28 de janeiro de 2016

Resenha: Arquivos Serial Killer: Louco ou Cruel?

Título: Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel?
Autora: Ilana Casoy
Paginas: 360
Editora: DarkSide® Books

A primeira parte de Louco ou Cruel? aborda os serial killers sob diversos aspectos e à luz da Criminologia, do Direito, da Psiquiatria e da Psicologia, e dedica-se a dissecar este universo, analisando como tudo começa, quem são as vítimas, os aspectos gerais e psicológicos, os mitos e as crenças, o perfil do criminoso, a psicologia investigativa, a análise do local do crime e a encenação/organização da cena. Na segunda parte do livro, Casoy apresenta em detalhes 16 casos de serial killers que chocaram e marcaram o século XX, entre eles Albert Fish, Ed Gein, Ted Bundy, Andrei Chikatilo, Jeffrey Dahmer, Aileen Wuornos e o Zodíaco, cuja identidade segue desconhecida até hoje. Histórias que habitam as entranhas da humanidade e o que ela tem de pior: frieza, perversidade e falta de sensibilidade que acabam por produzir o mal em escalas inimagináveis.

Sempre gostei muito de séries policiais, principalmente Criminal Minds, que trata basicamente do assunto abordado no livro: serial killers. O diferencial é que os perfis e dados apresentados por Ilana são reais, o que deixa tudo mais assustador. O livro é maravilhoso, é claro, mas confesso que fiquei com um pouco de medo sim, e principalmente pensativa. É meio difícil imaginar e acreditar que existem assassinos assim no meio de nós. 

25 de janeiro de 2016

Resenha: Desde o Primeiro Instante

Título Original: You had me at Hello
Autora: Mhairi McFarlane
Páginas: 464
Tradução: Carolina Caires Coelho
Editora: Novo Conceito


Rachel acabou de romper um noivado e está decidindo o que vai fazer da vida. Quando ela se encontra casualmente com Ben, um amigo dos tempos da faculdade, seu coração balança. Na época não rolou, mas agora ele parece tão mais interessante... O problema é que Ben está casado, “fora do mercado”, como se costuma dizer. Ok, hora de partir para outra. Rachel não é nenhuma mocinha ingênua, dessas que se deixam levar pela emoção. O fato de Ben ser lindo, educado, engraçado, nobre e fiel não é suficiente para tirar Rachel do seu eixo. Claro que não. Na verdade, ele é O Companheiro Perfeito. Pena que seja tão fiel! Apaixonar-se pelo melhor amigo é o sentimento mais gostoso do mundo, mas também é assustador.

Desde o Primeiro Instante, de Mhairi McFarlane, estava estagnado na minha estante desde que o recebi em parceria com a Editora Novo Conceito. Ele era um dos livros que mais me deixaram curiosa na época do lançamento, mas eu tenho a mania irritante de não ler os que mais quero primeiro - a expectativa me deixa desconfiada. Então ele foi ficando, ficando... E eu acabei nem lembrando mais que ele estava lá. Até que a Ana me convidou para participar do projeto "Está na Estante e Não Leu? Seu Amigo Escolheu!" e selecionou ele para que fosse minha leitura.

21 de janeiro de 2016

Resenha: Os 13 Porquês

Título Original: Thirteen Reasons Why
Autor: Jay Asher
Páginas: 256
Tradução: José Augusto Lemos
Editora: Ática

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Sabem aquele livro que todo mundo na face da Terra indica e fala bem? Pois então, Os 13 Porquês é esse tipo de livro. Eu sempre tive vontade de lê-lo, já que todos os migos me indicavam e diziam que era a melhor história que eu leria na minha vida. É um livro bom? Sem sombra de dúvidas. Me marcou da forma que achei que marcaria? Infelizmente, não. 

17 de janeiro de 2016

Promoção: Amamos Nacionais!


O ganhador desta promoção irá se emocionar com a fuga de cinco jovens na tentativa de salvarem suas vidas (Fugitivos), compreender como funciona a cabeça dos homens (Verme! / Royal 47), lutar contra a dominação das máquinas (Condão), torcer pelo amor de um triângulo amoroso (Coração Sem Fim), rir com as brigas de um casal apaixonante (Retratos de Uma Vida), tentar descobrir o responsável por uma série de assassinatos (Joia Rara), viajar entre o presente e o passado nos  delírios de um jovem (O Colecionador de Borboleta), se aventurar entre criaturas fantásticas e deuses poderosos (A Profecia de Samsara), ajudar um delegado beberrão e mulherengo a solucionar um complicado crime (Morte na Flip) e se assustar com as mortes em um vilarejo afastado (O Vilarejo).

14 de janeiro de 2016

Parceria: Luisa Soresini

Oi pessoal! O post de hoje é para anunciar a nova parceira aqui do blog, Luisa Soresini. Fiquei muito feliz quando ela entrou em contato comigo por e-mail perguntando se eu gostaria ler o livro dela, A Filha do Norte, publicado pela editora Novo Século. 

SOBRE A AUTORA



Luisa Soresini capixaba, nascida em Vitória /ES. Passou quatro anos da sua vida em São João Del-Rei/MG, terra de seus avós. É formada em Letras, blogueira nas horas vagas, leitora e escritora voraz na maioria do tempo. É autora do blog Todo escritor deve saber. Escreveu seu primeiro romance aos 23 anos, intitulado A Filha do Norte, ganhando o Selo de Talentos da literatura Brasileira pela Novo Século Editora.

11 de janeiro de 2016

Resenha: Lonely Hearts Club

Título Original: The Lonely Hearts Club
Autora: Elizabeth Eulberg
Páginas: 240
Tradução: Marina Vargas
Editora: Intrínseca

Penny Lane Bloom cansou de tentar, cansou de ser magoada e decidiu: homens são o inimigo. Exceto, claro, os únicos quatro caras que nunca decepcionam uma garota — John, Paul, George e Ringo. E foi justamente nos Beatles que ela encontrou uma resposta à altura de sua indignação: Penny é fundadora e única afiliada do Lonely Hearts Club — o lugar certo para uma mulher que não precisa de namorados idiotas para ser feliz. Lá, ela sempre estará em primeiro lugar, e eles não são nem um pouco bem-vindos. O clube, é claro, vira o centro das atenções na escola McKinley. Penny, ao que tudo indica, não é a única aluna farta de ver as amigas mudarem completamente (quase sempre, para pior) só para agradar aos namorados, e de constatar que eles, na verdade, não estão nem aí. Agora, todas querem fazer parte do Lonely Hearts Club, e Penny é idolatrada por dezenas de meninas que não querem enxergar um namorado nem a quilômetros de distância. Jamais. Seja quem for. Mas será, realmente, que nenhum carinha vale a pena?

Se você for fã dos Beatles como eu, vai entender logo de cara o porquê de esse livro ter chamado tanto a minha atenção. "We’re Sargent Peper’s Lonely Hearts Club Band, we hope you have enjoyed the show"... Pois é, minha gente... Logo me apaixonei pelo nome, pela capa e achei a sinopse no mínimo interessante. É realmente uma pena eu não ter aproveitado tanto assim o show.

8 de janeiro de 2016

Resenha: Mentirosos

Título Original: We Are Liars
Autora: E. Lockhart
Páginas: 272
Tradução: Flávia Souto Maior
Editora: Seguinte

Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos. Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.

Quase morri de tanta felicidade quando a Jú me mandou um e-mail falando que ia me presentear com um exemplar de Mentirosos, pois ela havia visto o dito cujo na minha lista de desejados do Skoob. Por um triz eu não interrompo todas as minhas outras leituras para começar a ler essa obra aqui, mas me segurei. Estava até receosa de me decepcionar de tão altas que as minhas expectativas estavam, mas a verdade é que eu só me surpreendi.

5 de janeiro de 2016

Promoção: Três Anos de Obcecada Pelos Livros


Neste mês de janeiro, o Obcecada Pelos Livros completa seus 3 aninhos de existência, e não há melhor maneira de comemorar do que um sorteio, certo? Então, pensando nisso, juntamente com alguns blogs e uma autora parceira, decidimos fazer um sorteio super especial para vocês! 

4 de janeiro de 2016

Promoção: Ano Novo, Livros Novos!


Nada como começar o ano com livros novos para ler. Ou então, renovar aquela coleção que você ama, mas que já está velhinha, prontinha para ir para uma outra estante, e, no lugar, colocar uma acabada de ser lançada! ;)

Assim, o GETTUB convidou 20 blogs amigos para criar este sorteio para vocês:

1 de janeiro de 2016

Doze Livros Para 2016


Início de ano é sempre a mesma coisa: a gente faz um milhão de metas e não cumpre metade delas. Obviamente não poderia de fazer uma lista de leituras, né? Escolhi alguns dos livros de acordo com o tempo que eles estão parados, outros pela vontade e alguns que eu ainda não comprei mas pretendo tê-los na estante. Enfim, o que importa de verdade é eu conseguir lê-los.
 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©