Livros Cinco Estrelas de 2020

Quem não ama uma retrospectiva literária? Aqui no blog a listinha de melhores livros lidos no ano anterior sai logo no início de janeiro e sempre me animo muito para esse post. Inclusive, fico muito feliz em informar que 2020 foi um ano muito bom no quesito leituras, então hoje vou mostrar para vocês todos os livros que conquistaram o meu coração e receberam as famosas cinco estrelinhas. 

Livros cinco estrelas dos anos anteriores

2019 
2018 
2017 
2016 
2015
 
A seguir, os melhores livros do ano por ordem de leitura
 


Stepsister, Jennifer Donnelly
Editora Universo dos Livros
 
Um dos primeiros livros que li em 2020 e fiquei totalmente encantada por ele. Narra a história das meias-irmãs da Cinderella, mas sob uma perspectiva muito diferente da que conhecemos normalmente. Tudo o que lemos sobre elas é que são malvadas e queria ferrar a vida da mocinha, mas será que foi realmente isso que aconteceu? Gostei muito porque tem muita ação e várias reviravoltas, além de ser uma trama muito voltada para o empoderamento feminino. Vale demais a leitura!


Editora Intrínseca
 
Eu adoro um bom clichê sobre relacionamentos falsos e, na minha opinião, Para Todos os Garotos é perfeito nesse sentido. Eu adoro a forma como Jenny Han desenvolveu essa história, ficou muito fofa e de arrancar suspiros. Ah, eu também a-d-o-r-o a adaptação cinematográfica, tudo pra mim!


Fique Comigo, Ayòbámi Adébáyò
Harper Collins & TAG Experiências Literárias
 
Destruidor esse livro, hein? Eu sinceramente não tenho palavras para descrever o quão forte é essa história e o quanto ela mexeu comigo. Fico com vontade de chorar só de lembrar das tantas coisas horríveis que Yejide, a personagem principal, passa. Mas ao mesmo tempo é uma trama delicada sobre as relações humanas, sabem? Perfeito, maravilhoso, zero defeitos. 
 

Editora Nemo
 
O Melhor Que Podíamos Fazer é um quadrinho super delicado de Thi Bui, que narra de forma autobiográfica sua vida e da sua família antes, durante e depois da Guerra do Vietnã. Gostei demais porque ela mistura suas próprias memórias às memórias dos pais, resultando em um livro incrível e muito real. Indico de olhos fechados!


O Diário de Nisha, Veera Hiranandani
Editora DarkSide Books
 
Eu chorei esse livro praticamente inteiro, gente! É um relato super verdadeiro de uma criança durante a partição da Índia, que acabou gerando um conflito extremamente violento. O que mais mexeu comigo é que ela direcionava as páginas do seu diário à mãe, que morreu logo depois que ela e seu irmão gêmeo nasceram. Ai, a inocência da personagem, gente, pelo amor de Deus, me matava. Maravilhoso esse livro, nada mais a declarar.
 

  Sol da Meia-Noite, Stephenie Meyer
Editora Intrínseca
 
É óbvio que Sol da Meia-Noite ia aparecer por aqui, né? Não fiquei praticamente uma década da minha vida esperando pela visão do Edward em vão. Então, sim, eu simplesmente ignorei falhas de enredo, problemas na narrativa ou na construção dos personagens porque ele me trouxe sentimentos de nostalgia muito bons... Justamente por isso essa experiência foi tão perfeita. 

 
Árvore dos Desejos, Katherine Applegate
Editora Intrínseca
 
Mais um livro que me conquistou por sua simplicidade. Katherine Applegate constrói uma fábula maravilhosa para falar sobre amizade e luta contra preconceitos (que são claramente colocados nas crianças pelos adultos). Lindíssimo e super aconselhável para o público infantil — apesar de, obviamente, mexer com os sentimentos dos adultos. 


Valentes, Duda Porto de Souza & Aryane Cararo
Editora Seguinte

A escrita de Duda Porto de Souza e Aryane Cararo é coisa de outro mundo. É muito informativa, mas não cansa nem um pouquinho. Justamente por isso acho 100% que os livros delas deveriam ser leitura obrigatória nas escolas — e fora delas. Valentes é tudo e mais um pouco, cheio de detalhes e informações muito relevantes e importantes. Abre nossos olhos para um assunto pouco debatido, a xenofobia. Muito bom mesmo.

Menção honrosa
 

 Amoras, Emicida
Editora Companhia das Letrinhas
 
Quando terminei de ler Amoras, fiquei pensando se eu o colocaria na minha estante, se marcaria como lido... Afinal, é um livro infantil com poucas páginas, poucas palavras, que li em menos de dez minutos. Na mesma hora tive certeza que seria muito injusto não registrar uma história tão sensível quanto essa. São poucas palavras, mas os ensinamentos... Ah, os ensinamentos... Eles são enormes e é isso que importa de verdade! Emicida é f*da pra caramba!

Espero que vocês tenham gostado do post e que assim como eu tenham tido ótimas leituras em 2020 — minha nota média anual foi 3.8, o que eu considero bom demais da conta. Não deixem de comentar aqui embaixo quais foram os livros cinco estrelas de vocês, tá bom?

Postar um comentário

12 Comentários

  1. É uma delicia poder falar das melhores leituras do ano quando o ano acaba e você vai ver o saldo de leituras. Aqueles que ficaram no coração e trouxeram bons momentos. Tem bastante livro legal na lista!
    Stepsister ta na minha lista de leituras, quem sabe esse ano consigo.
    O de para todos...ai ai. Tenho uma relação estranha porque acho fofo e amo os filmes, mas não amo o casal xD
    Esse de Nisha vou ver se consigo ler. Parece emocionante mesmo.
    O de arvores dos desejos parece tão fofo e bonito!
    Valentes é outro bem legal pelas informações. Amei a ideia e fala de coisas importantes, é um livro muito interessante por isso.
    São dicas bem legais pra quem tá montando lista de leitura agora.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana!!!! Também tive muitas boas leituras em 2020.
    Das suas escolhas li e sofri com Fique Comigo. Para Todos os Garotos Que Já Amei já tem um tempinho que li mas amo muito, inclusive quero ser bff da Lara Jean.
    Nisha e Árvore tenho vontade de ler. E também quero conhecer o lado escritor do Emicida

    ResponderExcluir
  3. Ola Ana
    eu amo ver esse tipo de postagem
    desses seus preferidos do ano ,quero muito ler O diario de Nisha.sei o quanto esse tipo de livro mexe com a gente .
    eu lembro da sua bela e emocionante resenha de O sol da meia noite ,pude perceber o quanto a serie Crepusculo te marcou . para mim foi a melhor resenha do blog no ano.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana
    Fico contente que suas leituras de 2020 foram maravilhosas, espero que nesse ano continue assim.
    Dos livros citados li apenas Fique Comigo, vou ler Árvore dos Desejos em breve. Os demais livros são super desejados.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. O ano que nos colocou a prova de tudo e em todos os sentidos. Mas eu estou encantada com suas leituras!
    O Diário de Nisha é lindo demais e eu amo esse livro também, O Sol da Meia Noite está na estante e juro que este ano, desencalho a belezinha.
    StepSister foi uma grata surpresa nesse ano de 2020 pra mim. Não me recordo em que mês li ele,mas adorei e super indico.
    Os outros ainda preciso muito ler!!!
    Adorei!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  6. Adoroooo retrospectivas (quando são de coisas boas, aquela de tragédias da Globo não conta hahah só rindo para não chorar). Infelizmente não li nenhum desses livros, já fui doida para ler Para Todos os Garotos que já Amei, mas hoje em dia não faço muita questão, mesmo sabendo que gostaria, pois amo o filme. Fiquei curiosa com Stepsister!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá! Também gostei bastante de Stepsister, ainda mais porque foi minha primeira leitura coletiva, li Árvore dos desejos agora no final do ano, e amei a leitura, muito fofa e emocionante, quero muito conferir O Melhor Que Podíamos Fazer e Valente, O Diário de Nisha e Amoras estão aqui na minha estante, então espero lê-los em breve, agora Sol da meia noite, confesso que larguei na página 20, ainda quero ler, mas preciso encontrar o momento certo para finalizar essa leitura.

    ResponderExcluir
  8. Oi Ana! Tudo bem?
    Queria eu poder fazer uma lista dos melhores livros do ano. Faz uns dois anos que não lia nada :(
    Chega dá um aperto no coração. Mas o importante é que voltei a ativa e estou literalmente devorando livros kk
    Da sua lista conheço apenas um, e esse Sol da Meia-Noite me interessou.

    Beijokas da Prih
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  9. Ana!
    Gostei sim.
    Li apenas O solda meia noite e gostei.
    Nunca consigo trazer a retrospectiva dos melhores, acabo esquecendo e não anoto, mas vou tentar mudar.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. Amigaaa, feliz ano novo!
    Ai, que bom que você teve ótimas leituras. Eu amei os livros que foram escolhidos, estou muito, mais muito curiosa para ler Arvores dos Desejos, Amoras e claro Para Todos os Garotos que Já Amei..
    E é obvio que já sabia que ia dizer O Sol da meia noite, kkkkkk

    Blog: Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Olá Ana Clara!
    Desde que vi a resenha de Stepsister aqui no blog eu fiquei doida para ler, não deu pra ler em 2020 mas esse ano coloquei como meta de leitura então agora vai rsrs. Não tem como não amar Para todos os garotos que já amei, a adaptação é perfeita mesmo. Li O diário de Nisha ano passado também, a história me emocionou demais. Meus lidos 5 estrelas de 2020 foram:
    - Os quatro livros de Quarteto de Noivas, da Nora Roberts
    - Teto para dois, Beth O'leary (meu favorito do ano)
    - Fiquei com seu numero, Sophie Kinsella
    - Até que a culpa nos separe, Liane Moriarty
    - Mortos não contam segredos, Karen M. McManus
    - A Morte é um dia que vale a pena viver, Ana Claudia Q. Arantes
    - O Natal de Poirot, Agatha Christie
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu to amando muito ler recontos ou historias inspiradas em contos de fadas e esse Stepsister esta na minha fila de leituras dessa vibe pra fazer. Só ouço coisa positiva sobre! Eu já li a trilogia da Jenny Han e é bem gostosinha! Os outros ainda não li, mas tenho bastante interesse também. Li pouco esse ano, mas teve leituras que foram marcantes, como Todas as suas imperfeições da Colleen e favoritei e amei A musica do silencio do Patrick Rothfuss!

    ResponderExcluir