A Duquesa | Danielle Steel

A saga de uma jovem bem-nascida, que se vê sozinha no mundo e é obrigada a embarcar em uma jornada de sobrevivência e sensualidade em busca da tão sonhada justiça.Angélique Latham cresceu no esplendoroso Castelo Belgrave, na Inglaterra, e foi criada sob a tutela e o carinho do pai, o duque de Westerfield. Aos 18 anos, ela é a menina dos olhos do duque, mas, assim que ele morre, seus meios-irmãos mais velhos lhe viram as costas, abandonando-a completamente. Porém, com sua inteligência aguçada, uma beleza arrebatadora e um baú de dinheiro que seu pai lhe deu em segredo no leito de morte, ela fará de tudo para sobreviver. Sem conseguir arrumar emprego por não ter uma carta de referência, mesmo depois de um tempo trabalhando como babá, Angélique tenta a sorte em Paris. E é lá que o destino coloca em seu caminho uma prostituta, vítima dos maus-tratos de Madame Albin. Ao ajudar a jovem, Angélique vê uma oportunidade: abrir um bordel de luxo para atender aos homens mais abastados da cidade e onde pudesse proteger essas mulheres. Logo, o elegante Le Boudoir, um lugar onde os homens poderosos podem satisfazer seus desejos mais secretos com as companhias mais sofisticadas, se torna a sensação de Paris. Mas, vivendo na iminência de um escândalo, Angélique conseguirá algum dia recuperar seu lugar no mundo?Da Inglaterra do século XIX, passando por Paris e Nova York, Danielle Steel retrata uma época de luta das mulheres em uma sociedade predominantemente masculina ao contar a história inspiradora de uma cativante dama de espírito revolucionário.

Título Original: The Duchess
Autora: Danielle Steel
Páginas: 335
Tradução: Andréia Barboza
Editora: Record
Livro recebido em parceria com a editora

Sou uma grande fã de livros de época. Quando recebi A Duquesa fiquei muito ansiosa para ler. Sinto informar que, infelizmente, não foi uma leitura, já que não passei da página 100 do livro. O livro narra a vida de Angélique Latham, uma jovem órfã de mãe desde bebê e que teve que sofrer a morte do pai, um home bastante gentil e amoroso, bem nova. 

Após essa situação trágica, Angélique se vê sem nada, sozinha no mundo. Isso acontece porque perante a lei, uma mulher não pode receber nada de herança do pai, então tudo o que o duque tinha vai para o meio-irmão mais velho da moça. É óbvio para todo mundo que os meio-irmãos de Angélique não gostam dela — unicamente porque ela é fruto do segundo casamento do duque —, mas ela não imaginava que seria expulsa de casa por eles e que teria que trabalhar para se sustentar.

Como podem ver, a premissa de A Duquesa é bastante interessante. Só que leva uma eternidade para tudo isso que eu narrei anteriormente acontecer: os capítulos são pavorosamente longos, com muita descrição. Os diálogos são praticamente inexistentes, são páginas e mais páginas de pensamentos, descrição de casas e acontecimentos. Não há o mínimo de conversa e isso me frustrou tanto que fiquei com dor de cabeça e não consegui prosseguir com a leitura.

Apesar de o enredo parecer ser muito bom — digo parecer porque como devem imaginar, não cheguei na metade do que é contado da sinopse —, o desenvolvimento é péssimo. Em minha opinião, não foi nem um pouco bem trabalhado. Eu só sentia que estava lendo aqueles livros de História super cansativos que usávamos no Ensino Médio. Foi com muito dó e pesar que eu abandonei essa leitura, mas infelizmente não tive paciência e cabeça para continuá-la.

Provavelmente essa é a "resenha" mais sincera que escrevi até hoje. É realmente uma pena que um livro com uma capa e um enredo tão bons não tenha me cativado, principalmente pelo fato de ser um romance de época, que é o meu gênero favorito. Fiquei muito decepcionada porque estava esperando muito por esta leitura. Foi o meu primeiro abandono de 2019 e espero que não apareçam outros livros para essa lista nada agradável.

Postar um comentário

11 Comentários

  1. Chato quando a gente gosta tanto de um gênero e o livro tem um enredo que chama atenção mas a execução dele peca assim. Não sou de largar, leria até na moleza de odiar o que tá ali mas leria, mais por pirraça e pra ver se melhora em algum momento. Mas é difícil mesmo você conseguir continuar quando algo não funciona. Capitulo longo e cheio de descrição acho que depois de ler coisa do Martin já fui bem judiada e "aprendida" em aturar isso. Mas é ruim quando não deixa nem uma sensação de querer saber como aquilo termina e fica tão desanimador de ler assim. Pelo que falou essa foi uma daquelas leituras que testam a paciência. Nunca li nada dela e confesso que não tive lá essas vontades também, apesar de ver muita coisa legal. Bem, boa sorte com as próximas leituras então e que seja o primeiro e ultimo a decepcionar desse jeito né :S

    ResponderExcluir
  2. Puxa...Nunca imaginaria um livro da Danielle que fosse menos que bom.
    Mas também acho que todos temos direito de errar e talvez tenha sido um erro da autora, trazer um enredo a princípio tão bom e ter estragado tudo na enrolação. Ou talvez seja apenas questão de gosto. Pode não ter funcionado para você, mas pode ter agradado outros leitores!
    Eu amo romance de época e não digo que não lerei a obra,mas ao contrário, se tiver oportunidade, lerei sim!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Lari,
    Ano passado conheci a escrita da Danielle Steel (com o livro Uma mulher livre) e fui pega de surpresa pela história (a qual não sabia nada) e pela forma de conduzir o enredo. Por isso, quando vi que seria publicado A Duquesa já o coloquei em minha lista de desejados. O que eu pude perceber sobre a escrita da autora é que ela retratada seus romances de uma forma bem crua e, acredito, mais próxima da realidade da época, pois ela não mascara o sofrimento, a tristeza ou a injustiça e cria protagonistas fortes e corajosas. Te entendo perfeitamente e concordo com você sobre a narrativa que, realmente, tem poucos diálogos e, por isso, os capítulos demoram mais para terminar. Uma pena que esta obra não tenha funcionado para você e espero que quando eu for realizar essa leitura eu tenha um boa surpresa como já tive com a autora.

    ResponderExcluir
  4. Por mais resenhas sinceras. 👏👏👏
    A sinopse realmente é atrativa, mas uma narrativa lenta não é do meu agrado.
    Mas acredito que eu persistiria porque tenho muito dificuldade em largar um livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Eu não sou muito chegado a romances de época, mas alguns vem me surpreendendo ultimamente. Fiquei triste por A Duquesa ter decepcionado tanto durante a narrativa, porque eu também me empolguei com a história e a premissa que a autora prometera, porém entendo sua visão e a lentidão na trama é uma coisa que me desanima também e tudo isso unido a falta de diálogos e muita descrição só piora a situação.

    ResponderExcluir
  6. Também sou fã de carteirinha de Romances de Época. Realmente a premissa se fosse bem desenvolvida teria tudo para dar um ótimo livro. Além de ser bem diferente.
    Apesar de não ter lido nada escrito por Danielle sei que ela é uma escritora muito querida e bastante renomada. Mas em A Duquesa ela se perdeu.

    ResponderExcluir
  7. Oi Lari,
    Eu tenho alguns livros da autora, e todos seguem um estilo próprio de narrativa, com bem mais descrição do que diálogo, por gostar dos enredos que ela conta, já me acostumei.
    Sem dúvidas é uma história sofrida, e acima de tudo, completamente machista, é algo que por mais que seja em uma época diferente da nossa, pode até se comparar com o que muitas mulheres vivem hoje! Eu gostei de Angélique ter se tornado uma cortesã, porque com isso, mostrou muito da força feminina, um trabalho que pode ser vergonhoso aos olhos da sociedade, mas que mostra uma mulher se reerguendo, conquistando seus caminhos!
    Ah, fico ansiosa para saber como ela moldará o romance, porque sim, eu espero por ele, rs.
    Em partes, concordo que deve ter sido cansativo, mas ainda quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, Lari
    Ainda não li nada da autora, não posso dar opinião sobre o livro.
    Mas li algumas resenhas sore o livro e a maior parte das críticas foram negativas, é uma questão de gosto também.
    A sinopse do livro chama muito minha atenção, espero poder ler e tirar minha conclusão a respeito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lari!!
    Gostei da sinceridade e para falar a verdade tentei ler uma vez um livro da Danielle Steel e também não conseguir terminar.. Então entendo você completamente, a sinopse é ótima mais o desenvolvimento deixa a desejar.
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Ai que pena.
    Normalmente os livros da Danielle Steel são bons. Ela é ótima em drama e romance, mas tem esse probleminha por descrever cada objeto detalhadamente e isso cansa mesmo.
    Gostei da capa e do enredo, espero poder dar uma chance para essa leitura e tirar minhas próprias conclusões.
    Valeu pela sinceridade.

    ResponderExcluir
  11. Que pena que a leitura não foi tão boa para você já que os livros das autoras costumam ser maravilhosos e esse especialmente me chamou muito a atenção Adorei a sinopse E como eu gosto de livros históricos esse pareceu-me ser uma boa leitura

    ResponderExcluir