Oito Livros Populares Que Não Curti Muito


Uma das coisas mais horríveis que existe é começar um livro com muita expectativa e, no fim ou mesmo no decorrer da leitura, perceber que a história não era exatamente o que você pensava que fosse. Pior ainda quando é um livro que todo mundo fala bem, exatamente aquele que causou um reboliço enorme entre os leitores, né? É justamente sobre essas experiências que vou falar hoje.


Um Amor Para Recordar

A minha primeira grande decepção literária foi com Um Amor Para Recordar. O filme homônimo é um dos meus preferidos da vida, e o que eu encontrei na narrativa do Nicholas Sparks foi bem diferente daquilo que eu estava acostumada. A obra cinematográfica é muito mais tocante, romântica e dramática... Sem contar que a química entre Mandy Moore e Shane West, atores que deram vida aos protagonistas, é difícil de superar até hoje. 

A Seleção

Não é que eu tenha odiado A Seleção ou algo do tipo, só foi diferente do que eu esperava. Afinal, o livro é vendido como uma distopia, mas a verdade é que está muito mais para romance adolescente, né? Não me entendam mal, eu AMO romance adolescente, mas nesse livro em específico estava esperando ler uma trama distópica. Além disso, a personagem principal, America, é tão chata e indecisa que se afeiçoar a ela se torna uma tarefa praticamente impossível. 

A Bússola de Ouro

A aventura de Lyra, protagonista de A Bússola de Ouro, faz tanto sucesso que os livros da trilogia foram até relançados pela editora Suma. Porém, não funcionou para mim... Achei a narrativa extremamente parada e nada acontecia de fato, sabem? Muitas ameaças potenciais, mas nenhum perigo concreto. A reviravolta, bem no final, não foi suficiente para me fazer amar a história, ainda que os personagens sejam uma gracinha.

O Lado Bom da Vida

O que mais me incomodou nesse livro foi o estilo de narrativa adotado pelo autor. Pat, o protagonista, é um homem adulto com problemas psicológicos, e Matthew Quick o infantiliza muito por conta disso. Assim, Pat fala como se fosse uma criança de cinco anos, e eu não curti muito essa estratégia. Outro fato que me desagradou foi a personalidade de Tiffany, que se envolve com Pat, insuportavelmente amarga. No filme, por exemplo, a personagem é super alto astral... E o final do filme também é 50x melhor. rs

Todo Dia

De modo geral, a trama criada por David Levithan é muito interessante e bacana, principalmente se levarmos em consideração a questão da representatividade. O protagonista dessa história é gênero fluido, pois desde o momento em que nasceu ocupa o corpo de pessoas de ambos os sexos, o que nos dá uma perspectiva muito interessante sobre a sua existência. Obviamente o autor utiliza os personagens para falar sobre amor, independente de quem você seja. A única coisa que me atrapalhou em Todo Dia foi a narrativa, melancólica e lenta demais para o meu gosto.

O Lado Mais Sombrio

Eu sou apaixonada por releituras, então tinha certeza que ia amar O Lado Mais Sombrio, a história de Alice no País das Maravilhas contada de forma um pouco diferente. A. G. Howard utiliza elementos mais sombrios em sua trama, o que foi bastante legal, mas em determinado ponto, parece que ela perdeu a mão... As coisas começaram a ficar mais sem pé nem cabeça que a história original, e os capítulos são tão longos que eu tinha preguiça de começá-los. Ah, temos um triângulo amoroso aqui, mas não achei que foi bem desenvolvido ou que veio a calhar, infelizmente. 

Mulherzinhas

Confesso que me interessei por Mulherzinhas unicamente por causa da Emma Watson, que interpretou uma das irmãs March no filme Adoráveis Mulheres. Assim, para mim é um livro meia boca como qualquer outro em que a única coisa narrada são fatos do dia a dia dos personagens, MAS eu entendo a importância da obra. Por ter sido escrita em 1868, existem muitas coisas que realmente eram vistas como absurdos pela sociedade, como, por exemplo, a liberdade que as irmãs tinham. A questão religiosa incutida nas páginas também me incomodou muito, porque tudo era divido em "certo e errado", "bom e mau"... E nossa, tem uma irmã que reclama TANTO da vida que eu praticamente sofria cada vez que ela abria a boca. Enfim...

O Visconde Que Me Amava

Novamente... Não é que eu tenha odiado, só esperava mais mesmo. O Visconde Que Me Amava é o segundo volume da série Os Bridgertons, que acompanha a saga de oito irmãos. Anthony, o protagonista dessa história, é simplesmente o personagem preferido de todas as pessoas que são fãs desse universo criado por Julia Quinn... Então eu esperava encontrar O PERSONAGEM, O HOMEM dos meus sonhos, e não foi isso o que aconteceu. Muito pelo contrário, achei ele bem normalzinho? Colin, o terceiro irmão, é muito mais adorável, por exemplo. A questão é: não consigo entender o que as pessoas veem no Anthony e na história dele com Kate, rs. Não me julguem! 

Ainda sobre Os Bridgertons, prometo para vocês fazer um post especial falando minha opinião sobre todos os livros assim que eu terminar de ler todos. Já estou no sétimo, Um Beijo Inesquecível... Mas já adianto para vocês que meu livro preferido até agora é O Conde Enfeitiçado, da Francesca, a irmã esquecida na fila do pão. 

Mas me contem aqui... Qual livro super famoso que todo mundo ama e vocês não gostam? E já leram algum da minha lista? Já estou esperando os comentários indignados de vocês, então, por favor, peguem leve.

Postar um comentário

12 Comentários

  1. Oi, Ana!
    Eu amo esse tipo de post porque tem muita coisa que dá pra gente comentar né? Na época de A seleção, eu amei muito, mas hoje eu vejo muitas falhas e até critico porque meu deus... aquilo ali nunca será uma distopia.
    Li também Todo dia, que não tem nada demais, mas só pelo fato de ter o enredo diferenciado, eu gostei bastante. Mas acho as obras do Levithan extremamente chatas.
    O visconde que me amava eu li tem uns 5 anos mas eu não lembro de ser essa maravilha toda que o povo diz. Sinceramente pagam muito pau pro Anthony sendo que o Benedict é muito melhor KKKKK
    Os demais não li ainda.
    Beijo!
    https://capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Verdade, é sempre muito decepcionante quando a expectativa em relação a um livro não é alcançada :(
    Passei por isso com Mr. Romance... Foram tantos comentários positivos sobre ele que eu acabei me interessando e acabei lendo, sinceramente não vi nada demais nele.
    Dos livros que você citou li apenas O Visconde Que Me Amava, eu gostei, confesso que é um dos meus livros preferidos da série rsrs, mas realmente Colin é muito mais adorável do que Anthony.
    Bjos, amei o post!

    ResponderExcluir
  3. Todo dia eu amei mas nem quero ler as sequencias, alias nem sei pra que tem sequencia...visconde que me amava eu curti, mas gosto de outros livros mais da serie...a seleçao eu lembro que eu curti, igual tem fantasia com mais romance ali foi uma distopia com mais romance rsrsrs.

    ResponderExcluir
  4. Realmente, um dos piores sentimentos, acho que por isso eu evito ler livros que sejam muuuito hypados no momento, prefiro deixar a poeira baixar sabe?
    Tinha pra mim que só eu achava dois livros da sua seleção ruins ... Uma amor pra recordar e A seleção, que bom saber que você também KKKKK Eu assisti antes de ler e fui com tanta sede ao pote que pensei "o que está acontecendo? cadê toda aquela emoção?" Não consegui sentir. O filme é um dos mais lindos que existem, mas o livro me decepcionou.
    E meu deuuus, o que falar de A Seleção? Como alguém consegue suportar America? Só de lembrar dessa leitura me dá agonia.
    aaa, uma pena que O Visconde que me amava não encantou você. Ele tá no meu top 5 de favoritos da vida, é muito especial pra mim e releio todo ano. Esse casal tem tudo que eu mais amo, o desenvolvimento, o amor... olha, me emociono só de falar.

    ResponderExcluir
  5. Olá Ana
    Ótimo post.
    Acredita que não li nenhum desses livros? Até tenho alguns desses .A seleção eu nunca me interessei em ler .
    Mas acho normal a gente se decepcionar com livros que são populares.
    Dificilmente leio livros hypados .primeiramente porque sáo caros depois tenho que ver se é de um gênero que gosto e terceiro porque já tenho livros que estão muito encalhados aqui em casa para ler .então se eu for ler o que o povo está lendo só por ler , os livros mais antigos sempre vai ser deixados para trás.
    Mas não vamos te julgar por você não concordar com a maioria .o importante é a sua opinião, o seu gosto literário. Isso é o que torna a leitura fascinante.porque para alguns determinados livros funcionam. Para outros náo.
    É está tudo bem

    ResponderExcluir
  6. Ana!
    Acredito que abeleza na leitura dos livros, é justamente o sentimento que ele leva às pessoas. E não tem nada demai quando alguém não gosta de um livro, na minha opinião, porque penso, que os livros nos tocam, de acordo com nossas experiências e nossa forma de enxergar a vida, por isso, uns gostam, outros não e não tem nada demais.
    Amo o Nicholas e todos seus livros me tocam profundamente, mas deve concordar que o filme foi melhor.
    O mesmo aconteceu com A bússola e Ouro, o filme é infinitamente melhor e não tem a monotonia do livro.
    Quanto O lado mais sombrio gostei muito, embora não aprecie triângulos amorosos.
    Quanto aos outros, não li e não posso comentar.
    Quanto ao livro que todos gostaram e eu não... nem lembro de nenhum no momento
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Ana do céu! Eu Amo amo amo amo Anthony! Meu Bridgerton fav e meu livro fav da série! Já eu não consegui ir com a cara da Francesca kkkkk
    Só li A Seleção. Na época curti muito mas hoje acho que não iria amar tanto

    ResponderExcluir
  8. Eu evito ao máximo ler os livros na hora que a bomba explode rs sabe quando todo mundo está naquele frenesi? Acho que tem um gostinho especial deixar eles na estante mais um tempo e ler com calma, sem tantas resenhas ao mesmo tempo.
    Nunca senti vontade ler A Seleção. E isso só mudou um pouco com a falação sobre a adaptação chegando,mas admito que já passou rs
    O Lado Bom da Vida eu gostei muito na época que li. Me ajudou demais!
    Mulherzinhas também eu gostei,mas não foi aquilo tudo rs
    Adorei o post!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  9. Olá! Hahaha, sempre tem aqueles livros que a gente vai naquela expectativa e acaba não sendo tudo isso, e o pior é ter que ler tantas resenhas positivas e achar que o problema sou eu (risos), A saga ACOTAR é uma que eu não vi nada demais #prontofalei. Um amor para recordar é um dos piores livros que eu já li na vida, tanto que não leio mais nada do autor #soudessas, A seleção eu li já faz um tempinho, até gostei na época, mas hoje em dia, tenho certeza de que o resultado não seria o mesmo, O lado bom da vida também não me conquistou, como li depois de ter assistido ao filme, acabei gostando bem mais dos personagens retratados no filme. Agora em relação ao Visconde que me amava, o livro é sim meu favorito, mas não por conta do Anthony, mas sim por conta da minha querida Kate.

    ResponderExcluir
  10. Olá Ana Clara!
    A expectativa é mesmo uma bitch, por isso tento controlar as minhas, mas é difícil. Já li muitos da sua lista, A Seleção e Um amor para recordar foram lidos há muito tempo e me lembro de ter gostado, mas realmente no quesito distopia A Seleção deixa muito a desejar. Eu mal sabia do que se tratava a história antes de ler Todo dia, foi uma leitura ok, mas nada memorável. Já O lado mais sombrio eu adorei, achei a releitura muito boa, mas a autora se perdeu ao longo dos outros livros da série, menos mal que eles são bonitos para se ter na estante rsrs. Pra mim é difícil escolher um livro favorito de Os Bridgertons, fico entre O Duque e eu, Um beijo inesquecível e A caminho do altar. Também não acho Anthony tudo isso que dizem não, meu irmão favorito é o Gregory.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Amigaaa,
    eu quero muito ler vários livros que você citou e entendo que nem sempre vai funcionar para cada um.. Eu espero ter uma experiência boa do que você teve. Já sobre o Anthony, eu faço a mesma pergunta porque não é o meu favoritado da serie.

    Beijocas:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  12. Olá Ana! Dessa sua lista só já li a seleção e gostei, também esperava mais, porém gostei, e li também o Visconde que me amava e amei, curto muito a escrita da Julia, doida pra ler Mulherzinhas
    Bjs

    ResponderExcluir