As Decepções Literárias de 2020

Faz parte do universo literário ler alguns livros que não vão nos agradar e está tudo bem — o que não significa, é óbvio, que a leitura vai ser ruim para todo mundo, é sempre bom lembrar. Na retrospectiva de hoje vou mostrar para vocês os livros que não me conquistaram de forma alguma em 2020. Por favor, não me julguem! rs

As decepções literárias dos anos anteriores

2019 
2018 
2017 
2016 
 
 A seguir, os piores livros do ano por ordem de leitura
 

A Princesa Salva a Si Mesma Nesse Livro, Amanda Lovelace
A Bruxa Não Vai Para a Fogueira Nesse Livro, Amanda Lovelace
Outros Jeitos de Usar a Boca, Rupi Kaur 
 
Resolvi colocar esses três livros juntos porque minha opinião sobre eles é a mesma. Até agora eu tento entender o que as pessoas veem nesses livros. Para mim, não são poemas e sim um amontoado frases genéricas e clichês com quebra de linha. Devo ter gostado de no máximo 15 frases juntando os três, mas de forma geral... Não entendo esse conceito de "poesia" em forma de frases Tumblr com letra minúscula. E sim, Amanda Lovelace é cópia de Rupi Kaur. Sem mais.

Ponti, Sharlene Teo
Editora Intrínseca
Compre aqui

Esse livro realmente me deixou decepcionada, principalmente porque comecei gostando muito dele, mas a história simplesmente não vai para lugar nenhum. Os personagens não se conectam, não tem nenhum ponto alto, nada que realmente emocione... É como se a autora não tivesse um propósito real. Um potencial muito desperdiçado... 


Uma Dor Tão Doce, David Nicholls
Editora Intrínseca
 
Existem boatos no meio literário que os livros do David Nicholls são 8 ou 80. Você ama ou odeia, não existe um meio termo. Acho que eu tenho que concordar, porque eu amei Um Dia e muita gente odeia. Mas nossa, Uma Dor Tão Doce foi um sacrilégio. Não consigo pensar em um detalhe sequer que salve essa história de alguma forma, pai amado...
 

 Daqui a Cinco Anos, Rebecca Serle
Editora Paralela
 
Não sei se foi o pior, mas com certeza foi o livro que me deixou mais indignada. Minha resenha, inclusive, é tão cheia de spoilers porque não consegui discutir sem falar detalhadamente o que me deixou pistola. Nada nessa história me desce, nenhuma atitude da personagem principal é justificável no meu ponto de vista. É uma cachorrada atrás da outra, só Deus. 

Vocês me conhecem bem e sabem que mesmo quando eu não gosto de uma leitura, tento expor minhas opiniões sobre elas de forma muito respeitosa... Só que às vezes não dá, né? Esse ano acho que me exaltei em algumas resenhas, mas vida que segue. Mas enfim, quais foram as piores leituras de vocês no ano passado?

Postar um comentário

13 Comentários

  1. Olá! Eita que ler livro e se decepcionar é ruim demais mesmo, mas realmente existem algumas leituras que não funcionam para você, mas que podem ser perfeitas para outra pessoa e isso é o que torna os livros tão maravilhosos! Esse ano também fiz algumas leituras para lá de brochantes, entre elas, até um clássico! MansfielPark entrou para minha lista, pois além de entregar uma mocinha passiva, tem também um protagonista que decepciona em todos os quesitos, sem falar naquele final corrido, eu merecia umas páginas a mais ali senhora Austen. Acotar também foi uma leitura difícil, na verdade, eu até imaginava que não ia curti muito, mas o que eu não imaginava é que seria tão ruim, definitivamente estou tão traumatizada que não penso em ler os demais tão cedo (por mais que digam que eles são melhores). Ritmo envolvente eu não resisti por conta da capa, mas quando peguei para ler... outra decepção, além de uma história fraca, alguns erros de português e continuidade me deixaram frustrada. Sob o véu do tempo tinha tudo para me agradar, afinal estamos falando de viagem no tempo, só que não foi bem assim, a leitura foi arrastada de uma maneira que só pelos Deuses daqueles que não desistem nunca, vulgo nós brasileiros e o meu TOC de não deixar uma leitura inacabada (risos).

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ana
    Não gostamos de ter decepções literárias mas infelizmente são difíceis de ser evitadas.
    Dos livros que li no ano passado 3 foram ruins: Ponti (tinha potencial para ser um livrão e não aconteceu nada), A Herdeira e A Coroa (li esses 2 últimos porque estação muito curiosa para saber mais forte universo de A Seleção ). Confesso que prefiro os 3 primeiros livros e o livro de contos, esses livros eu descarto.
    Beijos
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ola Ana .
    é a vida de leitora é assim mesmo,com otimas leituras e pessimas leituras .mas tambem concordo com voce quando diz que varia de leitor para leitor .
    acho que o livro que foi mais criticado no ano que passou foi a Prometida . muita gente estava esperando o livro e foi uma decepção só .
    mas vida que segue ,virão livros otimos ,outros nem tanto e outros ruins.

    ResponderExcluir
  4. Ana!
    É bem como falou, acho que cada um tem de ler para tirar suas próprias opiniões.
    Mesmo gostando de uma leitura, sempre aponto o que me incomoda, sem ser desrespeitosa.
    Como não li nenhum dos livros que citou, não posso dizer nada...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Assim que vi a sinopse da Daqui A Cinco Anos me empolguei e add logo a wishlist mas depois da sua resenha aqui no blog a vontade passou completamente.
    Tive poucas decepções literárias em 2020, a mais marcante foi Vale do Arco Íris livro 7 da série Anne de Green Gables. Ela mesma quase não apareceu e pra mim foi bem decepcionante

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana! Em 2020 não consegui ler, mas sei bem a sensação de ler um livro e não concordar com nada nele. É triste, mas as vezes acontece né. E é como você mesma disse.. o que para uns é desagrado, para outros pode não ser.
    Não conheço nenhuma dessas obras que você mencionou, mas quem sabe um dia acabo lendo para ver no que dá né?
    Beijos

    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Quem nunca foi com aquela sede em um livro e acabou morrendo seca na praia?
    Difícil terminar um ano inteiro sem ter alguma leitura que não tenha sido tudo aqui.
    Em 2020 eu li muito mais do que estou acostumada, mas devo isso a uns meses em casa por conta da pandemia.
    Por isso, entrei em gêneros que não estava acostumada e por isso, foi tudo muito novo pra mim e de certa forma, muito gostoso!
    Acho que não li nada tão ruim rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  8. Sobre Amanda ser cópia de Rupi: só li um da Amanda, mas concordo, e acho que por isso gostei dos livros das duas haha. Sinceramente, nunca gostei de poesia antes desses livros, então pra mim são válidos, até mesmo pelo sentimento de idenficação e por poder reler e dar um novo significado pro que tá escrito lá (mesmo não sendo com frequência, só houve uma época que eu estava obcecada!). Daqui a Cinco Anos deve ter sido a pior leitura de um monte de gente kkkkk só vi resenha negativa desse livro e acabei criando MUITAS teorias sobre o desfecho, ainda assim, quero ler pra ver essa "cachorrada atrás da outra".
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Nossa, mas já começa com tombo! Eu queria ler esses três livros por falarem bem deles, ser simples. Será que é furada?
    Esse do David Nicholls fiquei curiosa porque gosto do autor. Queria ler pra saber se é tão mais ou menos assim.
    Esse dos cinco anos queria ler pela treta e pra passar raiva xD
    Ô livro que promete indignação!
    Tive sorte com minhas leituras, no máximo aqueles mais ou menos, nada de passar raiva ou me perguntar porque fui ler isso. Boas leituras esse ano!

    ResponderExcluir
  10. Oiii Ana, já estava aqui esperando suas listinhas de livros que não gostaram e já esperava você fala sobre Daqui a Cinco Anos, eu estou precisando ler (enrolando demais aqui, rsrsrs)
    Não sou muito de poema, mas até que alguns me agradam, não li nada dessa autora, mas quem sabe né.

    Blog: Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Olá Ana Clara!
    Tem livro que deixa a gente revoltada mesmo e perdemos um pouco as estribeiras, não julgo nem um pouco. Eu comecei a ler Outros jeitos de usar a boca mas não terminei pois não vi sentido nos "poemas", tenho que concordar que são frases muito sem sentido mesmo e me senti mal com as palavras da autora. Apesar da sua indignação em relação a Daqui a cinco anos, ainda pretendo ler a história. A minha decepção das decepções esse ano foi Alma, primeiro livro da série Protetorado da sombrinha. Achei que a mistura de romance de época com seres sobrenaturais (duas coisas que amo) ia me agradar, mas o tombo foi grande. Não tenho outra palavra para descrever esse livro a não ser RUIM, mas tem gente que adora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Não foi a primeira lista que vi que colocaram daqui a cinco anos como uma das piores leituras, e não sei se isso me deixa mais curiosa pra leitura ou me dá um certo receito. Caso eu for ler, já vou com minhas expectativas baixas.

    ResponderExcluir
  13. Oi Ana, Eu adorei a sua idéia de "retrospectivas literárias" eu escrevi um texto corrido sobre as minhas leituras do ano. Mas, eu fiquei com vontade de fazer uma retrospectiva assim...

    https://expressoliterarios.blogspot.com

    ResponderExcluir