18 de setembro de 2018

Resenha: Amor Amargo

Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado.
Até Cole aparecer.
Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade…
Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.

Título Original: Bitter End
Autora: Jennifer Brown
Páginas: 256
Tradução: Guilherme Meyer
Editora: Gutenberg
Livro recebido em parceria com a editora

Eu me lembro que, há alguns anos, tentei ler A Lista Negra, mas parei antes da página 50 por estar achando a história muito parada. Ainda assim, unicamente pelo tema proposto, resolvi que daria mais uma chance para Jennifer Brown com Amor Amargo. Acredito que, do fundo do meu coração, eu nunca li um livro tão pesado, triste e real em toda a minha vida. 

15 de setembro de 2018

Resenha: Você e Outros Pensamentos Que Provocam Arrepio

Você e outros pensamentos que provocam arrepio traz 50 crônicas que retratam as relações amorosas com sensibilidade e irreverência.
Profundo conhecedor da alma feminina, Fred Elboni já vendeu cerca de 200 mil exemplares. Agora, em seu sexto livro, ele revela seu amadurecimento como escritor num prazeroso diálogo que desafia as mulheres a encontrarem a própria liberdade, buscando dentro de si o poder e a coragem de se despir de seus medos, pudores, preconceitos e inseguranças.
Com uma linguagem leve e sexy, Fred apresenta pequenos flashs do cotidiano em deliciosos textos sobre paixão, sexo, encontros casuais, saudade, intimidade e afeto, explorando as múltiplas e imprevisíveis maneiras de experimentar o amor – e a si mesmo.

Título Original: Você e Outros Pensamentos Que Provocam Arrepio
Autor: Fred Elboni
Páginas: 176
Editora: Sextante 
Livro recebido em parceria com a editora

Você me perdoe, mas eu fiz de novo: pedi um livro porque a capa era maravilhosa. Aliás, maravilhoso é pouco para falar sobre o trabalho de ilustração da Camila do Rosário em Você e Outros Pensamentos Que Provocam Arrepio. Na realidade, acho que o que mais me impressionou aqui foram as ilustrações, já que as crônicas do Fred Elboni não me cativaram nem um pouco. Infelizmente.

12 de setembro de 2018

Resenha: Correndo Descalça

Um romance emocionante sobre amizade, amor e família, da autora de Beleza Perdida.
Quando Josie Jensen, uma desajeitada menina prodígio da música, conhece Samuel Yates, um garoto confuso e revoltado descendente dos índios Navajos, uma amizade improvável floresce. Apesar de ser cinco anos mais nova, Josie ensina a Samuel sobre palavras, música, sonhos, e, com o tempo, eles formam um forte vínculo de amizade.
Após se formar no colégio, Samuel abandona a cidadezinha onde vivem em busca de um futuro, deixando sua jovem amiga com o coração partido. Muitos anos depois, quando Samuel retorna, percebe que Josie necessita exatamente das coisas que ela lhe oferecera na adolescência. É a vez de Samuel ensinar a Josie sobre a vida e o amor e guiá-la para que ela encontre seu rumo, sua felicidade.
Profundamente romântico, Correndo Descalça é a história de uma garota do interior e um garoto indígena, sobre os laços que os ligam a suas casas e famílias e sobre o amor que lhes dá asas para voar.

Título Original: Running Barefoot
Autora: Amy Harmon
Páginas: 349
Tradução: Débora Isidoro
Editora: Verus
Livro recebido em parceria com a editora

Apesar de Beleza Perdida ser o livro mais famoso de Amy Harmon, o meu primeiro contato com a autora foi através do Correndo Descalça, e eu fiquei muito feliz por ter tido a oportunidade de lê-lo. Eu jurava por Deus que esse seria mais um romance erótico que eu seria obrigada a criticar aqui no blog, mas não podia estar mais enganada. Começando pelo gênero, que não era nada do que eu pensava. Tudo o que eu encontrei aqui foi o que eu sonhava em encontrar: um romance bonito, bem construído, onde os personagens se atraem pelo que são e não pela beleza.

10 de setembro de 2018

Quem Tem Medo do Feminismo Negro?: Cinco Motivos Para Ler


Djamila Ribeiro é uma militante conhecida no país pelo seu ativismo na internet. É graduada em Filosofia e mestre em Filosofia Política pela Universidade Federal de São Paulo, com ênfase em Teoria Feminista. Escreveu por muitos anos no blog da CartaCapital e, atualmente, é colunista da revista Elle. Mas muito mais do que isso, Djamila é uma mulher linda, feminista, inteligente e forte, que inspira muitas outras mulheres através da sua luta contra o racismo. 

7 de setembro de 2018

Promoção: Independência Literária


Apesar do acontecimento do início do mês, o dia da Independência do Brasil ainda deve ser lembrado, afinal, é um dos fatos históricos mais importantes do nosso país — essa data marca o fim do domínio português e a conquista da nossa autonomia política. Sendo assim, o Roendo Livros junto com mais dez blogs amigos resolveram comemorar da melhor maneira possível: sorteando livros só de autores nacionais!

5 de setembro de 2018

Resenha: As Filhas da Noiva

Courtney Watson é a irmã desajustada da família. Ela pode não ter uma vida tão organizada quanto a das irmãs, mas ela é excelente em uma coisa: guardar segredos. Inclusive sobre seu caso flamejante com um produtor musical. Planejar o casamento da própria mãe traz sua vida secreta à tona, mudando completamente a imagem que sua família tinha de Courtney para sempre. Quando o namorado de Siena, a irmã rebelde, a pede em casamento bem na frente de sua mãe e suas irmãs, é uma completa surpresa para ela. Siena já passou por dois noivados fracassados e desfeitos. Como ela pode aceitar se ela nem tem certeza que é isso que ela ainda quer? Rachel é a cínica da família. Ela acreditava que o amor duraria para sempre. Até o seu divórcio. Enquanto o dia do casamento de sua mãe se aproxima, seu ex passa a implorar por uma segunda chance, e ela é forçada a reconhecer algumas verdades incômodas sobre os motivos pelos quais seu casamento não deu certo. Rachel precisa decidir se ela vai deixar o orgulho ficar no caminho do seu felizes para sempre.

Título Original: Daughters of the Bride
Autora: Susan Mallery
Páginas: 352
Tradução: Carolina Caires
Editora: Harlequin Brasil
Livro recebido em parceria com a editora

Em As Filhas da Noiva, conhecemos a história de três irmãs, cada uma tão diferente uma da outra que não tem como confundir. Uma é desastrada, a outra desapegada e a última é super cínica  o que eu vi como uma coisa até meio engraçada, bem como um alívio cômico mesmo. Os pontos de vistas da narrativa são divididos entre as irmãs durante os capítulos do livro.

3 de setembro de 2018

Resenha: A Livraria

Foto: Resenhas à La Carte
O livro que deu origem ao filme estrelado por Emily Mortimer, de A ilha do medo, e Patricia Clarkson, de House of Cards Florence Green, uma viúva de meia-idade, decide abrir uma livraria — a única — na pequena Hardborough, uma cidade costeira no interior da Inglaterra. Florence não esperava, contudo, que seu projeto pudesse transformar Hardborough em um campo de batalha: enquanto a influente e ambiciosa Violet Gamart, que tinha outros planos para a centenária casa que ela escolheu como sede, faz de Florence sua inimiga, a empreendedora também conquista um aliado na figura do excêntrico Sr. Brundish. Na história de Florence Green enfrentando a cortês mas implacável oposição local, vê-se a denúncia de uma estrutura de privilégios apoiada em invejas e crueldades, e, no microcosmo de Hardborough, Penelope Fitzgerald monta um cenário repleto de detalhes precisos e personagens atemporais.

Título Original: The Bookshop
Autor: Penelope Fitzgerald
Páginas: 160
Tradução: Sônia Coutinho
Editora: Bertrand Brasil
Livro recebido em parceria com a editora

Florence Green é uma viúva de meia idade que mora em uma pequena cidade da Inglaterra chamada Hardborough. Ela almeja abrir uma livraria em uma das casas mais velhas da cidade, mas os habitantes da mesma estão um tanto resistentes quanto à ideia da mulher. Eles querem que a casa seja um Centro de Artes ao invés de uma livraria e farão de tudo para tirar a Sra. Green de lá.

1 de setembro de 2018

Top Comentarista: Setembro 2018


Para quem disse que agosto demora um século para passar, eis a prova do contrário: parece que não tem nem uma semana que postei o top comentarista do mês passado e já estou aqui de novo! Como sempre, nesse mês a pessoa que ganhar poderá escolher um livro no valor de até trinta reais, dá para escolher algo bem bacana! O período de inscrições vai de 01/09/2018 ao dia 01/10/2018, sempre lembrando que este último dia é apenas para vocês regularizarem os comentários.

31 de agosto de 2018

Resenha: Ousadas

Margaret, atriz “aterrorizante”, especializada nos papéis mais perversos de Hollywood; Agnodice, ginecologista da Grécia Antiga que teve de se disfarçar de homem para exercer a profissão; Lozen, mulher Apache, guerreira e xamã…
Pénélope Bagieu traça, com humor e sagacidade, quinze retratos de mulheres excepcionais que enfrentaram a pressão social de seu tempo e se tornaram donas de seus próprios destinos.
“Uma graphic novel para quebrar preconceitos.”
Elle

Título Original: Culottées
Autora: Pénélope Bagieu
Páginas: 144
Tradução: Fernando Scheibe
Editora: Nemo
Livro recebido em parceria com a editora

Desde que me descobri feminista, o meu interesse por livros que falam sobre o assunto aumentou bastante. Convenhamos que é impossível falar sobre a nossa luta sem mencionar várias mulheres maravilhosas e todas as coisas incríveis que elas fizeram com o passar do tempo, e é justamente isso que Pénélope Bagieu mostra em Ousadas — Mulheres Que Só Fazem o Que Querem.

29 de agosto de 2018

Resenha: O Clube dos Oito

Como um grupo de jovens estudantes bem-educados acabou se envolvendo num escândalo que chocou um país? Por que tantos especialistas em comportamento juvenil têm algo a dizer quando o assunto é o Clube dos Oito? Até quando inúmeras manchetes de jornal e programas de TV sensacionalistas vão explorar o caso nos mínimos detalhes? Para fazer com que a verdade venha à tona, Flannery Culp, a dita líder do Clube, decide tornar público o diário que manteve ao longo do seu desastroso último ano de ensino médio. Agora que está presa por cometer um assassinato, a garota tem tempo de editar o que escreveu e revisitar a rotina que levava ao lado de seus sete melhores amigos. A narrativa de Flan, permeada de professores da pior índole, um amor não correspondido, aulas complicadas e jantares pomposos, comprova que ela pode até ser uma adolescente criminosa — mas, pelo menos, é uma adolescente criminosa muito inteligente.

Título Original: The Basic Eight
Autor: Daniel Handler
Páginas: 400
Tradução: Fabricio Waltrick
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora

Minha primeira experiência com Daniel Handler foi com Por Isso a Gente Acabou, diferente da maioria das pessoas que conhecem o autor como Lemony Snicket, o criador de Desventuras em Série. O fato é que eu gostei muito do primeiro livro citado, então fiquei muito curiosa com O Clube dos Oito, principalmente depois de ler a sinopse, mas não consegui me conectar nem um pouco com os personagens, muito menos com a história.

27 de agosto de 2018

Resenha: O Ceifador

A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria... Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador — papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.

Título Original: Scythe #1
Autor: Neal Shusterman
Páginas: 448
Tradução: Guilherme Miranda
Editora: Seguinte

A proposta de O Ceifador, de Neal Schusterman, é inusitada e interessante: uma realidade onde a humanidade já superou as doenças e a morte, já alcançou todo o conhecimento possível e a perspectiva de eternidade é quase certa. A única exceção a essa regra são os ceifadores, pessoas escolhidas e treinadas para coletar e manter o crescimento populacional em um nível razoável, que se tornam temidas e idolatradas na mesma medida. 

24 de agosto de 2018

Cinema: Para Todos os Garotos Que Já Amei + Sorteio

Título Original: To All the Boys I've Loved Before
Ano: 2018
Direção: Susan Johnson
Duração: 99 minutos
Gênero: Romance | Comédia Dramática 
Elenco Principal: Lana Condor, Noah Centineo, John Corbett

Lara Jean (Lana Condor) guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

Eu não sou exatamente a melhor pessoa do mundo para falar sobre filmes, até porque, pelo que eu pude reparar, eu só gosto daquele estilo de filme que costuma passar na Sessão da Tarde e que a maioria das pessoas acha ruim e bem brega. Mas meus amigos, se tem uma coisa que eu tenho propriedade para falar é história de amor adolescente, e é exatamente esse o tema de Para Todos os Garotos Que Já Amei, estrelado por Lana Condor como Lara Jean e Noah Centineo como Peter Kavinsky, seu par romântico.

22 de agosto de 2018

Resenha: Em Pedaços

Foto: Suddenly Things
Uma garota com segredos corrosivos. Um ex-soldado com cicatrizes externas e internas. Um amor que pode salvar ambos... ou destrui-los de vez.Aos vinte e dois anos, Olivia Middleton tem Nova York aos seus pés. Por fora, ela é a garota perfeita — linda, inteligente e caridosa — mas, por dentro, guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recém-saído da guerra. O que ela não esperava era que seu paciente seria um jovem enigmático de vinte e quatro anos tão amargurado quanto atraente.
Paul Langdon está furioso — com o mundo, com a vida, com o seu pai e, principalmente, consigo mesmo. Depois de sofrer na pele os horrores da Guerra do Afeganistão, a última coisa que ele quer é a companhia de uma princesinha nova-iorquina linda, mimada e irritante. A presença de Olivia parece tóxica para Paul: ela o incomoda, mas ele não consegue afastá-la, por mais que tente.
Nessa recontagem moderna de A Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor.

Título Original: Broken
Autor: Lauren Layne
Páginas: 248
Tradução: Lígia Azevedo
Editora: Paralela
Livro recebido em parceria com a editora

Olivia Middleton é uma jovem nova-iorquina que sempre viveu muito bem. Sua família é dona de uma agência de publicidade, então ela nunca teve muito com o que se preocupar. Os pais de Olivia são amigos dos St. Claire e dos Price há mais de vinte anos, então ela, Michael e Ethan sempre foram melhores amigos. Eles passavam mais feriados juntos do que na casa dos avós.

20 de agosto de 2018

Resenha: Mais Forte Que o Sol

Considerada a “rainha dos romances de época” pela Goodreads, Julia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos.
Quando Charles Wycombe, o irresistível conde de Billington, cai de uma árvore – literalmente aos pés de Elllie Lyndon –, nenhum dos dois suspeita que esse encontro atrapalhado possa acabar em casamento.
Mas o conde precisa se casar antes de completar 30 anos, do contrário perderá sua fortuna. Ellie, por sua vez, tem que arranjar um marido ou a noiva intrometida e detestável de seu pai escolherá qualquer um para ela. Por isso o moço alto, bonito e galanteador que surge aparentemente do nada em sua vida parece ter caído do céu.
Charles e Ellie se entregam, então, a um casamento de conveniência, ela determinada a manter a independência e ele a continuar, na prática, como um homem solteiro.
No entanto, a química entre os dois é avassaladora e, enquanto um beijo leva a outro, a dupla improvável descobre que seu casamento não foi tão inconveniente assim, afinal...

Título Original: Brighter than the sun
Autor: Julia Quinn
Páginas: 288
Tradução: Viviane Diniz
Editora: Arqueiro
Livro recebido em parceria com a editora

Segundo volume da duologia Irmãs Lydon, Mais Forte Que o Sol traz uma premissa agradável, com um romance que acontece de forma gradativa após um pedido de casamento inesperado. A história gira em torno da atrapalhada Ellie, irmã mais nova da protagonista do primeiro volume — Mais Lindo Que a Lua e Charles, o maravilhoso e irresistível conde de Billington.

18 de agosto de 2018

TAG da Discórdia


Ai gente, nada melhor do que causar um leve reboliço na internet, não é mesmo? É só por isso que vou responder à tag da Discórdia aqui no Roendo Livros, que foi criada pela Kabook TV. Tô brincando, pessoal. Achei a tag bastante legal porque temos a oportunidade de mostrar a nossa opinião de verdade e mostrar que está tudo bem não concordar com todo mundo. Vamos lá?

12 de agosto de 2018

Resenha: Me Poupe!

Ela começou a poupar aos 8 anos, de olho no carro que teria aos 18. Com 24, comprou seu primeiro apartamento à vista e ainda bancou todas as obras de acabamento. Aos 30, pediu demissão do emprego dos sonhos e montou o próprio negócio, um canal no YouTube. Tinha 32 quando conquistou o primeiro milhão de reais – e também o primeiro milhão de inscritos. Aos 35, pretende ter pelo menos 5 milhões (bem) investidos, garantia de independência financeira, ou seja: só trabalhará se quiser, no que quiser e quanto quiser. A história da jornalista e youtuber Nathalia Arcuri é ao mesmo tempo inspiradora, divertida e instrutiva. Dona de uma inteligência financeira extraordinária, lapidada com cursos de especialização e coachings, Nathalia começou a compartilhar suas táticas para poupar e investir primeiro no blog poupecomSara, em 2014. No ano seguinte, valendo-se de sua familiaridade com as câmeras – foi repórter e apresentadora no SBT e na Rede Record –, lançou o Me Poupe! no YouTube, inaugurando o conceito de entretenimento financeiro.

Título Original: Me Poupe!
Autor: Nathalia Arcuri
Páginas: 490
Editora: Sextante
Livro recebido em parceria com a editora

Aos milhões de brasileiros conectados ao Me Poupe!, a maior plataforma de entretenimento financeiro do Brasil: uma versão de Nathalia Arcuri totalmente inédita. A famosa mãe dos juros compostos finalmente lançou bom conteúdo sobre planejamento investimentos na forma de livro sem perder sua essência. São dez capítulos com dicas valiosíssimas (literalmente!) e muitas histórias pessoais da autora sobre como lidar com as tentações consumistas diárias.

8 de agosto de 2018

Resenha: Garota-Ranho

Do mesmo criador do fenômeno Scott Pilgrim, Garota-ranho é uma das séries mais ousadas, engraçadas e espertas dos quadrinhos atuais. Lottie Person é uma blogueira de moda que vive uma vida absolutamente incrível — ou pelo menos é o que ela quer que você acredite. A verdade é que sua alergia está fora de controle, seu nariz não para de escorrer, o namorado a trocou por uma garota mais nova e é possível que ela tenha cometido um homicídio. Este é o primeiro volume do sensacional Garota-ranho, de Bryan Lee O'Malley, criador de Scott Pilgrim, e da desenhista Leslie Hung.

Título Original: Snotgirl
Autor: Bryan Lee O'Malley e Leslie Hung
Páginas: 136
Tradução: Érico Assis
Editora: Quadrinhos na Cia.
Livro recebido em parceria com a editora

Talvez essa resenha te deixe um pouco desnorteado... pois bem: eu amei Garota-ranho, ao mesmo tempo que detestei. Mas como assim? Deixa eu explicar então. A HQ vai contar a história de uma blogueira de moda, a Lottie, que tem cabelos verdes e é super fashion e maravilhosa na frente das câmeras, mas que aos 26 anos não passa de uma chorona, cheia de problemas que não consegue resolver sozinha, além de ter uma alergia muito forte que tenta esconder de todos ao seu redor.

6 de agosto de 2018

Resenha: Asiáticos Podres de Ricos

Best-seller internacional que inspirou uma das mais aguardadas adaptações cinematográficas do ano. Quando Rachel Chu chega a Cingapura com o namorado para o casamento de seu melhor amigo, imaginava passar dias tranquilos com uma simpática família. Só que Nick não mencionou alguns detalhes, como o fato de sua família ter muito, muito dinheiro, que ela viajaria mais em jatinhos particulares do que de carro e que caminhar de mãos dadas com um dos solteiros mais ricos da Ásia era como ter um alvo nas costas. Logo, Rachel percebe que não será poupada das fofocas e intrigas. Isso sem falar na mãe de Nick, uma mulher com opiniões bem fortes sobre com quem o filho deve – ou não – se casar. Um passeio pelos cenários mais exclusivos do Extremo Oriente – das luxuosas coberturas de Xangai às ilhas particulares do mar da China Meridional –, Asiáticos Podres de Ricos é uma visão do jet set oriental por dentro. Com seu olhar satírico, Kevin Kwan traça um retrato engraçadíssimo do conflito entre os novos-ricos e as famílias tradicionais em seu romance de estreia, que já fez milhares de leitores chorarem de tanto rir no mundo todo.

Título Original: Crazy Rich Asians
Autor: Kevin Kwan
Páginas: 490
Tradução: Ana Carolina Mesquita
Editora: Record
Livro recebido em parceria com a editora

Quem nunca ouviu falar dos Tigres Asiáticos no colégio? Nunca imaginei revisitá-los novamente através de um livro de forma tão precisa e envolvente. É nesta ambientação em que se passa a história da jovem Chinesa Nascida na América (ABC), Rachel Chu. A escrita do nativo de Cingapura Kevin Kwan evidencia uma Ásia bilionária que vive seu próprio regime elitista semelhante à realeza britânica. Aliás, não só o Oriente aparece na trama: os reis e rainhas de olhinhos puxados estendem seus romances, confusões e dinheiro pelos sete mares, terra da Rainha e no Novo Mundo. 

3 de agosto de 2018

Resenha: A Caçadora de Dragões


Quando era criança, Asha, a filha do rei de Firgaard, era atormentada por sucessivos pesadelos. Para ajudá-la, a única solução que sua mãe encontrou foi lhe contar histórias antigas, que muitos temiam ser capazes de atrair dragões, os maiores inimigos do reino. Envolvida pelos contos, a pequena Asha acabou despertando Kozu, o mais feroz de todos os dragões, que queimou a cidade e matou milhares de pessoas — um peso que a garota ainda carrega nas costas.
Agora, aos dezessete anos, ela se tornou uma caçadora de dragões temida por todos. Quando recebe de seu pai a missão de matar Kozu, Asha vê uma oportunidade de se redimir frente a seu povo. Mas a garota não vai conseguir concluir a tarefa sem antes descobrir a verdade sobre si mesma — e perceber que mesmo as pessoas destinadas à maldade podem mudar o próprio destino.

Título Original: The Last Namsara
Autor: Kristen Ciccarelli
Páginas: 408
Tradução: Eric Novello
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora

Asha cresceu sabendo que foi a responsável, quando criança, por um grande ataque de Kozu, o mais forte dos dragões, que queimou metade de sua cidade. Corrompida pelo fascínio das histórias antigas, que são proibidas, Asha acredita que sua sina é causar destruição. Conhecida como Iskari - aquela que leva destruição e morte - a garota se torna caçadora de dragões e vê uma oportunidade de se redimir quando recebe a tarefa de matar o poderoso dragão. Só que sua jornada lhe mostra muitas verdades que a fazem repensar tudo o que foi ensinada a acreditar.

1 de agosto de 2018

Top Comentarista: Agosto 2018


Eu não sei o porquê, mas todo mundo fala que agosto é o mês mais demorado do ano, mas acho que não é ruim, já que dá para ler mais, não é mesmo? Assim, vamos aproveitar e participar do top comentarista de agosto, onde a pessoa que ganhar poderá escolher um livro no valor de até trinta reais, dá para escolher algo bem bacana! O período de inscrições vai de 01/08/2018 ao dia 01/09/2018, sempre lembrando que este último dia é apenas para vocês regularizarem os comentários.

29 de julho de 2018

Resenha: A Mulher Entre Nós

Um livro de suspense que explora as complexidades do casamento e as verdades perigosas que ignoramos em nome do amor. Aos 37 anos, a recém divorciada Vanessa está no fundo do poço. Deprimida, morando no apartamento de sua tia, ela não tem filhos, dinheiro ou amigos verdadeiros. Ao descobrir que Richard, seu rico e carismático ex-marido, está prestes a se casar de novo, algo dentro de Vanessa se quebra. A partir de agora, sua vida irá revolver em torno de uma única obsessão: impedir esse matrimônio. Custe o que custar. Na superfície, Nellie se parece com qualquer outra jovem bela e sonhadora que veio para Manhattan começar sua tão sonhada vida adulta. Mas a personalidade tranquila que ostenta é apenas uma fachada. Em sua mente, perdura um segredo que a fez fugir de sua cidade natal e que a impede de caminhar em paz quando está sozinha. Ao conhecer Richard – bem sucedido, protetor, o homem dos sonhos – ela finalmente começa a sentir-se segura. Ele promete protegê-la de todos os males, para o resto de sua vida. Mas, de repente, ela começa a receber ligações misteriosas. Fotografias em seu quarto são movidas de lugar. O lenço que ela planejava usar em seu casamento desaparece. Alguém está perseguindo a, alguém quer o seu mal. Mas quem?

Título Original: The Wife Between Us
Autor: Greer Hendricks e Sarah Pekkanen
Páginas: 352
Tradução: Alexandre Boide
Editora: Paralela
Livro recebido em parceria com a editora

Vanessa e Nellie tem apenas um ponto em comum: Richard. Vanessa é mais velha, não tem filhos, está totalmente amargurada por não usufruir mais do padrão de vida que costumava ter ao lado do ex-marido e parece que tudo vai de mal a pior. Nellie em contrapartida é muito mais jovem e radiante, mas vive à sombra de um passado que pode vir a causar problemas. Ambas foram salvas ou destruídas por um homem... E nem tudo é o que você pensa. Qual é o real motivo da separação de Vanessa e Richard? O que aconteceu com Nellie? Será que Richard é mesmo uma pessoa amorosa e livre de culpa?

27 de julho de 2018

Resenha: Os Segredos dos Olhos de Lady Clare

Enquanto investiga a causa do aumento de bandidos em Troyes, sir Arthur Ferrer encontra a misteriosa Clare, uma possível filha ilegítima do conde de Fontaine, da Bretanha. Ele então percebe que ela pode ser a chave para a sua própria salvação. A honra exige que Arthur a leve até o pai para que possa ser reconhecida, mas o desejo prefere que ela fique em seus braços.
Será possível conciliar honra e desejo?
A autora Carol Townend mais uma vez convida as leitoras para uma viagem inesquecível de volta a condados, cortes e reinos e às incríveis histórias de amor entre nobres da (nem tão) alta sociedade da época.

Título Original: Unveiling Lady Clare
Autor: Carol Townend
Páginas: 256
Tradução: Silvia Moreira
Editora: Harlequin
Livro recebido em parceria com a editora

Um título estranho e grande para um livro. Esta foi minha primeira impressão quando recebi Os Segredos dos Olhos de Lady Clare, mas, agora que a leitura está finalizada, posso dizer que casa totalmente com a premissa desenvolvida em 254 páginas pela autora Carol Townend. Lady Clare possui um passado obscuro que me deixou surpresa, não estava nem um pouco preparada para a história dela.

25 de julho de 2018

Promoção Bienal 2018


A grana está curta?
Sua lista de livros não para de crescer?
Você bem queria ir na Bienal este ano, mas não vai conseguir?
Nós temos a solução: ela se chama Promoção Bienal! 

23 de julho de 2018

Resenha: Nada a Perder

Derek Ouelette costumava ser alguém. Promessa do hóquei, ele agora nada mais é do que a sombra do ídolo que um dia poderia ter sido. Um bêbado, sacana, violento, leva uma vida esquecida por todos em uma vila esquecida por todos. Um dia, no entanto, algo invade sua história e o coloca diante de uma escolha impossível. Uma escolha que só pode ser feita por um homem que não tem nada a perder.

Título Original: Roughneck
Autor: Jeff Lemire
Páginas: 272
Tradução: Jim Anotsu
Editora: Nemo
Livro recebido em parceria com a editora

Nessa história em quadrinhos de Jeff Lemire, acompanhamos um pouco da vida do ex-jogador de Hóquei Derek Ouelette, que acabou com a sua carreira super promissora por causa de uma briga em campo. Agora, o protagonista vive isolado em uma pequena vila chamada Pimitamon, onde "resolve" todos os seus problemas bebendo e batendo nas pessoas. Porém, as coisas começam a mudar quando Beth, sua irmã mais nova, ressurge das cinzas precisando de ajuda. 

20 de julho de 2018

Resenha: Um Segredo Doce e Amargo

Foto: O Que Tem na Nossa Estante
Um romance sobre amor e redenção da autora best-seller Barbara Delinsky. Charlotte e Nicole um dia foram melhores amigas, passando memoráveis verões juntas em uma ilha no Maine. No entanto, muitos anos e muitos segredos as mantiveram separadas. Ao aceitar escrever um livro sobre a culinária local, Nicole convida a velha amiga, agora uma escritora de sucesso, para trabalharem juntas. Por mais que a ilha resgate a emoção dos velhos tempos, quando Charlotte percebe que a verdade pode salvar o marido de Nicole, ela precisa enfrentar seus fantasmas e sofrer as possíveis consequências que a honestidade pode trazer. Corações vão se abrir sob as estrelas e segredos há muito esquecidos flutuarão na suave brisa marinha.

Título Original: Sweet Salt Air
Autora: Barbara Delinsky
Páginas: 392
Tradução: Rachel Gutierrez
Editora: Bertrand Brasil
Livro recebido em parceria com a editora

Charlotte e Nicole se conhecem desde os 8 anos de idade e, apesar de grandes amigas, não poderiam ser mais diferentes. Charlotte é solteira, vem de uma família complicada, cujos pais morreram muito cedo em um acidente de carro por pura imprudência. Apesar de seu histórico familiar, ela se tornou uma mulher bem-sucedida e viaja para todos os cantos do mundo para escrever histórias sobre as coisas mais inusitadas que existem.

17 de julho de 2018

TAG: Primeiro e Último


Eu estava procurando uma coisa interessante para postar no blog hoje e acabei encontrando um post de 2016 do blog 10 Segundos de Leitura e achei tão simples e legal que resolvi fazer. A tag consiste em falar um pouquinho sobre o primeiro e último livros que lemos na vida — achei que seria uma tarefa bem fácil, mas foi um custo me lembrar do meu primeiro livro. Foi uma experiência muito legal, espero que vocês gostem!

15 de julho de 2018

Resenha: Extraordinárias

Dandara foi uma guerreira negra fundamental para o Quilombo dos Palmares. Bertha Lutz foi a maior representante do movimento sufragista no Brasil. Maria da Penha ficou paraplégica e por pouco não perdeu a vida, mas sua luta resultou na principal lei contra a violência doméstica do país. Essas e muitas outras brasileiras impactaram a nossa história e, indiretamente, a nossa vida, mas raramente aparecem nos livros. Este volume, resultado de uma extensa pesquisa, chega para trazer o reconhecimento que elas merecem. Aqui, você vai encontrar perfis de revolucionárias de etnias e regiões variadas, que viveram desde o século XVI até a atualidade, e conhecer os retratos de cada uma delas, feitos por artistas brasileiras. O que todas essas mulheres têm em comum? A força extraordinária para lutar por seus ideais e transformar o Brasil.

Título Original: Extraordinárias — Mulheres que Revolucionaram o Brasil
Autoras: Duda Porto de Souza & Aryane Cararo
Páginas: 208
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora

Sempre gostei muito de ler biografias — para falara verdade, fico lendo sobre a vida de pessoas que eu nem conheço tanto —, mas quando eu vi esse livro escrito pelas jornalistas Duda Porto de Souza e Aryane Cararo, fiquei muito animada. Quer dizer, Extraordinárias reúne mini-biografias sobre um monte de brasileiras muito fodas que mudaram a história do nosso país de alguma forma. Gente, e que livro maravilhoso e cheio de conhecimento, impossível não gostar.

13 de julho de 2018

Resenha: Rebelde & Um Mundo Novo

No século XVIII, uma época em que combates sangrentos eram travados em nome da honra, as mulheres MacGregor passaram por muitas dificuldades para defender sua família. Em meio a tudo isso, duas integrantes do clã se destacam. Serena MacGregor acaba se envolvendo com um suposto inimigo, o inglês Brigham Langston. Encontrar dentro de si o que será necessário para viver esse amor exigirá muita coragem... mas isso é algo que Serena tem de sobra.
Anos depois, o jovem soldado Ian MacGregor se vê à beira da morte e acaba encontrando Alanna Flynn, que além de salvar sua vida o ensinará que, às vezes, as maiores batalhas que enfrentamos são aquelas que ocorrem em nossos corações. Em Rebelde e Um mundo novo, Nora Roberts nos encanta com o passado da família MacGregor, mostrando que, independentemente dos lados no campo de batalha, quando se trata de amor ele sempre vencerá.

Título Original: Rebellion — In From the Cold
Autor: Nora Roberts
Páginas: 320
Tradução: Daniela Rigon
Editora: Harlequin
Livro recebido em parceria com a editora

Mais um livro de época da Nora Roberts para resenhar neste blog! Rebelde & Um Mundo Novo, é o sexto livro da série MacGregor e foi publicado no Brasil pela editora Harlequin. Essa foi uma leitura que, num primeiro momento, me confundiu assim que comecei a ler. Isso aconteceu porque a partir de certa página do livro, a história tem um salto de tempo muito grande. Levei um tempinho para entender que eram duas histórias diferentes no mesmo livro, como se fossem dois livros em um só!

10 de julho de 2018

Promoção: Dois Anos de Ei Nati!


Esse mês é aniversário do Ei Nati! No dia 31 de julho o blog completa 2 anos de vida. Lógico que uma data tão importante não passaria sem uma festa, por isso 12 blogs incríveis resolveram participar da comemoração com a Nati! Serão 2 kits, um para cada vencedor, cheio de livros e prêmios ótimos. Mais pra frente teremos um post especial de aniversário, mas por enquanto fiquem com as regras do sorteio.

8 de julho de 2018

Resenha: Sol em Júpiter

Sol Leão é uma famosa youtuber de Florianópolis. Apaixonada pela sua “juba”, que dá nome ao canal, a jovem mostra ao mundo seu estilo e sua vida perfeita em vídeos divertidos e calorosos. No entanto, a vida real pode ser um pouco diferente disso, e um jovem com o estranho nome de Júpiter aparece para balançar o mundo de Sol e questionar as certezas que ela achava que tinha.

Título Original: Sol em Júpiter
Autora: Lola Salgado
Páginas: 256
Editora: Harlequin
Livro recebido em parceria com a editora

Sol em Júpiter é um livro nacional, da autora Lola Salgado, e foi lançado no primeiro semestre de 2018. A protagonista, Sol, é uma youtuber renomada de Florianópolis, e sua marca é seu cabelo cacheado e volumoso, que lhe rendeu um apelido bem fofo: Juba. Quem vê a Juba hoje em dia nem imagina que ela sofria bullying na escola e muito menos que, apesar de toda a fama, ela ainda tem muitas inseguranças.

6 de julho de 2018

Resenha: A Escola do Bem e do Mal + Um Mundo Sem Príncipes

A Escola do Bem e do Mal: No povoado de Gavaldon, a cada quatro anos, dois adolescentes somem misteriosamente há mais de dois séculos. Os pais trancam e protegem seus filhos, apavorados com o possível sequestro, que acontece segundo uma antiga lenda: os jovens desaparecidos são levados para a Escola do Bem e do Mal, onde estudam para se tornar os heróis e os vilões das histórias.
Sophie torce para ser uma das escolhidas e admitida na Escola do Bem. Com seu vestido cor-de-rosa e sapatos de cristal, ela sonha em se tornar uma princesa. Sua melhor amiga, Agatha, porém, não se conforma como uma cidade inteira pode acreditar em tanta baboseira. Ela é o oposto da amiga, que, mesmo assim, é a única que a entende. O destino, no entanto, prega uma peça nas duas, que iniciam uma aventura que dará pistas sobre quem elas realmente são.
Este best-seller é o primeiro livro de uma trilogia que mostra uma jornada épica em um mundo novo e deslumbrante, no qual a única saída para fugir das lendas sobre contos de fadas e histórias encantadas é viver intensamente uma delas.
Um Mundo Sem Príncipes: Nesta esperada continuação de A Escola do Bem e do Mal, as melhores amigas Sophie e Agatha estão de volta ao seu lar, em Gavaldon, para viver seu desejado final feliz, certas de que seus problemas terminaram. Mas a vida não é mais o conto de fadas que elas esperavam. Quando Agatha escolhe um fim diferente para sua história, ela acidentalmente reabre os portões da Escola do Bem e do Mal, e as meninas são levadas de volta para um mundo totalmente modificado. Agora, bruxas e princesas moram juntas na Escola para Meninas, na qual são inspiradas a viver uma vida sem príncipes. Tedros e os meninos estão acampados nas antigas Torres do Mal, onde os príncipes se aliaram aos vilões, e uma verdadeira guerra está se armando entre as duas escolas. O único jeito de Agatha e Sophie se salvarem é procurando restaurar a paz. Será que as amigas farão as coisas voltarem ao que eram antes? Sophie conseguirá ficar bem com Tedros nessa caçada? E o coração de Agatha, pertencerá a quem? O felizes para sempre nunca pareceu tão distante.

Títulos Originais: The School for Good and Evil e A World Without Princes
Autor: Soman Chainani
Páginas: 352 e 320
Tradução: Alice Klesck
Editora: Gutenberg
Livros recebidos em parceria com a editora

Quando eu era mais nova, eu amava Contos de Fada, principalmente a história da Branca de Neve. Eu tinha uma fita de vídeo que assistia pelo menos duas vezes na semana. Hoje em dia, apesar de ainda gostar dessas histórias e reconhecer a importância delas, existem várias coisas das quais eu não concordo mais — como, por exemplo, um príncipe beijar uma princesa enquanto ela está dormindo... Para ser sincera, o que chamou minha atenção na série A Escola do Bem e do Mal, em primeiro lugar, foi o fato de ser indicada para o público infanto-juvenil, e eu amo o gênero; mas, além disso, o próprio enredo é de encher os olhos.

3 de julho de 2018

Resenha: A Incendiária

Uma criança com o poder mais extraordinário e incontrolável de todos os tempos. Um poder capaz de destruir o mundo. Após anos esgotado no Brasil, A Incendiária volta às livrarias como parte da Biblioteca Stephen King, coleção de clássicos do mestre do terror em edição especial com capa dura e conteúdo extra. No livro, Andy e Vicky eram apenas universitários precisando de uma grana extra quando se voluntariaram para um experimento científico comandado por uma organização governamental clandestina conhecida como “a Oficina”. As consequências foram o surgimento de estranhos poderes psíquicos — que tomaram efeitos ainda mais perigosos quando os dois se apaixonaram e tiveram uma filha. Desde pequena, Charlie demonstra ter herdado um poder absoluto e incontrolável. Pirocinética, a garota é capaz de criar fogo com a mente. Agora o governo está à caça da garotinha, tentando capturá-la e utilizar seu poder como arma militar. Impotentes e cada vez mais acuados, pai e filha percorrem o país em uma fuga desesperada, e percebem que o poder de Charlie pode ser sua única chance de escapar.

Título Original: Firestarter
Autor: Stephen King
Páginas: 448
Tradução: Regiane Winarski
Editora: Suma 
Livro recebido em parceria com a editora

A Incendiária é um dos primeiros livros de Stephen King, e nele já é possível perceber alguns dos temas que viriam a permear os seus livros futuramente, provando que não escreve somente terror. Andy, um professor universitário, e sua filha Charlie de oito anos, estão em fuga por Nova Iorque. A Oficina (uma organização secreta) está atrás deles, por Charlie ter um valor inestimável para o governo dos Estados Unidos: ela herdou dos pais o poder de fazer fogo apenas com a sua mente.

1 de julho de 2018

Top Comentarista: Julho 2018


Já passamos da metade do ano, dá para acreditar? Às vezes tenho a sensação que ainda estamos em abril, mas tá tudo bem, é assim mesmo. Quanto mais coisas a gente tem para fazer, mais rápido o tempo passa. Mas enfim, falando do top comentarista de julho, a pessoa que ganhar poderá escolher um livro no valor de até trinta reais, dá para escolher algo bem bacana! O período de inscrições vai de 01/07/2018 ao dia 01/08/2018, sempre lembrando que este último dia é apenas para vocês regularizarem os comentários.

29 de junho de 2018

TAG dos 50% — 2018

Apesar de não ter lido tantos livros quanto gostaria até agora — um pouco por causa da faculdade, TCC e tudo mais, mas um pouco por procrastinação também, confesso —, a tag dos 50% já é tradição aqui no Roendo Livros. Ela consiste em falar um pouco sobre as nossas leituras até a metade do ano, respondendo algumas perguntas.

A tag original foi criada pela Chami do canal Read Like Wild Fire e quem traduziu foi o booktuber Victor, do canal Geek Freak.

27 de junho de 2018

Resenha: Mais Que Amigos

Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento.
Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.
Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… Certo? Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível!

Título Original: Blurred Lines
Autor: Lauren Layne
Páginas: 223
Tradução: Alexandre Boide
Editora: Paralela
Livro recebido em parceria com a editora

Bom, fazia muito tempo (!) que eu não lia uma comédia romântica para um público jovem adulto. E é claro que o título desta obra já caracteriza um clichê nítido: uma “amizade colorida” entre a jovem Parker e o garanhão Ben. Os dois se conheceram há seis anos na faculdade e de lá para cá sempre cultivaram uma amizade sincera, divertida e espontânea. Até que os dois, nesse percurso todo, decidiram morar juntos.

25 de junho de 2018

Resenha: O Colecionador de Memórias

Quando Sabrina Boggs tropeça em uma misteriosa coleção de bolinhas de gude que pertencia ao seu pai, percebe que não sabe nada sobre o homem com quem cresceu. É uma coleção valiosa e incomum – incomum se ela pensar no homem que sempre conheceu. No entanto, há algo real lá dentro, muito verdadeiro sobre seu pai, ou sobre a criança que ele fora.
Sabrina só tem vinte e quatro horas para descobrir os segredos do homem que ela pensava conhecer. Um dia para exumar memórias, histórias e pessoas que não sabia existirem. Um dia que a mudará para sempre.
Fazendo uma busca pelas memórias de seu pai, Sabrina persegue uma busca de identidade; os segredos que ela trará à tona irão mudar tudo o que dava por certo em sua vida. Mas se seu pai não é o homem que ela achou que fosse, quem é a própria Sabrina?

Título Original: The Marble Collector
Autor: Cecelia Ahern
Páginas: 272
Tradução: Alice Klesck
Editora: Novo Conceito
Livro recebido em parceria com a editora

Sabrina Boggs é uma mulher de 30 anos cuja rotina já se tornou um tanto monótona. Ela trabalha como salva-vidas em uma casa de repouso e todos os dias por lá são praticamente iguais. Até que ela se distancia por cinco minutos e um quase afogamento acontece. Perplexa com isso, Sabrina tem um ataque nervoso, então seu chefe a manda tirar o dia de folga. Quando chega em casa, recebe um telefonema da casa de repouso em que seu pai está. Ao chegar lá, ela se depara com caixas com antigos pertences de seu pai. Ao abrir uma caixa, se depara com uma imensa coleção de bolinhas de gude e um inventário escrito à mão.

21 de junho de 2018

Resenha: A Heroína da Alvorada

Foto: Delirium Nerd
Quando a atiradora Amani Al-Hiza escapou da cidadezinha em que morava, jamais imaginava se envolver numa rebelião, muito menos ter de comandá-la. Depois que o cruel sultão de Miraji capturou as principais lideranças da revolta, a garota se vê obrigada a tomar as rédeas da situação e seguir até Eremot, uma cidade que não existe em nenhum mapa, apenas nas lendas — e onde seus amigos estariam aprisionados.
Armada com sua pistola, sua inteligência e seus poderes, ela vai atravessar as areias impiedosas para concluir essa missão de resgate, acompanhada do que restou da rebelião. Enquanto assiste àqueles que ama perderem a vida para soldados inimigos e criaturas do deserto, Amani se pergunta se pode ser a líder de que precisam ou se está conduzindo todos para a morte certa.

Título Original: Hero at the fall
Autor: Alwyn Hamilton
Páginas: 384
Tradução: Eric Novello
Editora: Seguinte
Livro recebido em parceria com a editora

Chegar ao fim de uma série da qual se gostou muito pode ser sempre um problema. Não se trata apenas do conflito entre descobrir o final versus ficar sem mais volumes para ler, mas também aquele medo inevitável de que o desfecho não alcance todo o seu potencial. No caso de A Heroína da Alvorada, foi esse medo que me fez enrolar para ler um livro que eu tinha em mãos havia algumas semanas. Porém, ao concluir esse terceiro e último livro da série A Rebelde do Deserto, a sensação foi de alívio, misturada à emoção de que foi um desfecho perfeito para uma série tão incrível.

19 de junho de 2018

Cinema: Logan

Título Original: Logan
Ano: 2017
Direção: James Mangold
Duração: 141 minutos
Gênero: Drama | Ficção Científica | Ação
Elenco Principal: Hugh Jackman, Patrick Stewart, Dafne Keen

Em 2029, Logan (Hugh Jackman) ganha a vida como chofer de limousine para cuidar do nonagenário Charles Xavier (Patrick Stewart). Debilitado fisicamente e esgotado emocionalmente, ele é procurado por Gabriela (Elizabeth Rodriguez), uma mexicana que precisa da ajuda do ex-X-Men para defender a pequena Laura Kinney / X-23 (Dafne Keen). Ao mesmo tempo em que se recusa a voltar à ativa, Logan é perseguido pelo mercenário Donald Pierce (Boyd Holbrook), interessado na menina.

Logan, lançado no Brasil no dia 02 de março de 2017, provavelmente foi um dos filmes mais esperados do ano, porque foi o final do arco do Wolverine, um personagem tão importante para todos nós. Eu assisti ao filme pouco depois do seu lançamento, numa iniciativa muito bacana do Itaú, mas caso você não visto o filme ainda e tem dúvidas sobre querer vê-lo, é só dar play no vídeo para saber o que achei — com cuidadinho, porque tem spoiler!

17 de junho de 2018

Resenha: Uma Proposta e Nada Mais

Primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes, Uma Proposta e Nada Mais é uma história intensa e cativante sobre segundas chances e sobre a perseverança do amor.
Após ter tido sua cota de sofrimentos na vida, a jovem viúva Gwendoline, lady Muir, estava mais que satisfeita com sua rotina tranquila, e sempre resistiu a se casar novamente. Agora, porém, passou a se sentir solitária e inquieta, e considera a ideia de arranjar um marido calmo, refinado e que não espere muito dela.
Ao conhecer Hugo Emes, o lorde Trentham, logo vê que ele não é nada disso. Grosseirão e carrancudo, Hugo é um cavalheiro apenas no nome: ganhou seu título em reconhecimento a feitos na guerra. Após a morte do pai, um rico negociante, ele se vê responsável pelo bem-estar da madrasta e da meia-irmã, e decide arranjar uma esposa para tornar essa nova fase menos penosa.
Hugo a princípio não quer cortejar Gwen, pois a julga uma típica aristocrata mimada. Mas logo se torna incapaz de resistir a seu jeito inocente e sincero, sua risada contagiante, seu rosto adorável. Ela, por sua vez, começa a experimentar com ele sensações que jamais imaginava sentir novamente. E a cada beijo e cada carícia, Hugo a conquista mais – com seu desejo, seu amor e a promessa de fazê-la feliz para sempre.

Título Original: The Proposal
Autora: Mary Balogh
Páginas: 272
Tradução: Livia de Almeida
Editora: Arquiro
Livro recebido em parceria com a editora

Quando eu tinha mais ou menos dezessete anos, li uma trilogia de época que ganhou o meu coração. Desde então, nunca mais achei nenhuma que me agradasse. Ouvi falar tão bem da Mary Balogh que resolvi dar uma chande para Uma Proposta e Nada Mais, primeiro volume da trilogia O Clube dos Sobreviventes. Infelizmente, foi com esse livro que eu descobri que nunca mais terei um relacionamento sério com um romance de época na vida.

15 de junho de 2018

Resenha: Depois da Queda

Depois de ter um colapso nervoso ao vivo, durante uma transmissão de TV, Rachel Childs, antes uma jornalista obstinada que desbravava o mundo, passa a viver totalmente reclusa. Mesmo assim, ela leva uma vida ideal, com um marido que parece ideal. Numa tarde chuvosa, porém, um encontro fortuito abala profundamente aquela vida perfeita, assim como seu casamento e ela própria. Embrenhada numa conspiração cheia de mentiras, violência e loucura, Rachel precisa encontrar forças para superar medos inimagináveis e verdades brutais.Ao mesmo tempo emocionante, sofisticado, romântico e cheio de suspense e tenções, Depois da queda é Dennis Lehane em sua melhor forma.

Título Original: Since We Fell
Autor: Dennis Lehane
Páginas: 392
Tradução: Sergio Flaksman
Editora: Companhia das Letras
Livro recebido em parceria com a editora

Reviravolta. Essa é a principal característica que tenho para definir Depois da Queda. A história de Rachel Childs, uma jovem jornalista, é longe de qualquer clichê que você espera de alguém que é filha única e por consequência do destino não conheceu o pai. Após ter várias crises de pânico, a vida não deixa nada barato para a protagonista, que acaba sendo sofrendo várias decepções e se envolve em um ato violento. Assim, além de tentar encontrar o pai, ela vai em busca de si mesa.

13 de junho de 2018

Resenha: O Iluminado

Um clássico de Stephen King. Edição especial, com tradução revisada e prólogo e epílogo inéditos.
“O lugar perfeito para recomeçar”, é o que pensa Jack Torrance ao ser contratado como zelador para o inverno. Hora de deixar para trás o alcoolismo, os acessos de fúria, os repetidos fracassos. Isolado pela neve com a esposa e o filho, tudo o que Jack deseja é um pouco de paz para se dedicar à escrita.
Mas, conforme o inverno se aprofunda, o local paradisíaco começa a parecer cada vez mais remoto... e mais sinistro. Forças malignas habitam o Overlook, e tentam se apoderar de Danny Torrance, um garotinho com grandes poderes sobrenaturais.
Possuir o menino, no entanto, se mostra mais difícil do que esperado. Então os espíritos resolvem se aproveitar das fraquezas do pai... Um dos livros mais assustadores de todos os tempos, O iluminado é um clássico de Stephen King. Edição especial com tradução revisada e prólogo e epílogo inéditos.

Título Original: The Shining
Autor: Stephen King
Páginas: 520
Tradução: Betty Ramos de Albuquerque
Editora: Suma 
Livro recebido em parceria com a editora

Logo no começo de O Iluminado, percebemos que Danny Torrence não é uma criança comum. O pai, Jack, parece estar fadado à uma vida medíocre, afundado no vício e em seus erros frequentes. Praticamente sem saída e buscando uma maneira de não perder a família, Jack Torrence aceita trabalhar no hotel Overlook como zelador durante o inverno. Ele, a esposa e o filho ficariam vários meses afastados de tudo — já que a neve impossibilitava qualquer rota para fora do hotel, e talvez essa fosse mesmo a melhor chance de recomeço e estabilidade que os Torrence tanto buscavam.

10 de junho de 2018

Resenha: Amor em Manhattan

Foto: Galáxia de Ideias
Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um feliz para sempre? O primeiro livro da série para 'Nova York, com amor' traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.

Título Original: The Sleepless in Manhattan
Autor: Sarah Morgan
Páginas: 384
Tradução: William Zeytoulian
Editora: Harlequin
Livro recebido em parceria com a editora

Amor em Manhattan foi publicado no Brasil pela Editora Harlequin e possui 384 páginas, divididas em 21 capítulos com pontos de vistas alternados entre os protagonistas: Paige Walker e Jake Romano. Paige e Jake são o casal principal deste romance imprevisível, cheio de tapas, beijos e algumas pequenas mágoas entre família. 

8 de junho de 2018

Dicas de Livros Para o Dia dos Namorados


No Brasil, o dia dos namorados é comemorado em 12 de junho, simplesmente porque esse mês era bem fraco em vendas, e como dia de Santo Antônio é 13 de junho — o santo casamenteiro —, resolveram unir o útil ao agradável e tcharam, eis que surgiu o dia mais romântico do ano no nosso país. 

Para quem ainda está em dúvida do que dar para o amorzinho, separei uma pequena lista com livros que com certeza podem ser o melhor presente do mundo!
 
Layout feito por Vinícios Costa editado por Silviane Casemiro | Todos os direitos reservados ©