Semana Especial Clássicos Intrínseca: Crepúsculo

Foto: Ana Gabriela

Quando a Intrínseca convidou os parceiros para falarem sobre os clássicos da editora durante uma semana especial, não pensei duas vezes para escolher Crepúsculo. Quer dizer, sempre que eu penso na Intrínseca, o primeiro livro que me vem a cabeça é Crepúsculo, porque foi assim que eu conheci a editora. Além disso, a saga inteira tem um papel muito importante na minha vida como leitora: era uma criança que lia muito, mas parei por algum motivo desconhecido. Foi o universo criado por Stephenie Meyer que, anos depois, fez com que eu me interessasse novamente pela literatura. Sério, eu li esses livros antes mesmo de ler Harry Potter

Eu tinha uns 13 anos quando vi o livro pela primeira vez, aquela capa maravilhosa que todo mundo conhece — até hoje sou incondicional e irrevogavelmente apaixonada por ela, rs. Eu lembro exatamente porque eu estava na sétima série (sim, série, eu tô ficando velha) e uma das minhas colegas estava super aflita para terminar logo o livro no intervalo entre uma aula e outra porque queria desesperadamente saber se o "vampiro do mal" ia conseguir pegar a Bella. Obviamente, como eu não gostava mais tanto assim de ler na época, só fui me interessar pelos livros só depois de assistir ao filme em DVD, um tempinho depois que ele foi lançado nos cinemas brasileiros. 

right-sidebar
O filme é uma outra boa lembrança que eu tenho, pois assisti pela primeira vez com uma das minhas primas preferidas e ficamos chorando por horas depois de ter terminado, igual duas bobas, rs. Não nego que ainda me emociono com algumas cenas! Então, sim, foi aí que eu me apaixonei por Crepúsculo. Depois desse episódio, mainha me deu todos os livros lançados até então (Crepúsculo, Lua Nova e Eclipse) de presente de aniversário. Depois desses três, comecei a me interessar por outras sagas, como Harry Potter, Percy Jackson, Beautiful Creatures, Fallen... Fui lendo, lendo e lendo até me tornar quem eu sou hoje!

— E então o leão se apaixonou pelo cordeiro... — murmurou ele.
Virei a cara, escondendo os olhos enquanto me arrepiava com a palavra.
— Que cordeiro imbecil. — suspirei.
— Que leão masoquista e doentio.

Uma curiosidade engraçada que eu preciso contar para vocês é que meu irmão e eu assistimos ao filme tantas vezes que a gente sabia praticamente todas as frases de cabeça. Como se já não fosse o suficiente, a gente mostrava para todo mundo que a gente sabia protagonizando partes do filme, principalmente aquela cena em que a Bella conta para o Edward que sabe que ele é um vampiro.

right-sidebar
E aí vem a parte realmente hilária dessa história toda: eu virei adolescente e comecei a ter vergonha de gostar de Crepúsculo, dá para acreditar? Cheguei dar meus livros embora por causa disso — claro que me arrependi no mesmo instante, mas não se preocupem porque minha coleção já está completa de novo. Quando me perguntavam se eu gostava, negava até a morte, mas assistia todos os filmes escondido em casa SIM, rs. Agora, com 25 anos, fico feliz em informar que sou fangirl de Crepúsculo sim e que eu choro até hoje sim se ouvir A Thousand Years. Muito obrigada, Intrínseca, por ter colocado essa saga na minha vida e por ter ajudado na construção do meu gosto literário, amo vocês!

Sim, eu sei, são muitas lembranças nostálgicas e gostosas. Também quero saber algumas coisinhas de vocês, portanto me contem tudo e não escondam nada!
1. Vocês também tiveram uma fase de adolescente rebelde em que não assumiam que gostavam das coisas por vergonha das pessoas acharem bobo? Se sim, conte aqui quais coisas são essas, tá bom? Não existe isso de vergonha no Roendo Livros!
2. Vocês são #TeamEdward ou #TeamJacob? Só para vocês saberem, não existe espaço para Jacob nesse site, rs.
3. Qual clássico da Intrínseca, além de Crepúsculo, nunca saiu do coraçãozinho de vocês?

Fiquem de olho que essa semana vai sair muito conteúdo legal sobre essa saga que fez a diferença na vida de tantas pessoas!

Postar um comentário

25 Comentários

  1. Passei pela mesma fase de fingir que eu não gostava de crepúsculo, mas a vida é curta demais pra gente não ser fangirl de tudo. Quando tive a oportunidade de participar de uma releitura (seria leitura pra mim) eu percebi que sempre amei kkkkkk #TeamEdward.

    www.aquelemqueana.com

    ResponderExcluir
  2. Amiga maravilhosa!!!
    Crepúsculo é a minha saga fav e voce sabe disso!! Já teve momentos em que fui teamJacob, mas acho que eu sou 100000% teamEdward ♥♥♥ Crepúsculo foi o que me fez ter essa paixão INCRÍVEL pelos livros! Adorei saber um pouco sobre sua história com essa saga (e eu também acho as capas lindas, hahaha!). To ansiosa pelos próximos posts ♥

    Beijo no seu coração
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  3. Misericórdia, Ana! Como assim doou os livros por vergonha? Kkkk
    Sabe que nunca tive vergonha de livros, até dos hot que li e carregava comigo kkkk agora você tem que comprar de novo a saga kkk
    Amei seu post. Eu conheci a editora por Crepúsculo também, que por sinal, eu não gostei muito do filme e nem me empolguei de ler. Mas daí com 18, eu emprestei eles na biblioteca da faculdade e ameeei! Comprei todos depois, e esse ano quero reler.
    Outros clássicos da intrínseca pra mim são A menina que roubava livros e A culpa é das estrelas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Acompanhei essa sua releitura de Crepúsculo pelo Twitter e Instagram.
    Se eu falar que só assisti aos filmes vai me bloquear? 😬
    Quem nunca renegou gostar de algo que é fã?!?
    Doar os livros foi pesado. Rsrsrs
    #TEAMEDWARD
    Sofreu quando Kristen e Robert terminaram?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, você só será perdoada por esse erro se ler os livros, ok? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk <3

      Excluir
  5. Oi, Ana
    Você acredita que nunca li a saga, me perdoe apenas assisti os filmes.
    Na época que vi gostei muito dos filmes e era #teamedward agora depois de velha sou #teamjacob ( não sei dizer se é pelo ator ou se por causa de ser lobo).
    Adolescência eu tinha parado de ler com a frequência que leio hoje ficava mais cantando, na quinta série uma amiga e eu cantamos muitas músicas de João Paulo e Daniel. Depoisfiquei com vergonha de ter cantado, mas não negava. Tenho um pequeno problema até hoje quando fico com vergonha minhas bochechas ficam vermelhas, tinha coisas que não adolescência era difícil disfarçar.
    Tomei conhecimento da editora Intrínseca com A menina que roubava livros (foi o primeiro livro que ganhei de aniversário ), outros clássicos deles que gosto também são A culpa é das estrelas, Extraordinário.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ana!
    Como assim teve vergonha de gostar de Crepúsculo?
    Já tinha passado e muito da adolescência quando pude assistir os filmes e posteriormente, ler os livros, mas mesmo já mais madura, nunca tive vergonha de gostar... kkkkkk
    Adorei o começo dessa semana da Intrínseca.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudy, sabe crise de adolescente? Pois então. Foi naquela época que a saga teve um hater gigantesco. É engraçado, porque hoje em dia com 25 anos não tenho um pingo de vergonha mais!
      Você tá mais que certa, viu?

      Excluir
  7. Eu penso que todos nós já tenhamos sentido vergonha de ter lido algo. Crepúsculo eu nunca senti não.rs mas li e vi todos os filmes. Agora se eu contar que não admiti por um tempo que lia Harry Potter, você acredita?? Hoje meu maior sonho é o box de Harry, pois li todos emprestados!
    A Editora vai nos trazer essa nostalgia gostosa e eu amei tudo isso.
    Extraordinário!!!! Essa é minha lembrança doce da Editora!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  8. Passei pela mesma fase de fingir que nunca curti pq td mundo achava besta e tals,daí vi um post no Facebook falando sobre não julgar nem se arrepender,pq crepúsculo foi a porta de entrada para muitas pessoas começarem a ler e isso que realmente importa.

    ResponderExcluir
  9. Eu amo essa história. Foi o primeiro livro que li e sempre fui apaixonada pelo Edward. O jeito como eles se amam é lindo. Eu não sei explicar o quanto ver os filmes me faz bem. E é uma pena que poucos vêem a beleza da saga.

    ResponderExcluir
  10. Quando eu era menor, tinha uma rivalidade com Crepúsculo porque era/sou muito fã de Harry Potter e os fãs das sagas sempre criavam rixas. Era sem fundamentos, porque nunca tinha lido os livros ou visto os filmes. Há dois anos atrás uma amiga que é fã (oii Hanna!) me deu de presente de aniversário TODOS os livros da saga porque eu tinha comentado com ela que nunca tinha lido mas que tinha interesse porque estava começando a gostar muito do tema vampiros. Comecei a ler na hora e devorei tudooo! Agora sou apaixonada pela historia, personagens e gosto ainda mais da Intrínseca (que já conhecia por ser fã de Percy Jackson). Adorei ler o depoimento e os comentários também e espero por mais <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu lembro muito bem dessa fase das rixas entre as séries. Também nunca achei que faz sentido, até porque tá tudo bem ser fã das duas, né? É o meu caso.
      Que bom que você acabou gostando da experiência!

      Excluir
  11. Olá Ana!
    Crepúsculo marcou toda uma geração de adolescentes, e é impossível não amar todo esse universo vampiresco criado por Stephanie Meyer, né?
    Eu só conferi as adaptações, mas minha irmã leu todos os livros da série e sempre vive insistindo para que eu leia (espero fazer em breve hahahaha).Vou deixar minhas respostas para as perguntas.
    1- Sim, acredito que todo mundo teve, né? Eu assistia (e ainda assisto) animes e morria de vergonha na época do colégio. Mas hoje? Nem ligo kkkkk.
    2- Não posso falar muito por não ter lido, mas sempre gostei mais do Jacob nos filmes, pelo ar “sofredor” do personagem.
    3- Com toda certeza Percy Jackson, até porque foi um dos primeiros universos que me fez começar a amar ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho 17 anos, e minha história é bem parecida com a dela, só que eu nunca tive essa fase de fingir que eu não gostava de crepúsculo, muito pelo contrário, quem me conhece sabe que desde a primeira vez que eu assisti o primeiro filme essa saga mudou minha vida e até hoje eu assisto, tanto é que atualmente estou lendo "Vida e Morte", uma versão de Crepúsculo. Eu sou #TeamEdward, claro, sempre fui. Eu conheci a Intrínseca por causa de Crepúsculo e até hoje não posso ouvir falar no nome que com certeza eu recomendo e me apaixono ❤❤❤

    ResponderExcluir
  13. Amando essa semana especial.
    Lembro que desejei tanto ganhar um exemplar de Crepúsculo, pedi muito para minha mãe, então entrou no Hype e perdi o interesse.
    Acredito que senti vergonha em dizer que em algum momento quis ler; bobeira, né? Fez tanto sucesso e de repente começaram a desdenhar.
    Hoje em dia sinto uma leve vontade de ler.
    Não vou nem dizer que sou #TeamJacob para não ser expulsa daqui, também não base para argumentar o porquê de ser #TeamJacob (deve ser por conta dos músculos haha).
    Meu queridinho da Intrínseca é A última carta de amor, da Jojo Moyes.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Eu sempre amei Crepúsculo desde a primeira vez q li (depois disso eu reli muitas vezes ♥), mas o que mais me chocou foi quando decidimos ler no clube do livro (no meu grupo de melhores amigas nós fazemos um clube do livro), onde tdas estavam relendo, e tínhamos que fazer anotações de tudo para poder discutir cada capítulo. Nessa vez foi a primeira vez q li não só pela história, mas analisando tudo de maneira muito profunda. Somente nessa leitura a gente foi perceber o quanto Bella é madura e tbm como não existe triângulo amoroso (Jacob é só um babaca q forçou a Bella nas duas vezes q ele se beijaram - uma forçou fisicamente q a Bella narra como ele era mais forte ela só podia esperar ele terminas, e a outra foi psicologicamente, fazendo ela acreditar q ele ia ficar se ela beijasse - e Bella só amou ele como irmão), e como o tema principal da saga não é vampiros e romance, e sim FAMÍLIA!! Eu amei seu texto, é bom de vez enquanto reviver essa história, eu recomendo mto a releitura!

    Eu nunca tive vergonha de falar q amava Crepúsculo (tanto livros quanto filmes, principalmente pelos filmes ter a melhor trilha sonora do mundo).
    #TeamEdward sempre, depois de descobrir como o Jake é babaca eu não entendo quem é #TeamJacob.
    Outro clássico da editora q foi minha infância/adolescência é Percy Jackson.

    ResponderExcluir
  15. Oi amiga,
    Já havia lido esse post quando cê postou no status, mas não sabia o quê comentar porque sou #TeamJacob, então acabou de ter espaço no bloguinho pra essa que vos fala kkkkkk.
    Amo os filmes, MAS não consegui ler os livrinhos hahaha, acredito que seja mais por ter tentado ler antes mesmo de criar o hábito/paixão pela leitura.
    Não julgo sua vergonha porque em algum momento já neguei que li algum livro, hoje nem ligo.
    Dos clássicos da Intrínseca agradeço à "Hush, Hush", série que consagrou minha entrada ao mundo literário, sérious, não comprava livro porque não relia, achava isso "inútil", vê se pode uma coisa dessas?! Foi uma série que li emprestada, mas quem me emprestou os livrinhos só tinha os 3 primeiros, aí li os 3 e queria saber o final, o box entrou em promoção e comprei pra ler o último kkkk, reli umas 3 vezes a série toda. Também amei PJ.
    P.S.: necessito ver sua atuação, vai ficar me devendo essa pra depois da 40tena.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não acredito que você me decepcionou dessa forma, amiga, affffffff.
      Hush, Hush eu li também, logo depois de ler Crepúsculo, para falar a verdade. É bem legal, né?
      AS VERGONHA QUE TEREI QUE PASSAR, MEU PAI. Mas só fica bom meu maninho, tá? hhahahhaahhaa

      Excluir
  16. Ahh essa história...
    Foi a febre da adolescência e que só considero ainda alguma coisa porque foi o que me fez ler. Já não vejo essa graça toda, adimito. E parei de gostar justamente por começar a ler e ver outros livros e histórias que considerei melhores. Ahh sei lá. Depois que fui pegando o gosto em ler perdi aquela graça que via nessa história. Não cheguei nem a ver o ultimo filme, e era daquelas fãs que berravam no cinema...
    Até "amizade" esse negócio me fez perder. Olha o nível do negocio.
    Mas bate uma nostalgia de lembrar da loucura que foi isso. Não doei o livro que tinha, ainda tenho um bendito aqui só porque fiz minha mãe comprar pra mim quando nem podia, nunca tinha comprado livro, era caro na época e eu li tantas vezes o bendito que criei apego emocional no livrinho. Faz parte da minha história de leitora. Mas passou. A fase passou, já não gosto muito disso e acho engraçado, bonitinho de ver histórias de quem viveu essa loucura de ser fã da saga. Tem muita coisa bem doida. Mas guarda um clima de quem viveu uma fase coletiva, muitas histórias aí..
    Só que Acho que iria rir de tanta coisa se fosse ler esses benditos de novo hoje em dia xD

    ResponderExcluir
  17. Quem nunca teve vergonha de gostar de Crepusculo? Passei muito por isso kkkk sempre me zoavam, mas fazer o que, nem todo mundo tem bom gosto, sem contar a trilha sonôra dos filmes, que amo até hoje!

    Jacob esquecido no churrasco!

    ResponderExcluir
  18. Oi Ana!
    Eu lembro até hoje do dia que fiz meu cadastro na biblioteca do bairro só para pegar Crepusculo e lembro da sensação de perceber que eu AMO ler! ♥ E também lembro da primeira vez que vi o filme, uma duas semanas após ler, e como eu fiquei a noite toda acordada pensando na história (é, isso aconteceu kkk). Eu acho que já fingi sim não gostar de algo apenas para ser mais cool, mas confesso que hoje já nem lembro mais. Com Crepúsculo eu sempre amei e levantei bandeira hahaha
    Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  19. Oii Ana. Obrigada por ter escolhido Crepúsculo! hehe
    Nunca tive vergonha de ler crepúsculo não, mas passei uma fase assim quando li a trilogia de 50 tons de cinza, li e gostei muito, mas teve um tempo que fiquei com vergonha de admitir que gostava kk Hoje em dia nem ligo mais, cada um tem seu gosto.
    Quanto a Crepúsculo..sou #TeamEdward always! Jacob é chato demais!
    Também me acabo de chorar quando ouço A Thousand Years ♥ Só de falar nessa saga maravilhosa já dá aquela vontade de assistir haha

    ResponderExcluir
  20. Me lembro de quando eu estava no fundamental e ouvia todas as garotas falando no Jacob Black e eu sem saber entender o que era. Ai peguei o livro emprestado e surtei horrores. Mais de odio o que de amor. kkkk Mas amei a trilha sonora do filme

    ResponderExcluir