8 de junho de 2018

Dicas de Livros Para o Dia dos Namorados


No Brasil, o dia dos namorados é comemorado em 12 de junho, simplesmente porque esse mês era bem fraco em vendas, e como dia de Santo Antônio é 13 de junho — o santo casamenteiro —, resolveram unir o útil ao agradável e tcharam, eis que surgiu o dia mais romântico do ano no nosso país. 

Para quem ainda está em dúvida do que dar para o amorzinho, separei uma pequena lista com livros que com certeza podem ser o melhor presente do mundo!

Extraordinárias — Mulheres que Revolucionaram o Brasil
Duda Porto de Souza & Aryane Cararo
Editora Seguinte

Dandara foi uma guerreira negra fundamental para o Quilombo dos Palmares. Bertha Lutz foi a maior representante do movimento sufragista no Brasil. Maria da Penha ficou paraplégica e por pouco não perdeu a vida, mas sua luta resultou na principal lei contra a violência doméstica do país. Essas e muitas outras brasileiras impactaram a nossa história e, indiretamente, a nossa vida, mas raramente aparecem nos livros. Este volume, resultado de uma extensa pesquisa, chega para trazer o reconhecimento que elas merecem. Aqui, você vai encontrar perfis de revolucionárias de etnias e regiões variadas, que viveram desde o século XVI até a atualidade, e conhecer os retratos de cada uma delas, feitos por artistas brasileiras. O que todas essas mulheres têm em comum? A força extraordinária para lutar por seus ideais e transformar o Brasil. 

Me respondam: este ou não é o livro perfeito para dar de presente? É bonito, tem informação — pelo conteúdo dele posso garantir que as meninas pesquisaram bastante para escrevê-lo —, ilustrações maravilhosas e fala sobre um monte de mulherão da porra! 

Raphael Draccon, Carolina Munhóz, Frini Georgakopoulos e Raphael Montes
Editora Record

Clássicos do medo reinventados por quatro escritores brasileiros, para noites de sustos, terror e gritos
Quatro dos mais populares autores contemporâneas brasileiros, Raphael Draccon, Carolina Munhoz, Frini Georgakopoulos e Raphael Montes se uniram para reinventar os contos de terror clássicos. Frankenstein vive, e está numa favela do Rio. Rumores indicam que Drácula pode ser o dono de uma nova e badalada boate. Numa faculdade de artes, há uma lenda que diz que um fantasma ajuda belas jovens a cantar num teatro abandonado. Um mistério ronda a vida de um dentista e pai de família que está prestes a descobrir seu lado mais monstruoso. Quatro clássicos do medo reinventados por quatro escritores brasileiros para noites de sustos, terror e gritos.

Quem é apaixonado por livros de terror com certeza vai amar Criaturas & Criadores, que possui quatro contos bem legais: A Criatura de Raphael Draccon, Conde de Ville de Carolina Munhóz, Por Trás da Máscara de Frini Georgakopolus e O Sorriso do Homem Mau de Raphael Montes. O livro tem um visual de horror e terror psicológico extremamente forte e profundo.

Ava Dellaira
Editora Seguinte

Em seu novo romance arrebatador, a autora de Cartas de Amor aos Mortos apresenta uma mãe e uma filha que precisam compreender o passado para poder seguir em frente.
Quando tinha dezessete anos, Marilyn viveu um amor intenso, mas acabou seguindo seu próprio caminho e criando uma filha sozinha. Angie, por sua vez, é mestiça e sempre quis saber mais sobre a família do pai e sua ascendência negra, mas tudo o que sua mãe contou foi que ele morreu num acidente de carro antes de ela nascer.
Quando Angie descobre indícios de que seu pai pode estar vivo, ela viaja para Los Angeles atrás de seu paradeiro, acompanhada de seu ex-namorado, Sam. Em sua busca, Angie vai descobrir mais sobre sua mãe, sobre o que aconteceu com seu pai e, principalmente, sobre si mesma.

Esse livro não deixa de ser um romance adolescente, o que é perfeito para a data em questão, mas ele é tão lindo e fala de assuntos tão importantes  — como racismo, por exemplo —, que deveria estar na lista de leitura de todo mundo. 

Nimona
Noelle Stevenson
Editora Intrínseca 

Nimona é uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas ela não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão.
Até conhecer Nimona, Ballister fazia planos que jamais davam certo. Felizmente, a garota tem muitas sugestões para reverter esse quadro. Infelizmente, a maioria envolve explosões, sangue e mortes. Agora, Coração-Negro não só tem que enfrentar seu arqui-inimigo e ex-amigo, o célebre e heroico Sir Ambrosius Ouropelvis, mas também impedir que a fiel comparsa destrua todo o reino ao tentar ajudá-lo.
Uma história subversiva e irreverente que mistura magia, ciência, ação e muito humor sobre camadas e mais camadas de reflexão – entre uma batalha e outra, é claro.

Nimona, indicação da Priscila, resenhista aqui do Roendo, é uma graphic novel protagonizada por uma anti-heroína, metamorfa, fora dos padrões e muito engraçada. A história é super bem construída, cheia de representatividade e tem uma protagonista incrível. Impossível não gostar!

Monica Wood
Editora Arqueiro

Quinn Porter é um guitarrista de meia-idade que nunca conseguiu deslanchar na carreira. Enquanto aguardava sua grande chance na música, foi um marido e pai ausente, e jamais conseguiu estabelecer um vínculo afetivo com o filho, uma criança obcecada pelo Livro dos Recordes e algumas peculiares coleções. Quando o menino morre inesperadamente, alguém precisa substituí-lo em sua tarefa de escoteiro: as visitas semanais à astuta Ona Vitkus, uma centenária imigrante lituana. Quinn assume então o compromisso do filho durante os sete sábados seguintes e tenta ajudar Ona a obter o recorde de Motorista Habilitada Mais Velha. Através do convívio com a idosa, ele descobre aos poucos o filho que nunca conheceu, um menino generoso, sempre disposto a escutar e transformar a vida da sua inusitada amiga. Juntos, os dois encontrarão na amizade uma nova razão para viver. Um menino em um milhão é um livro sensível, poético e bem-humorado, formado por corações partidos e aparentemente sem cura, mas unidos por um elo de impressionante devoção pessoal.

Essa história é incrível porque nos vai além do que está escrito. É um drama muito bonito que fala sobre amizade, família e morte de uma forma muito sensível e tocante, é impossível não se emocionar com Um Menino em Um Milhão. Com certeza é a pedida perfeita. 

Vikas Swarup
Editora Companhia das Letras

Sua resposta vale um bilhão é uma narrativa à maneira das Mil e uma noites, com uma história central em que um personagem conta histórias para outro. O contador de histórias aqui é Ram Mohammad Thomas, um garçom de dezoito anos que ganhou um bilhão de rupias num programa televisivo de perguntas e respostas. Os organizadores do concurso, inadimplentes, se recusam a pagar o prêmio. Alegam que um garoto inculto como Ram não poderia conhecer as respostas, e o entregam à polícia para que seja torturado e confesse a fraude. Salvo por uma advogada, Ram terá de contar-lhe a história de sua vida. Cada episódio explica como ele ficou sabendo coisas como o significado da inscrição INRI, que aparece nos crucifixos, e qual a maior condecoração por bravura concedida pelas forças armadas indianas. Unificadas pela presença do protagonista, herói picaresco que sempre acaba se saindo bem, as narrativas são ora cômicas, ora trágicas e apresentam um rico panorama da Índia contemporânea, onde passado e presente, miséria e opulência, religiosidade e comercialismo, ternura e violência se misturam.

Se você assistiu Quem Quer Ser Um Milionário? com seu @ e amou muito, esse é livro certo. Sempre indico Sua Resposta Vale Um Bilhão para as pessoas porque é um dos meus livros favoritos e eu aprendi muito com ele, com os personagens e com a cultura que é o total oposto da nossa. 

Cris Guerra
Editora Best Seller

“A morte é a única certeza da vida, embora a gente passe a vida inteira fingindo que ela não existe.” Esta é uma das várias reflexões que Cris Guerra deixou para seu filho, Francisco, após a morte do pai do menino, dois meses antes de seu nascimento. Inicialmente concebido como um blog, Para Francisco foi a forma que a autora encontrou para lidar com a sua perda e contar ao filho sobre seu falecido pai. De maneira poética e comovente, Cris discorre sobre a vida e sua rotina como viúva e mãe, trazendo fotos de família e e-mails trocados com o pai de seu filho, ao mesmo tempo em que aborda saudade, luto, força e superação. Sua história é profundamente inspiradora e este é um livro que mostra aos leitores como o amor tem forte poder de cura e capacidade de nos ajudar até nos momentos mais difíceis.

Para Francisco provavelmente é um dos livros mais lindos que eu li na vida, e é uma biografia. Cris Guerra é uma mulher forte, incrível e maravilhosa! Nesse gênero, têm várias outras obras muito legais para dar de presente: Pra Ser Sincero, The Beatles — A História por Trás de Todas as Canções ou qualquer outro livro sobre uma pessoa que seu @ admire. 

13 comentários:

  1. Oi, Ana.

    São opções bem diversificadas. Resolvi que vou presentear a mim mesma! ^^

    ResponderExcluir
  2. Se eu pudesse me daria de Extraordinárias de presente, já que não um "mozão" para fazer isso.
    Gostei de ver Aos dezessete anos na lista, im livro que recomendo muito.
    E Para Francisco parece tão profundo e tocante, gostaria também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ana!
    Boas escolhas de livros.
    Quero poder ler: Extraordinárias — Mulheres que Revolucionaram o Brasil.
    E tenho Criaturas & Criadores.
    Outro livro que achei interessante foi Para francisco.
    Gostei muito da sua lista, obrigada.
    Um final de semana cheio de luz e paz!
    “Sou uma pessoa insegura, indecisa, sem rumo na vida, sem leme para me guiar: na verdade não sei o que fazer comigo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  4. Como estarei solteira nesse dia dos namorados as dicas são ótimas para eu presentear mim mesma!
    Aos Dezessete Anos já estava na Wishlist e outros foram adicionados agora por causa do post

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana,
    Dia dos namorados quando se é solteira acaba sendo só mais um dia normal, mas vou usar como desculpa para presentear a mim mesma....hehehheh
    Adorei as opções de livros e estou bem curiosa para ler Criaturas e Criadores e Aos Dezessete anos.

    ResponderExcluir
  6. Não posso nem sonhar em pedir livro ao meu "namorado" de 25 anos juntos.rs Ele não lê nada e nem chega perto dos meus livros e vive escondendo o cartão de crédito.rs
    Mas adorei as dicas e talvez eu me presenteie com alguns, afinal, sou namorada de mim mesma!rs
    Doida para ler Aos Dezessete Anos, Para Francisco e Extraordinárias(que tive o prazer de ver em mãos e é um livro belíssimo)
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Legal essa lista e adorei porque fugiu daquele clichê de lista com livro de romance e só isso. Já deu pra ver que escolheu a maioria com histórias mais de família, amor de família e romance, assuntos impostantes, um pouquinho de terror e essas coisas. Cada um com uma coisinha diferente da outra. Ficou bem legal e tem um monte que adoraria ler. Esse da Ava Dellaira é um que queria muito.

    ResponderExcluir
  8. Com certeza ótimas indicações de leituras para presentear alguém. Eu gostaria muito de ganhar o Aos Dezessete anos. kkkk <3

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana,
    Estou louca para comprar Extraordinárias. Amo livros que enaltecem as mulheres! Não conhecia os outros livros.

    ResponderExcluir
  10. Extraordinárias deve se um livro muito lindo. São ótimas sugestões gostaria de ler todos se ganhasse qualquer um desses melhor ainda rs. De todos só não conhecia Sua Resposta Vale um Bilhão fiquei curiosa com ele.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ana!!
    Gostei muito das dicas par os dias dos namorados!! Adoraria ganhar Aos Dezessete Anos e Nimona.
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente neste caso eu não tenho namorado kkk mas se tivesse eu com certeza iria amar ganhar um desses livros, e ainda mais se fosse Aos Dezessete Anos que parece que traz uma estória bem tocante tratando de assuntos importantes e amo isso.

    ResponderExcluir
  13. São ótimas dicas para dar de presente ao namorado ou namorada, e receber também, porque não ?!
    Eu gostaria muito de ler Aos Dezessete Anos e também Extraordinárias — Mulheres que Revolucionaram o Brasil, parecem ótimos livros!

    ResponderExcluir

 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©