10 de novembro de 2017

Cinema: As Vantagens de Ser Invisível

Título Original: The Perks of Being a Wallflower
Ano: 2012
Diretor: Stephen Chbosky
Duração: 102 minutos
Gênero: Drama | Romance
Elenco Principal: Logan Lerman, Emma Watson, Ezra Miller
Texto por Thais Ribeiro

Charlie (Logan Lerman) é um jovem que tem dificuldades para interagir em sua nova escola. Com os nervos à flor da pele, ele se sente deslocado no ambiente. Sua professora de literatura, no entanto, acredita nele e o vê como um gênio. Mas Charlie continua a pensar pouco de si... até o dia em que dois amigos, Patrick (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), passam a andar com ele.

Charlie (Logan Lerman) é um aluno do primeiro ano que, após passar por um período traumático em sua vida, muda de colégio e conhece Patrick (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), que transformam seu mundo em uma história extraordinária. Charlie vive um ano incomum pela primeira vez, dentre novas amizades e amores, ele constrói uma história inesquecível.

A primeira e mais impressionante marca, principalmente para os que leram o livro e assistiram o filme, é a perfeita atuação de Logan Lerman no papel inocente e imaturo Charlie, alguém que viveu um momento conturbado e ainda sofre com as cicatrizes disso. É claro como Logan se transformou no papel e amadureceu como ator. E, ainda falando de atuações, o elenco principal foi a escolha perfeita para o público alvo do filme, Emma Watson, famosa entre os adolescente por ter sido Hermione em Harry Potter e Ezra Miller, em seu auge, atuaram com uma harmonia única e trouxeram personagens à vida perfeitamente.

Friamente calculado para perfeita performance em 102 minutos, o roteiro do filme conseguiu sintetizar a ideia que o livro trás, de entrada na adolescência e o conhecimento de sentimentos nunca sentidos por Charlie antes. O fato do filme ser independente segue muito a tendência do momento e trás um caráter individual de Chbosky para o longa — principalmente por ser o roteirista, diretor e produtor executivo do filme, além de escritor do livro que o originou.

Algumas cenas são mais marcantes no filme, como a cena do túnel ou a cena do Natal, porém o filme trás uma magia incrível no geral, que é complementada pela música dos anos 80 e a vibe calma que se passa ao espectador. A fotografia do filme é outro ponto que merece aplausos, pois foi milimetricamente definida e é um dos principais atrativos. As Vantagens de Ser Invisível é todo um conjunto de pensamentos, morais e cultura vindos da década de 1980.

Com poucos recursos, Chbosky foi capaz de fazer um filme aclamado pela crítica e pelo público. Atingiu pessoas de diferentes idades com uma história voltada para adolescentes. Além disso, constrói uma história muitas vezes se torna mais interessante do que a construída no livro, com grande ajuda da atuação incrível do trio principal e da composição de imagens do filme. Esse efeito é um provável resultado do fato de que este foi o primeiro livro de Stephen e não seu primeiro filme.

O sentimento que Charlie passa no filme é emocionante e mágico. É um filme que vale a pena ser visto e indispensável para quem está na mesma fase da vida que o protagonista. As lições tiradas da história vanguardista são lindas e é um filme que, sem dúvidas, te marcará de uma forma ou outra.

14 comentários:

  1. Oi Ana!!
    Um dos meus livros e filmes preferidos...
    História linda que me ganhou e conquistou ...
    Amooo, já reli o livro e revi o filme várias e várias vezes...
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  2. Meu Deeeeus, eu AMOOO esse filme! Quando o livro saiu virou um dos meus favoritos pela escrita interessante e história marcante. O personagem deixava uma mensagem muito legal e adorei ele. O filme ficou pra lá de espetacular, pegou tudo do livro e deu aquela magia de ver a historia na tela. Ahh mas amo. E os atores então? Gente, mas é muito bom. Esse elenco jovem e com carinhas que a gente conhece ficou bem legal. Pode não ser desses filmes de levar Oscar e coisa assim mas vale demais a pena. Deu até vontade de assistir de novo agora xD

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é maravilhoso, e um dos poucos que são fiéis ao livro.
    Charlie é um amor, e Logan conseguiu captar a essência e inocência dele.
    E trio que eles formaram também foi maravilhoso.
    Gosto muito desse filme (a cena do túnel é épica) e também do livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nunca vi o filme e nem li o livro, mas sei que é uma história muito boa.
    Já li várias resenhas e recentemente minha irmã viu ao filme pelo Netflix e falou que iria adorar se eu assistisse.
    Gostei bastante da sua crítica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Na época que eu assisti o filme, não sabia que existia o livro, depois que fiquei sabendo. Lembro de ter gostado do filme, mas com certeza o livro deve ser muito bom.


    ResponderExcluir
  6. Assisti o filme e gostei. Uma historia que nos lembra a vida de adolescente, com suas dúvidas e inseguranças, mostra a amizade que é muito importante nessa fase, gostaria de ler o livro também.

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana.
    Ha algum tempo eu tentei tanto ler o livro, quanto assistir o filme, porém a história em si não foi algo que me prendeu. Porém estou muito feliz em perceber, que para você, o filme conseguiu passar uma mensagem incrível também descrita no livro, os autores, pelo pouco que vi, realmente interpretão bem, mas enfim, curtir bastante sua opinião.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Ana!
    Não tive oportunidade nem de ler o livro, nem de cer o filme.
    Mas já gostei de saber que a atuação do Logan Lerman foi perfeita e que algumas cenas são mais impactantes no filme que no livro.
    Já anotei aqui.
    Thanks!
    Desejo uma semana carregadinho de luz e paz!
    “ Inteligência não é não cometer erros, mas saber resolvê-los rapidamente.” (Bertolt Brecht)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  9. Olá, sempre tive curiosidade de ler a obra e conferir sua adaptação, porém ainda não tive oportunidade. A juventude é um assunto que sempre é possível se identificar, pois ora somos jovens, ora já passamos por essa fase cheia de transformações. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Realmente a forma como o filme trata de temas, e assuntos ainda considerados polêmicos pela sociedade, mas que deve ser debatido, não só fora da família, mas dentro dela. Gostei muito dos atores escolhidos para representar os personagens, acredito que este também foi um grande ponto positivo, pois expressaram de maneira muito real, seus sentimentos, sonhos, e esperança. Amei o filme, e super recomendo para quem ainda não assistiu.

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana
    Concodo em absolutamente em tudo o que disse. A escolha de atores foi mto bem feita, e eu gostei bastante, assim como as atuações, que nesse caso me chamou bastante atenção a do Ezra, gostei mto dele.
    Acredito que é um dos poucos filmes que assisti que é bem fiel ao livro adaptado, um dos melhores também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana,
    As vantagens de ser invisível é uma história bem conhecida, tanto pelo livro quanto pelo file, mas inda não realizei esta leitura. Os temas abordados são bem sérios, reais e muito presente na vida dos jovens. Charlie me parece ser um personagem fácil de se amar, e que mesmo com todo o trauma e dificuldades, tem uma mensagem a passar. A adaptação tem um elenco incrível e já bem conhecido e, confesso, é o que mais me chama atenção. Ainda não sei se assistirei ao filme, mas o manterei em mente para caso mude de ideia.

    ResponderExcluir
  13. oi Ana!
    Esse filme é simplesmente um dos meus favoritos, com certeza esta no meu top10.
    Eu amo tudo sobre o filme, o elenco inteiro é maravilhoso, as atuações são incríveis, e o que falar da trilha sonora? totalmente impecável, combina com toda a história.
    Eu não me canso de assistir esse filme, ainda mais porque tem na Netflix.
    Sobre o livro, eu também amo, confesso que não como amo o filme; o que mais gosto e a forma como foi escrito, e aqueles detalhes que a gente não vê no filme.

    ResponderExcluir
  14. Como queria ler o livro!rs
    Mas fiquei somente com o filme e não me arrependo não. O típico filme perfeito, com enredo e personagens que cativam desde a primeira cena!
    Me recordo de um post que vi em outro blog sobre todas as frases marcantes que há no filme/livro.(talvez seja uma ideia também.rs)
    Mas é uma dica imperdível sim não só a quem já viu como também a quem ainda não viu.
    Beijo

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©