Respire: a nova ciência de uma arte perdida | James Nestor

Você sabe respirar? Talvez a resposta para essa pergunta pareça óbvia, mas James Nestor provou em poucas páginas que a maioria dos males que acometem a saúde do homem moderno são decorrentes da maneira desastrada de respirar. Inalando ar pela boca com respirações curtas, estamos diminuindo nossa qualidade de vida e, consequentemente, a extensão dela. Em sua prosa científica cheia de simplicidade mesmo ao abordar temas complexos, o autor consegue explicar toda a trajetória da respiração humana, dar todos os argumentos de defesa para mudarmos nossa maneira de respirar e, por fim, explica cuidadosamente como podemos fazer isso. 

Quando li a sinopse, não sabia se este seria um guia sobre respiração ou um livro científico. Na verdade, Respire une um pouco dos dois. James Nestor é um adulto com todos os problemas respiratórios imagináveis, e para livrar-se dessa condição, decide entregar-se a técnicas de respiração, pois os fármacos já não funcionam efetivamente. Assim, a odisseia da respiração começa há 10 anos, quando ele passa a frequentar as primeiras aulas de respiração e depois, retorna ao tempo presente, onde conhecemos a participação do autor em diversos experimentos em centros de pesquisa como Harvard.

Deslocando-se diversas vezes na linha temporal e em diversos lugares pelo mundo, conhecemos todo o trabalho de pesquisa e descoberta que culminou na publicação de Respire. O autor faz isso intercalando blocos de parágrafos, fazendo uma passagem no presente, outra sobre conhecimentos médicos que endossam posicionamentos, depois voltando à sabedoria de ancestrais hindus e asiáticos. E acredite, todas essas transições deixam o leitor preso a um texto, que se contido em um periódico ou artigo, seria cansativo ou de difícil entendimento. 

Assim, a imersão no processo de escrita é tamanha, que o escritor também é uma cobaia de experimentos, yoga e outros exercícios. Por isso, a publicação também contém relatos de importantes cientistas, excursões em cemitérios franceses e entrevistas em um famoso estúdio brasileiro. Aos amantes de descobertas, é revigorante ver alguém buscando peças de um quebra-cabeça em culturas, lugares e profissionais diferentes.

Como se não bastasse todo o apanhado riquíssimo, no final do livro está contido um breve guia de todas as técnicas de respiração citadas, com um passo a passo pronto para a execução. Além disso, também possui um índice remissivo e notas que complementam os temas abordados. Para mim, o livro foi uma viagem cultural, científica e médica que certamente mudará a qualidade da minha respiração. E não é tão difícil. Basta respirar pelo nariz, fechar a boca e expirar corretamente.

Título Original: Breath: The New Science of a Lost Art ✦ Autor: James Nestor
Tradução: Petê Rissatti ✦ Páginas: 288 ✦ Editora: Intrínseca
Livro recebido em parceria com a editora

Postar um comentário

11 Comentários

  1. Olá My!
    Eu fui lendo a resenha e pensando: "Minha mãe precisa ler esse livro!". Sempre chamo a atenção dela para respirar direito (pelo nariz), mas como ela tem asma fica um pouco difícil não respirar pel boca também. Gostei de saber que o livro tem fundamentos científicos e os aborda de uma maneira leve. Nada como conhecer bem o nosso corpo para garantir a tão sonhada qualidade de vida. Amei o desenho sutil dos pulmões na capa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. My!
    Tão bom ler um livro que nos orienta como melhorar nossa vida, baseada em pesquisas e artigos científicos compravados, sem se tornar enfadonho ou cansativo, genial.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Realmente quase não damos atenção ao respirar. O fazemos no automático e muitas vezes outros problemas de saúde podem decorrer disso.
    Achei incrível Nestor se dedicar a estudar, aprender e desenvolver técnicas de respiração

    ResponderExcluir
  4. Se eu te contar que ontem falei pra minha amiga de caminhada que preciso aprender a respirar, você acredita?
    Eu tenho asma e com essa pandemia, além do medo de adoecer, as crises de ansiedade dificultam e muito a minha respiração. Eu saio pra caminhar as 5 da manhã todos os dias, só pra ter um pouco de qualidade de vida melhor, vou caminhando e parando o tempo todo.
    Por isso, adorei saber sobre o livro. É tão simples respirar, mas o raio da boca aberta atrapalha o tempo todo.
    Já quero ler!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  5. Olá, My

    Achei bem interessante a premissa desse livro.
    Eu sempre tive muitos problemas de ansiedade, e focar na minha respiração e em técnicas de respiração me ajuda bastante, então fiquei bem curiosa para ler esse livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Como esse livro seria categorizado, como cientifico, como auto ajuda?!
    Eu acho que tem muitas coisas que nós fazemos errados, coisas simples que todos deviam saber, sobre o nosso corpo.
    O tema é interessante, mas nao sei se seria uma leitura que eu faria por agora.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, mas que diferente esse livro. Respiração? Formas de aprender a respirar? Isso foi inusitado pra mim. Mas achei bem interessante pelo contexto, de ele ter problemas e remédio não resolver tão bem e ir procurar formas de melhorar. Participando até de experimento e estudos sobre o assunto. Fora de um contexto físico, exercícios e etc, nunca teria parado pra pensar em alguém ter que aprender técnicas pra respirar. Que louco...
    Não é um livro que me chame atenção pra ler assim do nada, mas achei o assunto bem diferente mesmo, isso foi legal. Pode ser bem útil.

    ResponderExcluir
  8. Que livro legal! Como faço faculdade na área da saúde, tudo assim me interessa. E realmente, existem tantas coisas no respirar, o modo como fazemos isso e que a maioria das pessoas fazem errado, inclusive eu. Fico tentando me corrigir a todo momento. Ótima dica de leitura!!

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Achei interessante abordar esse assunto .
    Uma coisa aparentemente táo simples mas que se feito de maneira errada pode trazer consequências ruins.
    Eu tenho ansiedade e uma das coisas que aprendi foi que podemos melhorar bastante através da respeiraçáo.

    ResponderExcluir
  10. Olá! Um ótimo livro para darmos mais atenção há algo tão rotineiro, que, muitas vezes, nem damos o devido valor, achei interessante que além de falar sobre a importância de se respirar corretamente o livro também dá exemplos de como fazer isso.

    ResponderExcluir
  11. Oiie, My!
    Eu não sou muito desse tipo de leitura, mas pela maneira que você fala sobre, parece ser muito interessante. Talvez eu em algum outro momento eu possa ler, mas agora não.

    Beijocas:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir