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana, já fiz isso de julgar um livro pela capa e não sossegar até tê-lo pra ler e sair decepcionada, tenho tentado ser mais cuidadosa e ler muitas resenhas e pontos de vista, mas as vezes não consigo rsrs. A capa desse livro é bem bonita, mas lendo a sinopse já não me senti tão interessada pela história e lendo tua resenha acho que vou deixar passar esse por enquanto. Ainda assim, acho que você tem razão e cada experiência de leitura é única, o que funciona comigo pode não funcionar contigo e vice versa, assim pode ser que futuramente eu mude de ideia e veja o livro com outros olhos ;)

    ResponderExcluir
  3. Também sofro desse problema de julgar um livro pela capa, nem sempre nos damos bem kkk. Parece não ter nada de mais o livro, gosto que tenham aventuras, reviravoltas e surpresas para ficar uma leitura mais dinamica, mas pelo menos aproximou os irmãos essa tragedia isso é um fato que agrada.

    ResponderExcluir
  4. Que pena que a autora não conseguiu desenvolver a trama melhor.
    Eu estava com vontade de ler quando vi a capa no Skoob, mas ai eu li a sinopse e não me chamou a atenção. Pensei que só seria perda de tempo.
    Odeio quando pego um livro e sinto que foi desnecessário, é bem chato isso.
    Tomara que agora você pegue um livro bem legal, para ocultar esse tempo perdido!

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana.
    Já tinha ouvido falar do livro, mas confesso que ele não me chamou a atenção.
    Achei a premissa bem estranha, mas fiquei feliz em saber que apesar de tudo os irmãos se aproximam depois do acidente, eu realmente não sei se leria esse livro, a história em si não me conquistou.

    ResponderExcluir
  6. Essa capa realmente chama bastante atenção, achei linda. As personagens parecem interessantes assim como todo o livro, que pena que não te cativou. Se um dia eu tiver a oportunidade para ler, com corteza iria ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ana!
    Por vezes também compro os livros pela capa, mas claro que dou uma olhada na sinopse também, porque afinal, comprar só porque a capa é bonitinha, pode dar nisso que aconteceu com Grana, né?
    Achei bem sem sentido toda trama, porque se a autora tivesso optado ao menos em fazer com que Leo tomasse jeito e não continuasse com os gastos, ou se tivesse dado tipo uma lição sobre isso, assim pelo menos dava para entender melhor...
    Desejo uma ótima semana!!
    “Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária.” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Ana!
    Pela capa tbm compraria, é linda.
    Eu já conhecia o livro, está na lista mas ainda não tive oportunidade de ler, o enredo tá excelente, espero em breve ler ...
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana ;)
    Também adorei capa, muito fofa!
    Apesar de não ter me interessado pela trama, achei legal que você disse que a autora mostrou essa união entre os irmãos.
    E que pena saber que o livro ficou só na capa...
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Mais uma vez, sua resenha está de parabéns, principalmente por sua sinceridade.
    Não conhecia o livro, mas por tudo que você comentou, percebi de que não é de meu interesse.
    Obrigada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi mana, esse foi aquele livro que pela capa você vai e pensa " uma capa tão bonita, não tem como ser a capa bonita " ai quando você ler a história vê que a capa só era bem produzida. Logo quando eu fui lendo a sinopse e fiquei Jesus esse livro tem que ter um desenvolvimento maravilhoso pra ela poder elogiar porque só essa sinopse me mostra um enredo ser furada. Bem mana eu não vou ler esse livro e na próxima olha a sinopse junto com a capa kkk

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa | Todos os direitos reservados ©