A Troca | Beth O'Leary

Conheci a escrita de Beth O'Leary através de Teto Para Dois, que conta a história de dois personagens que viviam no mesmo apartamento, dividiam a cama, mas nunca se encontravam. Me diverti tanto com Tiffy e Leon que não via a hora da autora lançar um novo livro, e olha que eu nem sou muito fã desses enredos estilo comédia romântica. Quando vi a sinopse de A Troca, fiquei ainda mais animada, porque tinha certeza do potencial dessa trama. 

Aqui, acompanhamos a trajetória de duas protagonistas: Leena Cotton, 20 e poucos anos, que tem uma crise de pânico durante a apresentação de um dos trabalhos mais importantes da sua vida; Eileen Cotton, 79, recém divorciada a procura de uma nova aventura. Leena mora no agito de Londres, enquanto Eileen vive numa pacata cidade do interior. Quando a jovem descobre o desejo da avó de encontrar um novo amor, propõe que elas troquem de lugar durante dois meses, uma chance para as duas encontrarem um sentido para suas vidas.

Esse enredo tem cheiro de diversão, não tem? Estaria mentindo se dissesse o contrário, porque realmente as personagens se envolvem em cenas muito engraçadas. Mas mesmo que eu tenha gostado bastante da narrativa, principalmente porque foca em relacionamentos não amorosos — tem um pouquinho de romance sim, mas o que se destaca são as relações familiares e amizades —, acabei me decepcionando um pouquinho com uma das protagonistas. 

Na minha humilde opinião, Leena não parece nada com uma jovem adulta bem sucedida. 80% das suas atitudes são mais condizentes com as de uma adolescente de 15 anos, o que me deixou muito irritada. Além de reclamar o tempo inteiro por coisas muito idiotas, fiquei especialmente incomodada com a relação dela com a mãe. Em tese, aconteceu uma coisa muito triste na família há um tempinho, e Leena culpa a mãe pelo ocorrido. Fiquei muito frustrada, porque desde o início é muito claro que não havia outra saída, mas Leena insiste em tratar a mãe com grosseria e pouco caso. 

Em contrapartida, Eileen é tudo de bom. Sempre ficava ansiosa para os capítulos narrados sob o ponto de vista dela, tinha inclusive vontade de saltar todos os da Leena. Fiquei muito envolvida pela vida dela em Londres, um local totalmente diferente do que ela vivia. Eu amei muito que Beth O'Leary não usou de jeito nenhum uma imagem de "vovó necessitada" aqui, o que é um dos pontos altos do livro: ele mostra que as pessoas mais velhas não são frágeis como pensamos. Na minha concepção, A Troca podia ser só sobre Eileen Cotton que eu não iria me importar nadica. 

A única coisa que salva Leena do desastre completo é que ela acaba amadurecendo bastante no decorrer desses dois meses. Ela ficou dois meses convivendo praticamente com pessoas idosas, que histórias de vidas marcantes e vivências importantes, impossível não conseguir aprender pelo menos um pouquinho. Mas ainda assim fiquei triste, porque é algo que só fica claro bem no final, depois dela quebrar a cara bem feio. 

As duas personagens têm esse arco de recomeço, que geralmente é algo que gosto muito em livros. Mas além disso, A Troca também fala um pouco sobre luto e a forma como cada pessoa lida com ele, algo que eu também gostei bastante. Ah, e antes que eu me esqueça, Beth O'Leary também fala bastante sobre feminismo, especialmente ao deixar claro que mulher nenhuma é obrigada a aguentar homem babaca, seja qual for a idade!

Enfim, apesar dessa meu desalento com Leena que fez com que eu ficasse irritada em praticamente todas as partes narradas por ela, eu achei bem bom. É daquelas leituras deliciosas, no fim das contas, que carregam uma leveza que faz bem pra gente. Levem em consideração que metade do livro é narrado sob o ponto de vista de Leena e mesmo assim eu gostei muito... É algo a se pensar, né? 

Só mais uma coisinha antes de eu ir embora: ainda está de pé minha petição para Beth O'Leary escrever um livro apenas sobre a Eileen. Deixem a assinatura de vocês aí nos comentários para que o projeto possa ir pra frente, risos. 

Título Original: The Switch ✦ Autora: Beth O'Leary
Tradução: Ana Rodrigues ✦ Páginas: 352 ✦ Editora: Intrínseca
Livro recebido em parceria com a editora

Postar um comentário

13 Comentários

  1. Ana!
    Já assinei a petição...kkkk
    Ah! Gostei muito desse enredo da troca, só não entendi bem a dinÂmica de tudo como isso acontece.
    Deve ser um livro bem cômico e adoro poder dar boas risadas lendo um livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Fui completamente Eilleenada!!
    Uma das minhas melhores leituras de 2020!
    É...algumas atitudes de Lenna não foram legais mas ela amadureceu e se redescobriu!
    Os coadjuvantes roubaram a cena não é?!
    Já quero Road Trip da Beth

    ResponderExcluir
  3. Como ainda não li o livro, não dá pra assinar ainda rs Mas oh, ele está ali na estante, só esperando a vez dele de ser lido.
    Eu ainda não li Teto Para Dois, mas pretendo fazer isso em breve e eu sempre fico apreensiva com isso de livro no tal Hype. E A Troca está nesse momento.
    Agora deu medo de me irritar rs
    Mas se tem um pouco de diversão, eu sei que devo gostar, ao menos um tanto!!!
    Lerei com certeza!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nenhum livro dessa autora, mas esses dois que foram lançado por aqui tenho muita vontade de ler. Pelo visto a Eileen é a personagem que todos gostaram rsrs, espero ler logo esse livro!! A capa dele é muito linda como o outro também!

    ResponderExcluir
  5. Oiii!

    Eu amei essa capa!! Ainda não li Teto para dois mas quero muito fazer pois só vi elogios, saber que esse livro também uma ótima opção de leitura, me deixou curiosa para comprar os dois livros da autora

    Gostei muito da sua resenha!

    ResponderExcluir
  6. Gentee, mas eu não conheço Teto para dois e estou me perguntando porque ainda não li. Só pelo início da resenha pareceu ser bem legal.
    E o livro tema da resenha mesmo também parece ser muito bom... estou acompanhando várias resenhas e parece que essa autora sempre está acertando.

    ResponderExcluir
  7. Olá.

    Eu gosto muito de Teto para dois e estava super empolgada para ler esse novo livro dela.
    Mas depois da sua resenha eu fiquei com receio KKKKK
    Medo de pegar abuso da personagem também.
    Vou tentar dar uma chance mesmo assim!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nada dessa autora e tava animada pra ver mais dela, parece que os livros são bem gostosinhos de ler. Esse tem uma história divertida também e mesmo com uns deslizes de personagem ela parece ganhar nosso coração bem fácil. A personagem em questão crescer ao longo da trama me anima. Gosto de ver esse tipo de coisa. Tem sempre aqueles que a gente ama do começo ao fim, mas é bom ir conhecendo e vendo alguém mudar ao longo da história assim. Acho que iria gostar bastante de ler.

    ResponderExcluir
  9. Olá! Ahhh mesmo ainda não tendo lido o livro já adoro a Eileen, que parece ser uma personagem tão maravilhosa, por tudo que li sobre ela, não tenho dúvidas que também assinarei essa petição.

    ResponderExcluir
  10. Olá Ana Clara!
    Eu AMEI Teto para dois, fazia tempo que uma comédia romântica não me conquistava desse jeito, portanto já sou fã da autora e pretendo ler tudo que ela escrever. Eu estava mega ansiosa para por as mãos nesse livro, quando vi a sinopse já me encantei, pois não são muitas as obras que tratam os idosos como mais do que a tia/avó/irmã(o) camarada não é mesmo? Só não gosto muito de personagens imaturos como a Leena, que não agem de acordo com a idade que tem, mas vou relevar se ela aprende com os erros e amadurece no final. Ele está aqui na estante esperando para ser lido em breve.
    Ah, e pode contar com a minha assinatura na petição hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ana
    Petição assinada, kkk.
    Como não tenho pessoas idosas que são próximas de mim, sinto muito a falta de conversar com eles. Os idosos conversam sobre tudo conosco, e aqueles que são alegres são os melhores, tem muito conhecimento para passar aos mais novos.
    Depois de ler sua resenha sei que vou gostar desse livro, beijos.

    ResponderExcluir
  12. Miga, eu adorei essa premissa. Eu gostei mais ou menos de Teto para Dois e por isso não fiquei tão afoita para ler A Troca, mas essa ideia de troca de lugar eu acho muito bacana.

    Acho que assim como você eu me irritaria com a personagem sendo tão teen em suas atitudes, hoje em dia não tenho paciência para isso kkk

    Silviane, blog kzmirobooks.com• Siga no Instagram: @kzmirobooks

    ResponderExcluir
  13. Oiii,
    Amiga, esse é um livro muito desejado por mim. Depois de ter lido Teto para dois, fiquei com muita vontade de ler livros da autora. Esse livro parece ser bem fofo e interessante o amadurecimento das personagens. Espero muito ler esse livro logo.

    Beijinhos: Tempos Literários

    ResponderExcluir